CULTURA ANGOLANA

NOTÍCIAS FOTOS E VÍDEOS
ESTE FORUM SERÁ DEDICADO A ASSUNTOS RELACIONADOS COM A ATUALIDADE DESPORTIVA E CULTURAL ANGOLANA. PRETENDE-SE AINDA QUE SEJA UM ESPAÇO DE PARTILHA CULTURAL E DESPORTIVA ENTRE ANGOLA E PORTUGAL.

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Mar 04, 2010 7:47 pm

04-03-2010 19:16

Música
Grupo Wonderfull-One e Papetchulo promovem CD em Malanje

Imagem
Músicos levam estilos R&B e Hip-Hop à Província de Malanje
Luanda - O grupo de hip-hop Wonderfull-One e o cantor Papetchulo realizam neste sábado, na cidade de Malanje, uma sessão de venda e assinatura de autógrafos dos seus mais recentes álbuns.
Os Wonderfull-One vai comercializar cópias do disco "3 Dimensões", lançado em Dezembro de 2009, enquanto Papetchulo vende o álbum "Te amo", editado em Novembro de 2009.
Ao falar à Angop, o promotor Pacheco Miranda, um dos responsáveis pela iniciativa, adiantou que para domingo está prevista a participação desses artistas num show dedicado à juventude.
O agente de espectáculos disse pretender com a iniciativa saudar o Dia Internacional da Mulher (08 de Março) e proporcionar bons momentos de lazer à população de Malanje.
O grupo Wonderfull-One formou-se em 1994, no município de Cacuaco, por Kaporal e Ikuma-Full, integrando depois C.Lau e D.Latoy.
Em 1999, gravou o primeiro álbum, intitulado "Géneses", cujo destaque foi as músicas "Rainha da Beleza" e "Ela".
O segundo disco, “Polémica”, saiu a público em finais de 2003
Por sua vez, Papetchulo publicou o seu primeiro trabalho a solo em 2005, com músicas que fizeram sucesso, como “Olha para Mim”, “Papetchulo” e “Super Sexy”.
Este segundo trabalho de Papetchulo, antigo integrante do grupo Warrent B, traz a público 16 músicas e foi editado pela LS-Produções, com uma tiragem inicial de 15 mil exemplares.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Mar 11, 2010 2:52 pm

11-03-2010 14:27

Teatro
Grupo Horizonte Njinga Mbande exibe três peças no final de semana

Luanda
- O grupo teatral Horizonte Njinga Mbande exibe sexta-feira, sábado e domingo as peças “Injustiças da justiça", " Filho sem pai" e "Tribunal dos sonhos" no auditório da escola Njinga Mbande, em Luanda, indica uma nota daquela companhia de artes.
O documento distribuído hoje, quinta-feira, à Angop refere que a peça “Injustiça da justiça”, a ser exibida na sexta-feira, às 20 horas, narra uma história em que um soba toma por esposa a noiva prometida ao seu filho mais novo, gerando uma série de conflitos entre ambos.
A peça "Filho sem pai ", que será exibida sábado em duas sessões, às 19 e 40 minutos e às 21 horas e 15, retrata a vida de Kapeleco, um órfão acolhido pelo tio quando mas novo. Mas uma vez crescido esquece-se de agradecer o tio.
Segundo a nota, as coisas para Kapeleco iam bem até que um sonho que ele teve muda toda a estória.
No domingo, o grupo exibe, em duas sessões, a peça " Tribunal dos sonhos" que conta a estória de um casal onde o homem é estéril e a esposa aparece grávida. O enredo gira a volta da tentativa de desvendar o enigma para saber como e com quem ela engravidou.
A companhia de artes Horizonte Njinga Mbande foi fundada a oito de Outubro de 1986 em Luanda, por Adelino Caracol e Ezequiel Issenguele.
É constituída por artistas das mais diversas áreas culturais, com predominância para o teatro, tendo como finalidade o enaltecimento da cultura nacional.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Mar 18, 2010 4:20 pm

18-03-2010 16:18

Teatro
Etu-Lene exibe no Kilamba "Traição arde como ditumbate"

Luanda
– O grupo teatral Etu-Lene exibe no próximo domingo, em Luanda, no Centro Recreativo e Cultural Kilamba, a peça “A traição arde como ditumbante”.
De acordo com o encenador do grupo, Beto Cassua, a obra retrata a história do jovem Ukumbo, que após atingir um nível sócio económico alto desprezava a mãe, mostrando-se disponível apenas para a namorada, com quem tencionava casar.
A conduta do jovem irrita os vizinhos, numa altura em que a sua mãe é internada em estado grave e Ukumbo nega-se a prestar apoio financeiro, alegando que a beneficiária do seu dinheiro seria apenas a futura esposa.
Entretanto, segundo Beto Cassua, Ukumbo chora bastante e começa a valorizar a mãe a partir do momento que descobre que Lena, a namorada, o traia com seu melhor amigo Aníbal, com quem tinha uma relação de longa data.
A exibição da peça visa alertar a sociedade, em especial os jovens, sobre a importância e o real valor que devem dedicar aos seus progenitores.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Mar 19, 2010 4:44 pm

19-03-2010 5:13

Moda
Marca "Lubago" já no mercado angolano

Luanda
– A estilista angolana Luena Gouveia apresentou quinta-feira em Luanda, a sua primeira colecção de moda feminina, denominada" Lubago”, num evento assistido por cerca de 400 convidados.
Durante a sessão que marcou a sua estreia no mercado nacional, Luena Gouveia levou ao público um conjunto de trajes inspirados na moda da década de 80, onde a extravagância e as cores preta, branca, lilás, dourada e vermelha foram os argumentos utilizados para valorizar a mulher.
Segundo a estilista, a colecção confeccionada com seda , renda com aplicações de cristais Swarovki e bordados
Luena Gouveia nasceu a 29 de Março de 1981 e desde cedo teve o gosto pela moda, a mãe era estilista e a tia modelista.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Mar 24, 2010 4:59 pm

Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Mar 24, 2010 5:00 pm

Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Mar 24, 2010 5:01 pm

Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Mar 31, 2010 11:33 am

31-03-2010 10:16

Huíla
Calabeto, Lulas da Paixão e Givago cantam no "Caldo da Paz" no Lubango

Lubango
- Os músicos Calabeto, Lulas da Paixão e Givago vão, domingo, no Lubango, província da Huíla, animar a terceira edição do "Caldo da Paz", um evento promovido pela agência Ambiance Produções, para saudar o oitavo aniversário do alcance da paz em Angola.
Em declarações à Angop, o promotor do evento, Pedro Tchissingui, disse que, para além deste elenco, farão parte os músicos Voz d'Ouro, Gil Malenga, Julito da Vila e Calili.
O objectivo, segundo disse, é festejar em grande os oito anos de paz, congregando o maior número de pessoas de vários estratos sociais, numa festa de cor e luz, no recinto da expo/Huíla, complexo turístico e desportivo da Senhora do Monte.
Pedro Tchissingui disse que o evento está a ser realizado para acolher perto de mil pessoas, estando criadas condições logísticas e técnicas para o efeito. Os ingressos estão a ser vendidos ao preço único de três mil Kwanzas.
A primeira edição deste evento aconteceu no município da Chibia, em 2008, e a segunda em 2009, na comuna da Huíla (Lubango).
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Abr 06, 2010 2:38 am

Música
Amantes da música recordam agrupamento Kissanguela

Luanda
- O agrupamento Kissanguela ocupou hoje,domingo, a jornada cultural dos amantes da música angolana, durante a edição do mês do programa Muzonguê da Tradição, ocorrido no Centro Cultural e Recreativo Kilamba, em Luanda.
Assessorados pela Banda Maravilha, os convidados do Kilamba, tiveram a oportunidade de levar o público a uma viagem ao passado do Kissanguela, concretamente aos anos de 1970 e 80, altura em que o grupo era uma das principais referencias do music hall nacional angolano.
Em pouco mais de quatro horas de actividades, os apreciadores da música angolana dos anos 80 puderam ouvir e dançar ao som de temas como “Twa na Ngola” e “Twa kwá Divua”, na voz de Fató, “Estrangeiro” e “Madalena”, interpretadas por Santos Júnior.
Em meio de muita animação, os convivas ouviram Prado Paim, outro antigo integrante do grupo, que cantou “Gienda” e “Bartolomeu”, levando o “kota” Mateus Pele do Zangado a pista de dança.
Durante a jornada, o palco do Kilamba testemunhou ainda as actuações de Joy Artur e Lulas da Paixão.
O Musongue da Tradição é um programa que teve o seu início em Fevereiro de 2007 e visa a promoção, divulgação e valorização da música angolana produzida nos anos 1960/70 e 80. O agrupamento Jovens do Prenda e os artistas Zecax, Don Caetano e Proletário foram os primeiros convidados.
O Centro Cultural e Recreativo Kilamba, antigo Maria das Escrequenhas, tem em agenda vários programas, entre os quais “Farra ao Antigamente”, “Show à sexta-feira”, “Musongué da Tradição” e o tradicional “Caldo do Poeira”.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Segunda Abr 12, 2010 1:43 am

Apelo
Defendida maior atenção na preservação dos povos khoisans

Imagem
Crianças da comunidade khoisans
Luanda – O realizador do projecto “Quem somos nós”, que contempla uma exposição fotográfica e um documentário sobre os povos khoisans, Chico Júnior, exortou neste sábado, em Luanda, as autoridades nacionais, organizações não governamentais (ONG) e outros organismos sociais a empenharem-se cada vez mais para a preservação e bem-estar destas comunidades
O realizador e investigador angolano fez este apelo em declarações à Angop na cerimónia de abertura da exposição “Quem somos nós” que estará à disposição do público de 10 a 14 deste mês na Galeria Celamar, na Ilha de Luanda.
Segundo o realizador, os povos khoisans estão a ser “excluídos” de forma involuntária de muitos processos sociais que ocorrem no país, devido ao seu modo de vida ainda nómada e pela falta de informação sobre os hábitos e costumes desta franja da população
nacional.
Chico Júnior, que estimou a população khoisan em cerca de duas mil e 500 pessoas, disse que essa “exclusão” aliada a ocupação ilegal das suas terras por outras tribos são factores que podem contribuir para a diminuição desta comunidade, que habita no sul do país.
“Durante as nossas reportagens observamos algumas carências entre esta população como a falta de assistência médica e educação, assim como ocupação ilegal, por parte de outras tribos bantus, das suas terras, facto que está a mudar o modo de vida daqueles povos”, constatou.
Nesta esteira, reconhece esforços das autoridades do país em inverter esta situação, ao mesmo tempo que apelou as ONG, empresários, associações, entre outras instituições no sentido de apoiarem os esforços do governo nesta empreitada.
Sobre os khoisans, o mentor do projecto “Quem somos nós?”, salientou que apesar deles estarem a “assimilar” outras culturas
como a criação de animais e produção de alimentos, assim como o aparecimento de algumas comunidades sedentárias, essa população continua a preservar muitos traços da sua especificidade sócio-cultural.
Recordou que os khoisans, também conhecidos como Kamussekeles, são povos nómadas que vivem da caça e recolha de frutos silvestres, conhecedores de muitas plantas medicinais e comestíveis, que podem ser aproveitadas e utilizadas por toda a
população do país.
A exposição, composta por 55 fotografias e um documentário de cerca de 30 minutos, foi produzida pelo especialista nacional
Izequiel Pedro, contando com o patrocínio da fundação israelita LR de Arte e Cultura.
As pesquisas para o projecto foram efectuadas nas províncias do Cunene, Kuando Kubango e Namibe, com a colaboração de
historiadores e antropólogos nacionais.
Actualmente, esse povo milenar pode ser encontrado um pouco por toda África Austral, principalmente nas regiões de Angola,
Botswana, Namíbia e África do Sul.
Assistiram a cerimónia da apresentação do projecto académicos, investigadores, políticos, religiosos, profissionais ligados ao
sector cinematográfico, entre outras individualidades.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Abr 15, 2010 7:19 pm

15-04-2010 16:13

Huambo
Defendida inclusão de dois monumentos locais na lista do património mundial

Imagem
Monumento histórico do Huambo
Huambo - O chefe de departamento dos Monumentos e Sítios da direcção provincial da Cultura, João Afonso, defendeu hoje, nesta cidade, a inclusão da Estação Meteorológica de Feti e as Pinturas Rupestres de Kaninguili na lista do património mundial classificado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).
Em declarações à Angop, o responsável justificou que estes dois monumentos histórico-culturais reúnem todos os requisitos exigidos pela UNESCO para que possam ser considerados patrimónios da humanidade.
O único entrave, segundo a fonte, prende-se com a falta de maior divulgação internacional e de estudos arqueológicos e antropológicos profundos.
Afirmou, a título de exemplo, que as Pinturas Rupestres de Kaninguili, localizadas no município do Mungo, 150 quilómetros da cidade do Huambo, existem desde o século IV e são uma grande prova de que aquele território já era habitado por pessoas há milhares de anos.
Quanto à localidade de Feti, situada no sector de Ngove, 120 quilómetros da cidade do Huambo, João Afonso explicou que foi ali onde surgiram os primeiros povos umbundos e nganguelas, que mais tarde viriam a dispersar-se pelo centro do país e pelo sudoeste de Angola.
Ainda no mesmo local, segundo o responsável, foram feitas as primeiras fundições de ferro, no século XIII.
Em relação ao estado de conservação e protecção dos dois locais, o chefe de departamento dos Monumentos e Sítios da Direcção da Cultura disse ser razoável, embora estejam em risco de desaparecimento caso não forem tomadas medidas cautelares.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Abr 23, 2010 1:33 am

Cultura
Hildebrando de Melo expõe "Candongueiro"

Luanda
-
Uma exposição denominada “Candongueiro”, da autoria do artista plástico angolano Hildebrando de Melo, está patente
desde hoje (quinta-feira) até ao dia 23 de Maio, no Centro Cultural Português, em Luanda.
Em 13 telas, o artista narra a vida muito agitada e contemporânea de um "kaluanda" que usa os serviços de táxis. expõe em linhas transversal, azuladas ou pretas, algumas realidades percorridas pelos utentes de taxis entre as vias Roque Santeiro, Avô ***bi, Samba II e Morro da Luz.
Hildebrando de Melo, na sua compilação em que busca aproximar os povos à compreensão e desenvolvimento humano, pincela os seus quadros chamando a atenção da sociedade a actual era vivida no mundo.
“Busco consciencializar o ser humano para um mundo mais ambientalista e menos conflituoso”, disse.
Para o artista plástico Paulo Kussy, a arte plástica tem a "habilidade de parar alguns momentos do nosso quotidiano”, porquanto o mundo em que habitamos é agitado e dinâmico. No entanto, gravar uma ocasião seria primoroso.
“Eu penso que o Hildebrando de Melo fez isso no quadro denominado Roque Santeiro, onde se sente alarido e um abalar suave que leva-nos as vivências decorridas neste mercado”, ressaltou o artista, acrescentado que um usuário de “Candongueiro não deixa de estar por dentro das coisas decorrentes do dia-a-dia”.
Produzida em 2008, a exposição "Candongueiro" é acompanhada de vários prefácios, entre os quais se subescreve que “nas viaturas de táxi passa-se debates frenéticos e intermináveis sobre a sogra que não respeita a nora, o filho que é mal comportado, a vizinha que é manhosa e muito mais, assim como temas da actualidade política, economica e desportiva em Angola e noutros países do mundo".
Lê-se ainda que “O utente chega à paragem, olha atentamente para o cobrador, nada diz, sobe e paga 100 kwanzas em vez de 50 num percurso curtíssimo (...). Quem não é usuário deste serviço prestado pelos azuis e brancos é porque vive fora do contexto kaluanda”.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Maio 04, 2010 9:18 pm

04-05-2010 16:40

Livro
Mayamba Editora apresenta obra sobre escutismo

Luanda –
A Mayamba Editora apresenta, nesta quarta-feira, na Universuidade Lusíada de Angola, em Luanda, o livro intitulado “Escutismo- Um Método Educativo Não-Formal” da autoria de Rui Luís Falcão Pinto de Andrade.
Trata-se de um livro baseado no seu trabalho de investigação apresentado e defendido, em 1992, perante um júri para a obtenção do grau de licenciado em psicologia no Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) da Universidade Agostinho Neto.
A obra literária será apresentada pelo professor universitário Mário Pinto de Andrade, reitor da Universidade Lusíada de Angola. Foi prefaciada por Fernando Costa Andrade (Ndunduma), já falecido.
Na análise, o escritor Costa Andrade “Ndunduma” considera que os capítulos do livro mais centrados sobre assuntos e definições inerentes à psicologia da infância e adolescência são os que mais prendem a atenção do leitor.
O escutismo é uma doutrina do general inglês Baden-Powell, que tem por fim o aperfeiçoamento moral, intelectual e físico das crianças e dos jovens, pelo desenvolvimento do seu espírito cívico.
Dados apontam que o movimento escutista ressurgiu em Angola, em Junho de 1990 e, em 22 de Fevereiro de 1991 foi fundada a Associação Nacional de Escuteiros.
A 03 de Dezembro de 1994, fruto da união de diversas associações, foi fundada a associação de Escuteiros de Angola (AEA), única organização do movimento no país e que congrega cerca de 16 mil escuteiros dos diferentes credos religiosos, integrados em 168 grupos
A AEA é membro de pleno direito da Organização Mundial do Movimento Escuta desde 1999, tendo sido formalmente admitida na 35ª Conferencia Mundial realizada em Durban, na Africa do Sul. Integra ainda a Região África e a zona Austral (nível de organização formal que integra 10 países).
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Sábado Maio 08, 2010 1:35 am

Luanda
Agência de moda Zeyangel promove fórum sobre "Inovação de luxo"


[img]highlight/2010/4/18/0,99f7c921-320f-4c00-9b15-d8fa8c55282c.jpg[/img]
Claúdia Mittler, directora da agência Zeyangel

Luanda - A agência de moda Zeyangel promove, de 09 a 11 de Junho, em Luanda, a primeira edição do fórum sobre “Inovação de luxo”, destinado a agentes da moda angolana.
O objectivo de permitir aos jovens modelos, designers e empresários a compreender e aplicar as estratégias de negócios necessárias para desenvolver as marcas de luxo no contexto actual do mercado com uma abordagem de personalidades conceituadas.
O facto vem expresso numa nota de imprensa chegada à Angop, na qual adianta que os fundos a serem obtidos com o evento servirão para ajudar crianças angolanas que necessitam de apoios.
“Um dos nossos desejos é fazer com que as crianças angolanas tenham uma vida digna e o seu garantir seguro de vida. As empresas distribuidoras de preservativos, champagne e vinho de marca Atlanfina estarão também engajadas neste projecto social e sentimo-nos honrados pelo facto de merecermos o apoio do FC Porto e de alguns jogadores famosos”, lê-se no documento.
Entendimento e aplicação na dinâmica de luxo serão a grande aposta e abordagem dos especialistas, analistas da matéria, bem como os estrategas do negócio convidados para o evento.
Luxury Forum, consultoria, sessões criadas para os jovens e as marcas de Luxo emergentes na moda, cuidados de beleza, cosmética, artigos de couro, joias, relógios, moda casa, acessórios, hotéis de luxo, varejo, vinhos e bebidas espirituosas, automóves de luxo, lojas de serviços pessoais, serviço de portaria e outras categorias de luxo.
Zeyangel está ligada à área de distribuição, concepção de interiores, designer e models education com a Elite Model Lisbon (Portugal).
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: CULTURA ANGOLANA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Maio 18, 2010 8:53 pm

18-05-2010 20:52

Música
Festival Luanda Internacional de Jazz 2010 acontece em Julho

Luanda
– A segunda edição do festival "Luanda Internacional de Jazz" realiza-se de 30 de Julho a 01 de Agosto, na capital angolana, com 20 artistas de dez países: Angola, Namíbia, África do Sul, Benin, Portugal, Moçambique, Cuba, Zimbabwe e Estados Unidos da América.
Segundo uma nota de imprensa da organização, entregue hoje à Angop, em Luanda, espera-se reunir em palco nomes sonantes do música jazz nesta edição 2010.
De acordo com a organização, o evento é um acontecimento cultural que estabelece um convite para a fusão de culturas e ao mesmo tempo uma mistura de ritmos, levando ao entretenimento, educação e com forte pendor para a promoção do turismo nacional.
O Luanda Internacional Jazz é um evento inserido num conjunto de eventos similares ao redor do mundo. Inclui na sua programação artistas de renome internacional.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para CULTURA E DESPORTO DE ANGOLA

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron