CRIMINALIDADE

DESENVOLVIMENTO - SAÚDE - ECONOMIA - LIBERDADE - CRIMINALIDADE - LUSOFONIA

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor ANA em Sábado Maio 23, 2009 8:17 am

22-05-2009 17:44

Zaire
Polícia desmantela grupo de falsificadores de documentos
Mbanza Kongo - A polícia nacional no Zaire desmantelou quarta-feira, no município do Soyo, um grupo de cidadãos nacionais que se dedicava à falsificação, adulteração e comercialização de documentos diversos, refere o relatório semanal sobre a situação de segurança pública enviado hoje, sexta-feira, à Angop, em Mbanza Kongo.
Segundo o documento, o grupo era integrado por João Lusala Vasi e Avelino Egídio Isabel de 25 e 29 anos de idade, respectivamente.
De acordo com informe policial, os cidadãos realizavam as suas acções no bairro Nkungue-yenguele, periferia da cidade do Soyo, falsificando e comercializando certificados de habilitações literárias, atestados médicos, declarações de equivalência do ensino técnico profissional, declaração comprovativo da situação militar regularizada, entre outros documentos.
Durante a detenção, a polícia nacional apreendeu sete carimbos com respectivas almofadas, um microscópio e 12 pinças que se encontravam em posse dos supostos falsificadores.
O documento da corporação informa por outro lado, que de 13 a 20 do mês em curso, o comando provincial da polícia nacional no Zaire registou 24 crimes, menos 6 em relação ao período anterior.
Devido a prática destes delitos, a polícia nacional deteve 24 cidadãos maiores de 18 anos de idade indiciados na prática de crimes de ofensas corporais graves e simples, violação sexual, falsificação de documentos, furtos, tentativa de violação, posse e uso de estupefaciente.
No domínio da viação e trânsito, a polícia registou oito acidentes que causaram a morte de quatro pessoas e o ferimento de oito outras. Os crimes foram cometidos nos municípios de Mbanza Kongo, Soyo, Nzeto e Kuimba.
Avatar do utilizador
ANA
Moderador de sala
 
Mensagens: 194
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:58 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor Vitor Oliveira em Terça Maio 26, 2009 6:12 am

Tribunal de Luanda julga mais de 1500 casos

O juiz presidente do Tribunal Provincial de Luanda (TPL), Augusto Escrivão, disse, em Luanda, que a instituição que dirige julgou, durante o primeiro trimestre do ano em curso, mil e 567 processos.
Em entrevista à Angop, o magistrado fez saber que do número referido 936 foram julgados em tribunais municipais, 108 na sala de família, 17 no julgado de menores, 46 na sala de trabalho, seis na sala das questões marítimas e 150 na sala do cível administrativo.
Quanto ao excesso de tempo de prisão preventiva, informou que tem se trabalhado arduamente para a sua diminuição.
Actualmente, disse, o excesso de tempo de prisão preventiva está controlado. Existem nove casos de pessoas em prisão preventiva há com mais de três anos e cerca de 90 casos com mais de dois anos.
Augusto escrivão disse ser do interesse da sua instituição acabar com este fenómeno. Ele espera que até ao fim do segundo trimestre sejam julgados todos os presos com excesso de tempo em prisão preventiva.
No quadro da extensão dos serviços, o juiz informou que ainda não existem tribunais em todos os municípios, mas o Ministério da Justiça está a envidar esforços para a sua expansão.
“Actualmente só existem tribunais municipais em Viana, Cacuaco e Ingombota. O último responde por cerca de sete municípios”, frisou.
Na opinião do magistrado, a formação de quadros é necessária, pois o número actual ainda não satisfaz, mas o actual número de quadros vai respondendo, em certa medida, à demanda, sobretudo na magistratura, quer judicial, quer do Ministério Público.
Actualmente, a sala criminal do Tribunal Provincial de Luanda dispõe somente de 17 juízes.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor Vitor Oliveira em Quarta Maio 27, 2009 6:38 am

26-05-2009 9:54

Namibe
Polícia regista dois crimes de furto e roubo de gado
Namibe - Dois crimes de furto e roubo de gado foram registados, pelo Comando Provincial da Polícia Nacional, no Namibe, neste último fim-de-semana, soube hoje, terça-feira, a Angop.
Segundo o porta-voz do Comando, superintendente Rodolfo Óscar Jorge, foram furtadas 13 cabeças de gado.
A fonte frisou que um dos crimes ocorreu no bairro da Tataila, no município da Bibala, e os outros na povoação de Tchipanguela, no Virei de furto, dos quais o efectivo conseguiu resgatar as 12 cabeças.
A responsável salientou que, durante o período em análise, foram detidos dois elementos implicados no furto de oito cabeças de gado bovino, no município do Virei.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor Vitor Oliveira em Sábado Maio 30, 2009 5:49 am

29-05-2009 22:32

Criminalidade
Polícia de Investigação Criminal serve o país em alto nível de eficácia
Luanda – A vice-ministra da Justiça, Ana Canene, afirmou hoje (sexta-feira), em Luanda, que a Polícia de Investigação Criminal tem servido o país com alto nível de eficácia devido a capacidade do seu pessoal, a julgar pelos impressionantes resultados alcançados nas áreas relevantes.
Ana Canene, que discursava no encerramento do primeiro Atelier sobre o Mecanismo de Cooperação Internacional em matéria penal relativa ao Terrorismo, reconheceu que a corporação tem assegurado as condições necessárias para o combate à criminalidade, respondendo aos grandes desafios.
“O Governo tem implementado esforços com vista a dotar a Polícia de Investigação Criminal de apoio institucional, porquanto em Angola é a polícia que o nosso Estado Democrático de Direito confia o combate à criminalidade organizada”, sublinhou.
Frisou que para promover a eficácia da investigação criminal na sociedade angolana, é necessário uma convicta adesão a uma nova cultura de cooperação e coordenação no plano interno e internacional.
Neste contexto, o governante assegurou que a Polícia de Investigação Criminal vai continuar a responder positivamente aos novos desafios.
“Naturalmente, tudo quanto venha a fazer terá de obedecer aos princípios básicos do Estado de Direito, especialmente o da proporcionalidade, observando sempre os limites temporários das detenções, o direito à assistência de advogado, bem como a proibição da descriminação em razão da nacionalidade”, acrescentou.
O primeiro Atelier sobre Mecanismo de Cooperação Internacional em Matéria Penal Relativa ao Terrorismo, iniciado no dia 24 de mês em curso, decorreu sob o lema “A segurança garante da estabilidade das nações passa pela garantia de segurança das pessoas e bens”.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor ANA em Terça Jun 02, 2009 11:18 am

Polícia apreende cartas de condução

A Unidade Operativa de Trânsito, *****nene, apreendeu, nos últimos sete dias, 181 cartas de condução, revelou o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional.
O primeiro superintendente Américo Roberto adiantou que, no mesmo período, foram apreendidas 34 viaturas e 22 motorizadas, por falta de chapa de matrícula, mau estado técnico e características diferentes ao verbete e detidas dez pessoas, por condução ilegal.
Na mesma semana, a polícia registou quatro acidentes de viação, que provocaram a morte de uma pessoa, o ferimento de três e danos materiais avaliados em 40 mil kwanzas.
”As sinistralidades caracterizaram-se por colisão entre veículos automóveis, despistes, choque contra obstáculo fixo e entre automóveis e velocípedes” , disse.
Avatar do utilizador
ANA
Moderador de sala
 
Mensagens: 194
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:58 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor Vitor Oliveira em Quinta Jun 04, 2009 9:14 am

04-06-2009 9:12

Crime
Abortada tentativa de assalto numa casa de câmbio na Ingombota
Luanda - Uma tentativa de assalto a uma casa de câmbio, no município da Ingombota, em Luanda, foi abortada na manhã de quarta-feira, pelo corpo de segurança do estabelecimento.
O porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, sub-inspector Nestor Goubel, disse que a acção ocorreu às 12 horas, na casa de câmbio "Neves e Neves", na comuna da Ingombota.
"Três elementos até agora não identificados, transportados por duas motos rápidas e munidos de pistolas, tentaram neutralizar os dois guardas, mas face à rápida intervenção destes a acção foi abortada", explicou.
Na fuga, os meliantes abandonaram no local as duas motorizadas e uma pistola.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor Vitor Oliveira em Quinta Jun 04, 2009 9:15 am

04-06-2009 9:03

Crime
Polícia detém jovens em flagrante acto de abuso sexual
Luanda - Dois jovens de um grupo de seis foram detidos pela Polícia Nacional, no município do Rangel, em Luanda, quando, presume-se, violavam sexualmente uma menor de 17 anos, na manhã de quarta-feira.
Em declarações hoje à Angop, o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, sub-inspector Nestor Goubel, disse que o acto ocorreu nas imediações do Largo da Independência, por detrás das bombas de combustível do "1º de Maio", junto da base da Elisal.
A jovem, segundo o sub-inspector, estava de passagem quando foi interpelada pelos malfeitores e levada para um lugar de pouco movimento, onde se encontram viaturas avariadas. A informação chegou à polícia mediante alerta de pessoas que por aí passavam.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor ANA em Sábado Jun 06, 2009 5:50 am

Apreensão
A Direcção Nacional de Inspecção e Investigação das Actividades Económicas apreendeu seis mil e 114 quilos de medicamentos diversos, avaliados em 15 milhões e 563 mil Kwanzas.
Avatar do utilizador
ANA
Moderador de sala
 
Mensagens: 194
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:58 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor anabela em Domingo Jun 07, 2009 8:09 am

Casos de polícia

Taxistas e seus cobradores condenados por especulação

O Tribunal de Polícia de Luanda condenou, ontem, dois taxistas e dois cobradores, a multa por crime de especulação.
Os réus Correia Gabriel e António Jaime Nsimba (taxistas) foram condenados ao pagamento de uma multa de 100 kwanzas por dia, durante dois meses, uma taxa de justiça no valor de 15 mil kwanzas e 500 kwanzas a favor do defensor oficioso.
O réu Correia Gabriel tentou defender-se, alegando que, na altura em que os passageiros entraram para o táxi, nos Congolenses, todos disseram que ficariam no Colégio, uma paragem de táxi. O cobrador, José Alberto, desmentiu o taxista e disse em tribunal: “Senhora juíza, fui eu quem chamou Congolenses/Colégio”. E acrescentou que o taxista não disse nada.
Apesar das suas declarações, o réu foi condenado ao pagamento de 12 mil kwanzas, correspondentes a um mês de multa e uma taxa de justiça no valor de 15.250 kwanzas a favor do defensor oficioso.
Paulo Silva, outro cobrador, foi condenado a 30 dias de multa, equivalente a 12 mil kwanzas e taxa de justiça no valor de 15.250 kwanzas a favor do defensor oficioso. O agente da Polícia Económica disse que, na altura em que autuou, fez o papel de passageiro, razão pela qual pôde confirmar que os réus estavam a encurtar as rotas e cobraram 100 kwanzas.

Falsos farmacêuticos fazem ouvidos de mercador

Os réus Kiss Massaguidi, Adão Gracia, Maria Lukanhangui, Tembi Gaspar, Vemba José Rodrigues e Kueta Sebastiana foram condenados pelo crime de exercício ilegal de profissão.
Os autuantes da Polícia Económica disseram, em tribunal, que os réus foram apanhados em flagrante no Mercado dos Kwanzas, onde comercializavam medicamentos, fazendo-se passar por farmacêuticos. Os agentes da Polícia Económica disseram que os réus eram reincidentes, pois em outras ocasiões foram advertidos pelos fiscais do mercado. Os visados fizeram “ouvidos de mercador”.
Os réus foram condenados a 3 meses de multa, à razão de 100 kwanzas por dia, ao pagamento de uma taxa de justiça de 20.500 kwanzas a favor do defensor oficioso. O procurador do Ministério Público disse que os réus foram condenados a pena mínima por serem réus primários e pessoas de condição humilde.
anabela
Moderador de sala
 
Mensagens: 981
Registado: Sexta Maio 22, 2009 6:12 am

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor Vitor Oliveira em Segunda Jun 08, 2009 9:58 am

08-06-2009 10:34
Crimes
Polícia Nacional deteve mais de 40 supostos criminosos no fim-de-semana
Luanda - O Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional deteve durante o fim-de-semana 43 cidadãos, nos vários municípios, por suposto envolvimento em 54 crimes diversos.
Em declarações à Angop, o agente em serviço no departamento de comunicação e imagem do comando provincial, Sebastião do Nascimento, afirmou que os detidos são acusados de estarem supostamente envolvidos em crimes de homicídios voluntários e frustrados e violações sexuais.
Constam igualmente das acusações homicídios involuntários (atropelamentos), ofensas corporais, venda de estupefacientes (liamba), ameaças de morte, posse ilegal de arma de fogo e danos materiais.
Estão visados os municípios da Viana, Ingombota, Kilamba-Kiaxi, Cacuaco, Viana, Maianga, Sambizanga e Samba.
A Polícia de Investigação criminal recolheu na via pública, nos municípios da Ingombota, Cacuaco, Maianga, Viana cinco cadáveres, cujas mortes foram causadas por doença, afogamento e queda.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor Vitor Oliveira em Segunda Jun 08, 2009 10:00 am

08-06-2009 10:30

Luanda
Condução em estado de embriaguez mata onze pessoas na capital
Luanda - A condução em estado de embriaguez e falta de observância das regras de trânsito causaram, em Luanda, 14 acidentes de viação registados nas últimas 24 horas pela Polícia de Transito, soube hoje a Angop de fonte oficial.
De acordo com uma fonte do Departamento de Comunicação e Imagem do Comando provincial da Polícia Nacional, outra causa
dos acidentes foi o excesso de velocidade.
Dos acidentes constam os atropelamentos, choques entre veículos e motociclos e em obstáculos fixos ocorridos no município da Ingombota, Samba, Cacuaco e Viana
Estiveram envolvidas nos acidentes viaturas ligeiras e pesadas cujos danos materiais foram avaliados em mais de dois milhões de
kwanzas.
Por várias infracções ao código de estrada foram sancionados 60 automobilistas com destaque do uso de telemóveis durante a
condução, estacionar em locais proibidos, ultrapassagens irregulares e manobras perigosas.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor ANA em Sábado Jun 13, 2009 6:05 am

12-06-2009 18:06

Conselho Consultivo
Destacada importância da Polícia Montada na melhoria da actuação policial
Comandante-geral da PN destacou a actuação da Polícia Montada
Comandante-geral da PN destacou a actuação da Polícia Montada
Luanda - O comandante geral da Polícia Nacional, comissário Ambrósio de Lemos, destacou hoje, sexta-feira, em Luanda, a importância da Polícia Montada na melhoria da actuação policial, com destaque para o seu papel na preparação do CAN2010 que se realiza em Angola.
"Com a realização do campeonato africano das nações de futebol CAN2010, a Polícia Montada é chamada a prestar o seu contributo no esforço do asseguramento firme e de elevado grau de profissionalismo às grandes movimentações de massas que se esperam por ocasião do decorrer dos jogos", disse o responsável no acto do encerramento do Conselho Consultivo da Polícia Montada.
Por isso, prosseguiu, impõe-se assim o empenho desta especialidade nos trabalhos preparativos do aparato policial mobilizado para o efeito.
Frisou que a Polícia Montada tem servido de apoio incontornável aos demais órgãos operativos da Polícia Nacional com patrulhamentos nas áreas suburbanas e urbanas, em campos de futebol, objectivos estratégicos e noutras tarefas de reposição da ordem pública.
Congratulou-se com o 34º aniversário da Polícia Montada assinalado hoje (12 de Junho), bem como com o esforço desta na formação do seu pessoal e afirmação como órgão de elite e de apoio aos demais órgãos operativos da corporação.
"A trajectória da Polícia Montada espelha a afirmação deste órgão como especialidade da corporação que deverá infundir confiança e orgulho no âmbito do plano estratégico de modernização e desenvolvimento em curso na Polícia Nacional", referiu.
O comandante geral da PN referiu que o Conselho Consultivo Alargado da Polícia Montada serviu também para a definição do quadro orgânico deste órgão e adaptá-lo à dinâmica das acções que deverá desenvolver posteriormente, no âmbito das suas atribuições.
Ambrósio de Lemos agradeceu a colaboração dos instrutores portugueses e cubanos que trabalham com esta unidade.
Por seu turno, o comandante da Unidade da Polícia Montada, subcomissário José Carlos de Mendonça Teixeira "Kali Mendonça", reiterou a necessidade do redobramento de esforços para melhorar a sua actividade.
“Temos vindo a afirmamos progressivamente por mérito próprio, granjeando reconhecimento e dimensão mais abrangente através de uma actividade mais profícua", afirmou.
O subcomissário Kali Mendonça referiu existirem questões importantes a resolver, das quais se destacam a formação de recursos humanos, a reabilitação de infra-estruturas, a criação da escola nacional de equitação e o projecto de desenvolvimento integrado da Polícia Nacional (fazenda Muquitixi).
Apontou ainda a criação de uma raça de cavalos puramente angolana que se adeqúe às condições climatéricas e de alimentação do país, com vista a melhorar a rusticidade e resistência destes, como outra meta a alcançar.
Avatar do utilizador
ANA
Moderador de sala
 
Mensagens: 194
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:58 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor anabela em Domingo Jun 14, 2009 6:06 am

Estado degradado do edifício da Justiça preocupa autoridades e funcionários

O único edifício da Direcção Provincial da Justiça do Kuando-Kubango, que vem do tempo colonial, apresenta muitas fissuras e constitui um risco, para os funcionários, como verificou, na quinta-feira, o vice-governador provincial para esfera social, José Maria dos Santos Ferraz.
O vice- governador, depois de ter estado no edifício, para aquilatar a situação e o funcionamento dos serviços, disse aos jornalistas, que “há sérios problemas”, que são necessárias “novas estruturas” e que é urgente aumentar o número de juízes e Procuradores.
Santos Ferraz afirmou, que a visita à Direcção Provincial da Justiça foi feita no “âmbito da auscultação dos principais problemas ligados à área social”, pois, referiu, o “sector da Justiça preocupa, bastante” já que, sublinhou, numa “sociedade de direito se a Justiça não funcionar, com as condições mínimas e ***prindo o seu papel”, está a impedir-se o seu desenvolvimento.
Santos Ferraz declarou, que “foi por isso”, para “contribuir na resolução de alguns problemas”, que o governador da província, Eusébio de Brito Teixeira, o incumbiu de fazer “este levantamento”, para “verificar a forma de funcionamento e as dificuldades das várias áreas no domínio social”
“Visitamos demoradamente o edifício e vimos, que há uma degradação acentuada dos espaços, onde funcionam os nossos digníssimos procuradores e Juízes e uma carência gritante de salas de audiências”, afirmou, acrescentando que, de uma forma geral, pode-se dizer que o “sector vive com muitos problemas”.
O vice-governador sublinhou que é necessário “reflectir e encontrar soluções” e que, para isso é “preciso o concurso das estruturas centrais do Governo”, mas, que acredita na “sensibilidade do órgão de tutela”. Santos Ferraz lembrou que o Kuando-Kubango “é uma província que durante muito tempo esteve numa situação difícil” e que, “nesta altura” de paz, gostava, que se desse uma “atenção mais cuidada aos vários sectores do domínio social, em particular à Justiça”.

Funcionários heróicos
Resolvendo estes problemas, acentuou, vai normalizar-se o funcionamento das várias instituições e ganhar-se um estado de ânimo na administração pública.
“Se não se agir desta maneira, o próprio estado de ânimo dos funcionários acaba e hão de haver muitas dificuldades”, disse.
Santos Ferraz considerou, os funcionários do sector da Justiça na província “heróicos porque têm muitos problemas, mas conseguem despachar os processos”.
Nos municípios do interior do Kuando-Kubango, não há nenhum tribunal. Por isso, revelou, o governo provincial está a fazer um levantamento, para “depois pedir a solidariedade nos organismos centrais do Governo, para ajudarem a resolver este problema”.
O vice-governador disse, que o “povo do Kuando-Kubango é, também, heróico porque, durante muitos anos, deu provas de bravura pela unidade do país”, pelo que, sublinhou, “neste período deve merecer, atenção especial em vários sectores, nomeadamente no domínio da habitação, juventude e justiça”.
Falta de tribunais
O Juiz presidente em exercício do tribunal do Kuando-Kubango, João Pedro Fauntone, afirmou, que desde há muito tempo, que é notória a falta de condições de trabalho. Como exemplo referiu, a existência de uma única sala de audiências para seis magistrados. João Fauntone mostrou-se confiante, pelo “dinamismo de trabalho que o novo governo local está a mostrar, na província”, acreditando que “melhores dias se esperam, para o sector da Justiça”.
O juiz, Felisberto Sérgio, também, lamentou que só haja uma sala de audiência, considerando isso uma “pedra no sapato do tribunal” como é de competência genérica só possui uma única sala, para julgamento e absorve todo o movimento processual, quer de natureza siso, quer de família ou de menores e até mesmo de crime, que são os processos de maior ocorrência.
Felisberto Sérgio manifestou, a esperança de que com “esta nova força de reconstrução do país” o Kuando- Kubango venha a ter um tribunal novo.
A juíza Celeste de Lemos partilha as queixas dos dois colegas e como eles espera, que seja construído um tribunal novo.
O Juiz João Pedro Fauntone salientou, que a falta de quadros é outro problema, que o sector enfrenta, já que, por decisão do Governo, este ano, devido à crise financeira, não há concursos públicos.
João Fautone referiu, que o tribunal precisa de mais dois juízes de direito e igual número de procuradores adjuntos.
Acesso ao bilhete de identidade
O director provincial da Justiça, Carlos José Pedro disse que o sector tem um programa de registo civil e de emissão de Bilhete de Identidade porta a porta, mas que, por dificuldade de transporte, ainda não começou a funcionar.
A direcção provincial da Justiça no Kuando-Kubango alberga os serviços de Conservatória de registo civil e de propriedade, notariado, identificação e tribunal.
anabela
Moderador de sala
 
Mensagens: 981
Registado: Sexta Maio 22, 2009 6:12 am

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Jun 23, 2009 1:11 am

Criminalidade
Registados mais de mil crimes em 12 meses no Uíge



Uíge - Mil e 356 crimes, dos quais mil e 274 esclarecidos, foram registados na provincia do Uíge, desde Junho de 2008 até a data
presente, pelas autoridades policiais locais.



O facto foi anunciado hoje, segunda-feira, pelo delegado provincial do Ministério do Interior, Alfredo Sebastião Francisco, durante as
comemorações do 30º aniversario da instituição, assinalado hoje.



A autoridade policial explicou que 863 reclusos foram internados na unidade prisional local, durante o período, em que 570 outros foram soltos.



Disse terem sido desmantelados 19 grupos que integravam 57 supostos marginais, recuperadas 247 armas, seis moto-serra, 95 kg de liamba, 18 geradores electricos, sete computadores, duas placas solares e quatro rádios.



No domínio migratório, realçou, 974 infracções à lei migratória foram registadas neste periodo, além de repatriados 707 estrangeiros ilegais, dos quais 13 do oeste africano.



De igual modo, foram impedidos a entrada em território nacional outras 16 pessoas, por falta de meios de subsistência.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jun 24, 2009 4:34 am

24-06-2009 5:14

Mauritânia
Cidadão norte-americano assassinado em Nouakchott

Nouakchott - Um cidadão norte-americano, identificado como Christophe Languet, que trabalhava para uma Organização Não Governamental (ONG), foi assassinado terça-feira em Ksar, um conselho da capital mauritana, Nouakchott, por indivíduos ainda não identificados, soube a PANA de fontes de segurança.


Segundo diversos testemunhos recolhidos pela PANA, o homem resistiu vivamente aos seus assaltantes antes de ser friamente abatido.


O procurador da República junto do Tribunal Regional de Nouakchott, Amadou Cyré Ly, que se deslocou ao local de crime, ordenou a abertura de um inquérito para encontrar os verdadeiros autores deste acto.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para ANGOLA - OUTROS TEMAS

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron