CRIMINALIDADE

DESENVOLVIMENTO - SAÚDE - ECONOMIA - LIBERDADE - CRIMINALIDADE - LUSOFONIA

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Jun 26, 2009 2:32 am

Criminalidade
Polícia detém mais de 100 cidadãos por suposta prática de crimes no Moxico

Luena - A Polícia Nacional no Moxico deteve, de Junho de 2008 a Junho do ano corrente, 121 cidadãos nacionais, por suposta prática de mil e 104 crimes diversos, mais 64 casos de delitos em relação a igual período anterior.

Segundo o relatório anual da Delegação Provincial do Ministério do Interior, entregue hoje à Angop, os delitos contra pessoas, propriedades, ordem e tranquilidade públicas, bem como de natureza económica foram os mais frequentes.

A justiça por mãos próprias, desavenças familiares, fraco poder de compra, brigas, ciúmes, desemprego, uso excessivo de bebidas alcoólicas são apontadas como as causas principais dos crimes cometidos.

Os crimes ocorreram em quase todas as circunscrições da província, com maior número para o município sede (Moxico), por ser o maior centro populacional nesta região.

A fonte aponta também a realização de 203 micro-operações e 435 buscas dirigidas que permitiram o desmantelamento de 10 grupos de marginais e consequente detenção de 81 cidadãos nacionais, bem como a apreensão de diversos meios que se encontravam em sua posse.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Jun 26, 2009 2:36 am

Crime
Polícia considera positivo trabalho de combate à criminalidade no Bié

Catabola - O comandante da Polícia Nacional (PN) no município de Katabola (Bié), superintende Dorivaldo dos Prazeres, considerou hoje positivo o trabalho realizado pela corporação no combate à delinquência, sobretudo, a juvenil, sublinhando que "o índice de criminalidade continua estacionário".

Em declarações à Angop, o oficial superior disse notificar-se diariamente um a dois casos, contra os anteriores dois a cinco, situação que segundo a fonte, satisfaz as autoridades policiais na localidade, já que tem colaborado com as autoridades tradicionais. O responsável não enumerou os crimes registados durante o primeiro semestre.

Dorivaldo dos Prazeres reconheceu, por outro lado, a intervenção salutar das autoridades tradicionais e religiosas, através da sensibilização da população a cerca das consequências negativas da delinquência, sobretudo, a delinquência juvenil.

Frisou ainda que a Polícia Nacional em Katabola realiza palestras nas escolas e praças, acrescentando que a acção além de influenciar no combate a criminalidade contribui igualmente no resgate dos valores éticos e morais a nível das povoações.

O comandante asseverou ainda que as infra-estruturas policiais da localidade estão totalmente reabilitadas e equipadas com meios modernos, permitindo realizar com sucesso as actividades atribuídas aos membros da corporação.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Domingo Jun 28, 2009 2:48 am

Cunene
Polícia Criminal queima mais de 500 quilogramas de drogas

Ondjiva – Pelo menos 560 quilogramas de estupefaciente, vulgo liamba, foram queimados sexta-feira, em Ondjiva, capital da província do Cunene, pela Direcção da Polícia de Investigação Criminal (Dpic), apurou a Angop no local.



A actividade enquadrou-se no âmbito do Dia Mundial de Combate a droga, assinalado a 26 de Junho, sob o lema "Abraça a vida afastando as drogas".



Segundo o chefe do Departamento de Combate ao Narcotráfico da Dpic *****nene, Luís João, a apreensão desta quantidade de droga corresponde ao período de Junho de 2008 a Junho de 2009, que resultou na detenção de 73 cidadãos.



De acordo com dados dos escritórios das Nações Unidas contra Drogas e Crimes (UNODC), o mercado mundial de drogas ilícitas conta com 200 milhões dependentes de heroína e cocaína, cujo narcotráfico gira em torno de 320 biliões de dólares por ano, valor superior ao produto interno bruto de 90 por cento das nações.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Jun 30, 2009 2:56 am

Benguela
JMPLA realiza assembleia de balanço e renovação de mandato

Benguela - O Comité Municipal da JMPLA em Benguela realizou sábado, a sua nona assembleia de balanço e renovação de mandato, sob o lema "JMPLA esperança de um futuro melhor", no âmbito VI congresso a decorrer em Outubro próximo em Luanda.

Na sessão de abertura, a coordenadora do grupo de acompanhamento no município de Benguela, Lúcia Chilepa, enalteceu o trabalho do comité cessante pela participação da juventude no pleito eleitoral realizado em de Setembro de 2008, que culminou com a vitória do MPLA na região.

Lúcia Chilepa chamou particular atenção para participação massiva da juventude nas próximas eleições, na mobilização dos jovens para o CAN 2010, em que a província vai albergar uma das séries, assim como na campanha contra a violência juvenil e combate à droga.

Por seu turno, o secretário municipal da Jmpla, reconduzido ao cargo, Antunes Belo, agradeceu a confiança depositada pelos 25 mil e 610 militantes do município, delegados a referida assembleia.

"A JMPLA vai trabalhar sempre na defesa dos supremos ideais do MPLA, levando assim a mensagem do partido à juventude para que ela tenha confiança no governo e na resoluções dos problemas enfrentados que vão desde a criminalidade, desemprego e consumo de drogas", salientou.

A assembleia contou com participação de 172 delegados provenientes do comités de zona, dos quais 41 do sexo feminino, bem como a presença do primeiro secretário municipal do MPLA em Benguela, José Manuel Lucombo e os membros do
comité local do MPLA e JMPLA.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 01, 2009 3:03 am

Criminalidade
Polícia detém 17 supostos criminosos na Caála



Caála - A Polícia Nacional deteve, em Junho deste ano, no município da Caála (Huambo), 17 cidadãos supostamente criminosos, indica um documento da administração local, a que a Angop teve acesso hoje, terça-feira.



Os detidos, segundo a nota, foram acusados por práticas de homicídios voluntários, ofensas corporais, tentativa de violação, furto, falsificação de documentos e posse de estupefaciente.



Na sua maioria, segundo o documento, são pessoas, de ambos os sexos, com idades entre 17 aos 45 anos. Foram detidas em localidades do município da Caála.



Em Maio, a Polícia deteve 16 pessoas, no município da Caála, situado a 23 quilómetros a oeste da cidade do Huambo.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Jul 03, 2009 2:10 am

Visita
Vice-ministro do Interior constata funcionamento de órgãos no Kuando Kubango

Menongue - O vice-ministro do Interior para a área social e direitos humanos, José Bamoquina Zau, desde hoje (quarta-feira) na
província do Kuando Kubango, sudeste do país, analisa o grau de execução das orientações acometidas, assim como o nível de
organização e funcionamento dos distintos órgãos locais do pelouro.



Ao dirigir-se aos membros do Conselho Consultivo da Delegação, em reunião realizada no comando municipal de Menongue da polícia, disse que estas visitas permitem avaliar o ***primento real do planificado, comparativamente ao executado e, assim, corrigirem-se insuficiências eventualmente encontradas, suprindo as carências e optimizando os recursos disponíveis.



“Conforme a própria expressão diz, visita de ajuda e controlo, pretendemos dar algum contributo, para que os órgãos do Ministério
do Interior, a distintos níveis, atinjam cada vez mais eficácia e a eficiência que se esperam”, destacou a propósito.



O responsável lembrou que, como prioridades da estratégia do MININT consta o combate acérrimo ao crime violento, crime económico, posse, uso e tráfico de drogas, violência contra mulheres e crianças, bem como o combate da imigração ilegal.



No âmbito do plano de modernização do Ministério do Interior, Bamoquina Zau apontou os investimentos em infra-estruturas e
equipamentos, o que tem melhorado significativamente a actividade dos diferentes órgãos, fundamentalmente os operativos.



Apesar dos êxitos alcançados e porque o Ministério deve ser continuamente exigente e não adormecer sobre os louros alcançados,
aconselhou ao contínuo melhoramento dos mecanismos de trabalho, por forma a estancar ou reduzir substancialmente a criminalidade de toda a espécie.



Nesta visita, de três dias, Bamoquina Zau ***pre um programa que inscreveu já um encontro de cortesia com o vice-governador para a área social, José Maria Ferraz dos Santos, visitas a delegação do MININT, do comando da polícia nacional e dos serviços prisionais, dos bombeiros.



Em agenda tem ainda outras actividades, como palestras, dedicadas aos direitos humanos, violências doméstica, informação sobre os objectivos, importância e beneficiários da caixa de segurança social, a serem proferidas por membros da comitiva.



Uma deslocação, esta quinta-feira, ao município do Kuito Kuanavale, a 189 quilómetros a leste de Menongue, está igualmente
programada.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 08, 2009 4:01 am

Crime
Polícia detém 73 suspeitos da prática de 85 crimes no Moxico

Luena - Setenta e três cidadãos nacionais foram detidos pela Polícia Nacional no Moxico como presumíveis autores de 85 crimes, registados durante o mês de Junho último, refere o relatório da corporação, enviado hoje, terça-feira, a Angop.


Segundo o documento, os detidos, 65 dos quais desempregados, são acusados dos crimes de ofensas corporais, roubos, furtos e homicídios voluntários, cometidos principalmente devido ao desemprego, fraco poder económico, desavenças familiares, justiça por mãos próprias e questões passionais.


Por áreas administrativas, o município do Moxico (sede) lidera a lista com 79 crimes, seguido por Alto-Zambeze, com três, Luacano e Luau com um crime cada.


No quadro da manutenção da ordem pública, a Polícia realizou 28 micro operações e 61 buscas dirigidas, que terminaram com a detenção de 48 elementos procurados pela justiça e apreendeu uma arma de tipo AKM e doze cartuchos de estupefaciente (liamba).


No mesmo período, o Serviço de Bombeiros removeu três cadáveres na via pública.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Jul 09, 2009 3:20 am

África Ocidental
Tráfico ilegal torna região mina de ouro para crime organizado - ONU

Viena - O tráfico ilegal de pessoas, drogas, petróleo, tabaco, medicamentos falsos, resíduos industriais e diamantes está a tornar a África Ocidental uma mina de ouro para o crime organizado internacional, alertou a ONU.



"A África Ocidental tem tudo o que a criminalidade necessita: recursos, localização estratégica, governos fracos e um número ilimitado de soldados que vêem poucas alternativas viáveis a uma vida criminosa", assegurou António Maria Costa, director do departamento das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (UNODC).




O UNODC divulgou terça-feira o relatório "Contrabando Internacional e o Império da Lei na África Ocidental - Uma Avaliação das Ameaças", que conclui que "a criminalidade organizada está a saquear a região, destruindo os governos, o meio ambiente, os direitos humanos e a saúde" dos seus habitantes.




Anualmente, 5.700 pessoas são enviadas para a Europa pelos traficantes, na sua maioria mulheres para serem exploradas sexualmente, o que rende às máfias desta nova forma de escravidão cerca de 300 milhões de dólares anuais (cerca de 215,11 milhões de euros), indica o estudo.




A ONU calcula que em 2008 outras 20.000 pessoas da África Ocidental entraram clandestinamente na Europa, recorrendo para isso a organizações criminosas que ganharam 75 milhões de dólares.




Em alguns casos, a quantidade de dinheiro que se consegue com a actividade criminosa compete com o produto interno bruto (PIB) dos países da zona, que se encontram entre os mais pobres do mundo, indica também o relatório.




Assim, os 438 milhões de dólares obtidos com o contrabando de 45 milhões de comprimidos anti-malária falsos ultrapassam o PIB da Guiné-Bissau.




Os 775 milhões gerados pelo tráfico ilegal de tabaco excedem as contas da economia da Gâmbia e os 1000 milhões de dólares da cocaína que transita pela África Ocidental estão ao mesmo nível que o PIB de Cabo Verde ou da Serra Leoa.




A ONU calculou que em 2006 uma quarta parte da cocaína consumida na Europa (cerca de 40 toneladas) transitou pela África Ocidental e que os 1000 milhões de dólares que rendeu ameaçam a segurança de toda a região.




Estes números reduziram-se nos últimos 18 meses, no que é o único aspecto positivo deste relatório em relação ao contrabando ilegal nesta parte do continente africano.




Na África Ocidental, entre 50 a 60 por cento dos medicamentos são falsos e até 80 por cento dos cigarros são de contrabando, estima a ONU.




Na Nigéria, no delta do rio Níger, cerca de 55 milhões de barris de petróleo são anualmente desviados da circulação legal e os 1010 milhões de dólares que rendem acabam nas mãos de grupos criminosos e da guerrilha secessionista, segundo o relatório.




Na região existem 30 grupos armados e mais de dois milhões de armas sem controlo, um negócio avaliado em 170 milhões de dólares.




"Os países ricos devem assumir a sua quota de responsabilidade para travar o seu apetite por drogas, mão-de-obra barata e mercadorias exóticas que chegam do contrabando na região e impedir que a África Ocidental seja usada como um depósito de armas, resíduos e medicamentos falsos", pediu o director do UNODC.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Jul 10, 2009 3:47 am

África do Sul
Instalada nova unidade de luta contra criminalidade

Cidade do Cabo - Uma nova unidade de elite sul-africana de luta contra a criminalidade, os Hawks (Falcões), entrou em funções segunda-feira, seis meses após a dissolução dos "Escorpiões" acusados de parcialidade política.



A Direcção de Investigação dos crimes prioritários deverá retomar os inquéritos sobre o crime organizado.



Os Escorpiões foram objecto de ataques vários depois de processos judiciais contra altas personalidades do Congresso Nacional Africano (ANC, no poder), das quais o actual Presidente sul-africano Jacob Zuma.



O ANC votou pela dissolução dos Escorpiões durante a sua conferência de Polokwane em 2007, considerando que a unidade empregava "métodos maliciosos" para realizar os seus inquéritos.



Durante a cerimónia de lançamento dos Hawks, esta segunda-feira, os responsáveis dos Escorpiões entregaram simbolicamente 288 dossiês ao director da nova unidade, Anwa Dramat, que declarou que os seus serviços estariam concentrados na luta contra o crime organizado e a corrupção bem como as malversações económicas graves.



Ele indicou que os 220 ex-membros dos Escorpiões serão igualmente transferidos para a nova unidade.



A cerimónica decorreu na presença do ministro da Polícia, Nathi Mthetwa, e de altos responsáveis do seu Departamento.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor tozé em Sexta Jul 10, 2009 4:47 pm

Um grupo de marginais composto por 25 jovens com idades compreendidas entre 18 e 28 anos foi preso nos últimos dias da semana passada e apresentado ontem pela Divisão de Polícia do Kilamba Kiaxi.
Segundo a Polícia, os marginais cometiam roubos, furtos, violações e ofensas corporais. Residem no bairro Golfe, município do Kilamba-Kiaxi, e foram presos durante uma operação realizada entre 30 de Junho e 3 de Julho.
A Polícia apreendeu ao “gang” cinco armas de fogo do tipo AKM, uma pistola de marca Makarof, seis botijas de gás butano de 12 quilos, um gerador de energia eléctrica, dois telemóveis, seis motorizadas, dois relógios, um porta brincos, uma mochila contendo roupas e uma viatura de marca Renalt-Logan que haviam sido furtados pelo grupo.
Manuel Janota, conhecido por “Galinha”, e mais dois amigos, assaltaram uma residência no bairro Benfica. Galinha, de 18 anos, confessa que entrava nas casas das vítimas pelas portas ou pelas janelas usando uma técnica que aprendeu enquanto ajudante de ferreiro.
Galinha também confessou ter violado uma adolescente de 13 anos. Para cometer a violação, ameaçou a vítima com uma pistola. Já teve várias prisões anteriores.
Osvaldo João Mendonça, solteiro, de 28 anos, sem ocupação profissional, residente do bairro Simione, foi preso por roubar uma viatura de marca Renalt-Logan, no Projecto Nova Vida e por violar uma mulher residente no mesmo bairro.
Aristófanes dos Santos, comandante da Divisão de Polícia do Kilamba Kiaxi, disse que o trabalho policial tem por objectivo pôr fim às acções de criminalidade no município. “Esperamos contar com os préstimos da população”, disse.
Avatar do utilizador
tozé
Moderador de sala
 
Mensagens: 1400
Registado: Segunda Maio 11, 2009 7:19 pm
Localização: Faro - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Domingo Jul 12, 2009 2:32 am

Criminalidade
Desmantelado grupos de supostos marginais no Cazenga



Luanda - O Comando da III Divisão da Polícia Nacional no Cazenga, em Luanda, desmantelou, nos últimos sete dias, três grupos de presumíveis marginais que se dedicavam à criminalidade.



Dos crimes, destacam-se furtos de viaturas, roubos, assaltos a mão armada, violações e venda ilícita de medicamentos.



Durante uma micro-operação, foram apreendidas nove armas de diversos calibres, munições e uniformes militares, quatro motorizadas rápidas, um computador, um alicate industrial, dois televisores e quatro colunas de som.



Igualmente foram detidas pessoas que se dedicavam à venda ilícita de fármacos em locais impróprios, bem como taxistas e apreendidas as respectivas viaturas por transgressões administrativas, especulação e encurtar distâncias.



Segundo o comandante da Polícia da III Divisão no Cazenga, subcomissário Filipe Massala, que falava a imprensa durante a presentação dos marginais, disse que as micro-operações visam devolver o sentimento de segurança, vida sã e uma circulação livre de pessoas e bens.



Precisou que a Polícia vai continuar a trabalhar, apesar de existirem constrangimentos na circulação rodoviária, fraca iluminação pública e outros factores que dificultam a actuação rápida da corporação.



O Cazenga tem uma extensão territorial de 38 mil e 600 quilómetros quadrados, sendo considerado o município mais populoso de Luanda, com cerca de um milhão e 500 mil habitantes, distribuídos pelas comunas do Cazenga, Tala Hady e Hoji ya Henda.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 15, 2009 2:43 am

Criminalidade
Polícia regista 21 crimes no fim-de-semana

Benguela – Vinte e um crimes, mais cinco em relação ao período anterior, foram registados no último fim-de-semana pela Polícia Nacional, na província de Benguela, informou à Angop, hoje, segunda-feira, o director de operações do Comando Provincial do órgão, superintendente chefe Lito Mota.


O oficial explicou que, destes crimes, dez foram esclarecidos, tendo sido detidos preventivamente 17 elementos, como presumíveis autores.


Entre os delitos, referiu, destaca-se oito ofensas corporais voluntárias, três posses e uso de estupefacientes, dois roubos, uma tentativa de roubo e igual número de homicídios frustrados, violação, suborno, cárcere privado e suspeita de rapto.

Quanto à regularização operativa de trânsito automóvel, foram apreendidas 17, das 96 viaturas interpeladas, por diversas infracções ao novo Código de Estrada.


Explicou que o município do Lobito lidera a lista de ocorrências, com 12 crimes, seguido de Benguela, com cinco, e do Cubal, com dois, menos um que a Baía Farta e o Balombo.


Também adiantou que pelo menos uma pessoa morreu e seis outras ficaram feridas, em consequência de seis acidentes de viação ocorridos durante o período em balanço.


Os sinistros resumiram-se em choques entre veículos automóveis e velocípedes com motor, contra obstáculos fixos, capotamentos e atropelamentos, com prejuízos materiais não calculados.


Apontou o excesso de velocidade, o mau estado da via, imprudência dos automobilistas e dos peões como as principais causas dos acidentes. A maioria foi registada nos municípios de Benguela e Ganda.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Jul 16, 2009 2:32 am

Polícia
Polícia Nacional desmantela quatro grupos de supostos marginais no Moxico

Luena - O Comando provincial da Polícia Nacional no Moxico desmantelou quatro grupos de supostos marginais, que durante o segundo trimestre do ano em curso praticavam crimes no município sede (Moxico), refere um documento da corporação, enviado hoje, quarta-feira, a Angop.


Segundo o documento, os grupos eram constituídos por dez, nove, sete e quatro elementos, com idades compreendidas entre 15 a 30 anos, que praticavam crimes de ofensas corporais, roubos, furtos e violações nos bairros periféricos da cidade do Luena.


No período em análise, as forças policiais realizaram 82 micro-operações e 200 buscas dirigidas, que resultaram a detenção de 176 cidadãos nacionais, bem como a apreensão de 29 viaturas, 281 motorizadas, três armas de tipo AKM, 82 caçadeiras com 225 cartuchos, uma pistola de tipo "Star" e 37 plantas de liamba, três quilos.


A nota da corporação refere que a detenção dos grupos de marginais, foi possível com a colaboração da população na denúncia dos marginais.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Sábado Jul 18, 2009 2:34 am

Formação
Efectivos dos Serviços Prisionais capacitados em matéria de controlo penal

Angop

Vice-ministro do Interior para área Social e Direitos Humanos, José Bamokina Zau




Luanda - Vinte e nove efectivos dos Serviços Prisionais concluíram nesta sexta-feira, em Luanda, um curso de especialidade de controlo penal, em acto presidido pelo vice-ministro do Interior para área Social e Direitos Humanos, José Bamokina Zau.




A acção formativa durou 60 dias e foi ministrada por instrutores cubanos do ramo, no âmbito da cooperação entre os ministérios do Interior dos dois estados.




*****rso, decorrido na Escola Nacional de Técnica Penitenciária, em Viana (Luanda), participaram efectivos dos vários estabelecimentos prisionais do país, tendo abordado aspectos relativos à segurança prisional, tratamento reeducativo, pedagogia prisional, entre outros.




Ao encerrar o acto, o vice-ministro do Interior Bamokina Zau considerou de extrema responsabilidade a formação, "porquanto vai reforçar os conhecimentos dos efectivos do sector e iniciar uma nova gestão na melhoria do sistema prisional".




O governante defendeu um acompanhamento afincado do controlo processual e a coordenação com os outros órgãos que intervêm no sistema de administração da justiça, afim de se estancar os casos de excesso de prisão preventiva.




Segundo frisou, o índice de criminalidade no país tende a aumentar, consubstanciando-se na superlotação das cadeias no país.




"Face a isso e faço fé que esta formação facilite a nossa tarefa da execução das penas e medidas privativas de liberdade aos indivíduos a eles sujeitos (...)".




A cerimónia de encerramento foi marcada pela entrega de certificados aos formandos e desfile das tropas em parada.




Com o encerramento deste curso, totaliza-se 700 alunos já graduados pela Missão de Colaboração e Assistência Técnica Cubana, em aproximadamente 14 meses de trabalho.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CRIMINALIDADE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 22, 2009 3:20 am

Apelo
Famílias aconselhadas a acatarem conselhos para evitarem violência doméstica

Luanda - A chefe de secção da Família e Promoção da Mulher no município do Cazenga, Ana da Costa, aconselhou hoje (terça-feira), as famílias a acatarem os conselhos das campanhas de sensibilização contra a violência doméstica.

Falando aos presentes no sector da Família no município do Cazenga, advertiu que a futura lei contra a violência doméstica deverá prever penas pesadas aos infractores, aconselhando-os a intensificarem o diálogo no lar, por ser a melhor via para se evitar desavenças familiares.

Fez saber que a mulher angolana luta em defesa da paz, estabilidade, liberdade e dignidade do seu povo, facto que implica reforçar o espírito de tolerância, unidade, coesão e amor ao próximo.

Disse ser importante redobrar os apelos, os pais e filhos, nas igrejas, mercados e zonas residenciais, no sentido de respeitarem os seus direitos, deveres e responsabilidade paternal e social.

Ana da Costa considerou ainda importante a preparação académica e psicológica das mulheres, para melhor educarem os seus filhos.

Manifestou-se preocupada com o número de casos registados no mês de Maio deste ano (229), consubstanciados em ofensas morais, ameaças com arma de fogo, fuga a paternidade, abandono do lar e desalojamento.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para ANGOLA - OUTROS TEMAS

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron