CELA, NATAL DE 1973

APESAR DAS NOSSAS HISTÓRIAS TEREM MUITO EM COMUM, ESTOU CERTO DE QUE SERÃO TODAS DIFERENTES. REGISTA AQUI O QUE ACHARES RELEVANTE SOBRE A TUA PASSAGEM OU PERMANÊNCIA EM ANGOLA

CELA, NATAL DE 1973

Mensagempor Tundavala em Segunda Out 19, 2009 9:45 pm

Um cunhado meu, Fernando Gouveia, foi professor de Educação Física e grande amante dos desportos.
Trabalhou numa escola na Cela que, suponho, também era internato ou algo parecido e era dirigido por padres. Falta-me muita informação sobre isto. O que sei é que havia lá muita criança orfã...
Ora ele, impossibilitado de ir a Luanda juntar-se à família, devido às muitas crianças que ficaram sob a sua responsabilidade, sugeriu que nós lá fôssemos passar o Natal.
Todos nós achámos a ideia espectacular mas os pais dele, meus sogros, ficaram um tanto apreensivos... Convém explicar aqui que o Fernando tinha, só, mais seis irmãos!!! Eu ponho os nomes para dar uma melhor ideia e exercitar a minha memória que já se vai escapando pelos intervalos das teclas...
Temos: A Adelaide, a Gabriela (então minha patroa), o Norberto, a Paula e o Paulo (gémeos) e a piolha Cristina!
Agora junte-se ao “rebanho” outra piolha (a minha filha Ana Raquel, com dois anos), mais outra Gabriela, avó daqueles todos, matriarca, ex-professora primária durante décadas no Sever do Vouga...
Há que fazer bem as contas! Os meus sogros (2), eu, a minha piolha e a “matriarca” (3), os irmãos do Professor (6), dá, exactamente, uma equipa de futebol!!!
Transportar, instalar e alimentar esta malta toda? Isso vai ser um problema!
Resposta do Fernando Gouveia, com a maior das calmas: Oh Pai! Não se preocupe com isso! Tem cá espaço para todos e até podiam vir mais! Quando cá chegarem logo vêem!
Bom. E lá fomos! E foi uma festa de arromba!
Havia onde dormir para todos, a cozinha era enorme, o refeitório maior ainda! E o mais engraçado era a quantidades de “putos” que andavam por ali e que começaram logo a brincar com os que nós tínhamos levado. As crianças dão lições de convivência que os adultos, distraídos e com as cabeças atulhadas de ideias que não são deles, deviam prestar mais atenção... Adiante!

Dia 24 de Dezembro de 1973.
Durante a tarde andámos a arrumar toda a tralha de brinquedos que o Fernando tinha encomendado para levarmos para a garotada de lá. Já não me lembro bem, mas era um montão de coisas!
Perante o dilema de como distribuir tudo aquilo eu, que já era maluco nessa altura e agora estou pior... tive uma ideia da breca: Fui às arrecadações buscar um carrinho das obras, forrámo-lo todo com papéis de Natal e, depois de bem cheio, em pilha, fomos escondê-lo na dispensa...

Consoada! Uma mesa cheia, de gente e de comida! Uma jantarada daquelas! Lembro-me da iluminação não ser das melhores, por isso, lá para os fundos da sala, via umas luzinhas a brilhar que eram os olhinhos da garotada toda a refastelar-se com rebuçados, chocolates, passas, nozes, figos, amêndoas, enfim, aquilo com que se decora uma mesa de Natal...
Jantar no fim, vamos até à dispensa - só dois ou três dos mais crescidos – para me ajudar a vestir de Pai-Natal! Quando fiquei só, avanço para a sala empurrando o carrinho cuja carga quase me tapava, tal era a altura de embrulhos!!!
Acho que não sou capaz de descrever o que vi e o que senti. As expressões, os espantos, as alegrias em todas aquelas carinhas!!! Eram olhos esbugalhados, brilhando como faróis, eram bocas tão abertas que quase escondiam as orelhas! Havia uns que se chegavam para trás, outros que se debruçavam para a frente... Havia quem se encolhesse e quem se fosse levantando, assim, em câmara lenta... ou como se uma mola empurrasse uns para cima e outros para baixo!
E notem: Isto inclui os meus cunhados mais pequeninos, para quem a surpresa também foi total. E acho que havia adultos com uma lágrima atrevida a querer saltar cá para fora...

Já andava para contar este episódio há muito tempo, mas evitava por me faltarem dados que acho importantes. Só que, há dias, a minha filha, Ana Raquel, agora com 37 e que, claro, não se lembra disto, contou-me que a Tia Paula, na altura com uns oito ou nove, lhe falou deste caso, com o seguinte comentário que me comoveu e me fez ganhar coragem para contar tudo isto:

Raquel! Aquele foi o Natal mais bonito da minha vida! Nunca mais tive outro igual!

Tundavala
Avatar do utilizador
Tundavala
Moderador de sala
 
Mensagens: 149
Registado: Sábado Set 19, 2009 5:36 pm
Localização: Loures, mas à sombra de um Imbondeiro!

Re: CELA, NATAL DE 1973

Mensagempor Vitor Oliveira em Quarta Out 21, 2009 5:17 pm

Boa tarde Armando Tundavala, adorei esta história que me fez envaidecer por ter nascido nesta terra, Santa Comba (Waco Kungo) 1961/01/18. Obrigado e um abraço :roll:
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CELA, NATAL DE 1973

Mensagempor Tundavala em Quinta Out 22, 2009 10:21 pm

Olá Vitor!
Não mereço esse agradecimento. A sério! Limitei-me a contar o que se passou e o que senti...

A forma como as crianças eram acolhidas e tratadas, a ternura que havia em tudo aquilo é que merecem o nosso reconhecimento e a nossa homenagem.

Tenho pena de não ter dados sobre o ou os padres que, sabe Deus como, mantinham aquilo a funcionar, dando às crianças aquilo que elas mais precisam: carinho e uma casa decente onde viver!
Depois, como se isso nada fosse, acrescentem-se as roupas, a alimentação e a educação...

Não tenho a certeza, mas acho que o dinheiro para os tais brinquedos oferecidos nesse Natal, saiu do bolso do meu cunhado, o tal professor de educação física... Ou seja, aquilo funcionava na base da cooperação entre todos!

Eu limitei-me a ser "Pai-Natal" por umas horas... Mas a experiência valeu para o resto dos meus dias!

E, com toda a franqueza, acho que as crianças fizeram comigo um mau "negócio":

Eu só lhes entreguei os brinquedos. Eles encheram-me a alma de alegria!!!
Avatar do utilizador
Tundavala
Moderador de sala
 
Mensagens: 149
Registado: Sábado Set 19, 2009 5:36 pm
Localização: Loures, mas à sombra de um Imbondeiro!
---------


Voltar para AS NOSSAS HISTÓRIAS - RELATOS E FOTOS

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron