DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

DESENVOLVIMENTO - SAÚDE - ECONOMIA - LIBERDADE - CRIMINALIDADE - LUSOFONIA

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Segunda Nov 09, 2009 4:03 pm

09-11-2009 16:55
Industria
Relançamento do sector industrial orçado em mais de oito milhões de dólares

Luanda
- O vice-ministro da Indústria, Kiala Gabriel, estimou hoje (segunda-feira), em Luanda, que os subprogramas do sector destinados à construção de mais pólos de desenvolvimento industrial, construção de novas industrias e transformação das matérias primas no país, com vista ao relançamento do sector, está avaliado em oito biliões e 600 milhões de dólares norte-americanos (Usd).
O governante angolano prestou estas informações durante um encontro negocial com uma delegação de empresários brasileiros chefiado pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge.
Segundo Kiala Gabriel, do montante global que o Ministério da Indústria precisa de um financiamento externo de seis biliões de dólares norte-americanos e de um crédito interno de Usd dois mil milhões.
O vice-ministro da Indústria aproveitou a ocasião para solicitar ao ministro brasileiro a sua intervenção junto do Governo do Brasil para aumentar as linhas de crédito e, desta forma, incrementar a cooperação entre os países.
Os subprogramas fazem parte do Programa Executivo 2009/2012, do Governo angolano, para o sector da Indústria. Estabelece a construção de 12 pólos de desenvolvimento industrial, uma Zona Económica Especial (ZEE) e 33 projectos de construção de indústrias agro-pecuária.
Integram também os subprogramas 71 projectos de indústria de material de construção, 27 projectos de indústria de papel e gráficas, 18 de metalomecânica, dez de indústria de moagem, sete de indústria têxtil, seis projectos de indústria alimentar, igual número de apoio à agricultura e cinco projectos de indústria de rações.
O ministro brasileiro do Desenvolvimento, da Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, trouxe para Angola 90 empresários que, de 09 a 12 do corrente mês, efectuará visitas de negócios a Moçambique e África do Sul.
Os empreendedores brasileiros representam, entre outros, sectores de produção alimentos e bebidas, agro-negócio, construção, energia, máquinas, cosméticos, materiais electrónicos, calçados, infra-estrutura e têxtil.
Com esta deslocação a alguns países africanos, os responsáveis brasileiros pretendem promover o aumento do comércio e dos investimentos bilaterais e explorar possibilidades de cooperação entre os sectores produtivos do Brasil com as referidas nações africanas.
O evento contou com a presença do coordenador da comissão de reestruturação da Agência Nacional para o Investimento Privado (ANIP), Aguinaldo Jaime, do presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (Abdi), de directores nacionais, do institutos da Indústria, bem como de técnicos e assessores.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Nov 10, 2009 3:10 pm

10-11-2009 11:32
Cunene
Aerogare do Aeroporto 11 de Novembro inaugurada hoje em Ondjiva

Ondjiva
- A aerogare do Aeroporto 11 de Novembro em Ondjiva, província do Cunene, é aberta oficialmente nesta terça-feira - indica uma nota do governo local.
O empreendimento beneficiou de reabilitação e ampliação avaliadas em nove milhões 262 mil dólares e adquiriu uma capacidade de 400 a 500 passageiros na hora de embarque e desembarque.
A Aerogare, com cerca de dois mil metros quadrados de zona coberta, comporta área de serviços administrativos, espaço reservado aos serviços de Protocolo de Estado, dois corpos destinados a partidas e chegadas, bem como salas para operações aeroportuárias.
Zonas administrativas compostas por sete gabinetes, serviços de apoio a passageiros em trânsito com tapetes rolantes, parque de estacionamento público, entre outros constam da obra.
A empreitada possui uma central de climatização e o suporte de controlo de bagagem que foram concebidos segundo os padrões universais e o projecto base, elaborado pela Empresa Nacional de Exploração e Navegação Aérea (ENANA).
O aeroporto de Ondjiva, o único de Angola equipado com as novas tecnologias, introduzidas na reabilitação em 2004, conta com um sistema de accionamento de balizagem que permite ao piloto regular por controlo remoto a iluminação da pista com cerca de três mil e 200 metros de comprimento, contra os dois mil e 400 anteriores, numa largura de 30 metros e uma berma de sete metros em cada lado da pista.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Nov 11, 2009 1:09 pm

11-11-2009 12:36
Independência
Huambo se ergue da guerra rumo ao desenvolvimento sustentável

Huambo
– O governador do Huambo, Albino Malungo, declarou hoje, quarta-feira, que a província se “ergue rapidamente dos escombros da guerra rumo ao rápido e seguro desenvolvimento sustentável multifacético.
Albino Malungo intervinha no acto central das comemorações do 34º aniversário da proclamação da independência nacional, numa cerimónia orientada pelo primeiro-ministro, António Paulo Kassoma.
“Temos hoje mais hospitais e unidades sanitárias de médio e pequeno porte que no tempo colonial, a rede escolar avança impetuosamente para todas as localidades e a meta de se criar uma comunidades científica na província solidificou-se com a criação e entrada em funcionamento da Universidade José Eduardo dos Santos”, realçou
Informou que a indústria e o comércio estão a florescer e que acredita que ganharão maior impulso a partir de 2012, com a entrada em funcionamento das barragens hidroeléctricas do Ngove e do Lumaúm.
O governador assegurou que estão em curso acções com vista a levar água potável à toda população, visando a diminuição dos índices de mortalidade por doenças resultantes do consumo de água não tratada.
Afirmou que se pôs fim na província o fenómeno da fome e da nudez, referindo que “os produtores locais já possuem, ainda que mínimos, excedentes de produção.
Falou ainda do empenho para a diversificação da economia e das fontes de receitas da província do Huambo.
Albino Malungo disse ser objectivo fazer do Huambo a capital ecológica de Angola, mediante a implementação de programas de reflorestamento em todos os municípios e a aplicação de medidas de desencorajamento ao uso irracional da biodiversidade.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Nov 13, 2009 4:09 pm

13-11-2009 16:47
Governo
Angola regista crescimento de 1,3 porcento apesar da crise

Luanda
– Angola registou este ano um crescimento, moderado, de 1,3 porcento, influenciado pelo crescimento de 5,2 porcento do sector não petrolífero, resultado da aposta do Governo em diversificar a economia, afirmou hoje, sexta-feira, em Luanda, o primeiro-ministro, António PAulo Kassoma.
António Paulo Kassoma discursava na cerimónia de apresentação, à Assembleia Nacional, do Plano Nacional
2010/2011 e do Orçamento Geral do Estado para o próximo ano.
Referiu que apesar da conjuntura económica desfavorável, factores relevantes permitiram suster o ritmo de abrandamento do crescimento da nossa economia, contrariamente às previsões “muito pessimistas”.
Afirmou que entre esses factores relevantes a estabilidade política e macroeconómica resultante do processo de paz e do regresso à normalidade do funcionamento do sistema democrático das instituições alcançados nestes anos de paz.
Esses fundamentos granjearam a confiança de empresários e de instituições económicas e financeiras, tornando-se numa referência essencial para quem procura garantir o retorno seguro dos seus investimentos, como, também, num requisito primordial do desenvolvimento sustentável, sublinhou.
Outro factor, de acordo com Paulo Kassoma, está na existência de potencialidades e de oportunidades no mercado interno, ao ponto de, no decurso dos primeiros nove meses, do ano em curso, o investimento privado ter atingido mais de 1,3 mil milhões de dólares, em projectos do sector não petrolífero.
Disse que no contexto internacional, embora existam sinais que possam indiciar a retoma da economia mundial, fundamentados em projecções optimistas ou moderadas de especialistas e de instituições financeiras regionais ou internacionais, reinam ainda incertezas quanto a sua confirmação definitiva.
Alerta que não basta a subida do preço do petróleo e de outras matérias-primas, como os diamantes, para se ter a certeza de que a economia está a retomar o seu curso normal.
Embora na retoma esperada não se preveja que ela ocorra no mesmo grau em todos os países, será necessário esperar um pouco mais, para se saber se tais sinais são globais e consistentes.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Nov 17, 2009 3:46 pm

17-11-2009 13:11
Huambo
Educação no Katchiungo regista avanços em sete anos de paz

Huambo
- Setenta e duas novas salas de aulas foram construídas no município do Katchiungo de 2002 até a presente data, visando expandir a rede escolar em todas as localidades para reduzir o número de crianças fora do sistema normal de ensino.
A informação foi prestada hoje à Angop pelo administrador municipal do Katchiungo, António Kotingo, afirmando que antes deste período havia menos de 26 salas de aulas na circunscrição, 65 quilómetros a nordeste da cidade do Huambo.
A construção destas infra-estruturas de ensino, segundo ele, só foi possível graças ao alcance da paz, em Abril de 2002, que proporcionou estabilidade politica, económica e sócio-cultural para o país.
António Kotingo disse que estas novas salas além de constituírem um estímulo para a população do Katchiungo, também vieram provar o quanto o Governo angolano está empenhado em erradicar o analfabetismo.
Sexta-feira, o município ganhou duas novas escolas (uma primária e um Instituto Médio Politécnico), inauguradas pelo governador da província, Albino Malungo.
A escola primária, de 12 salas de aulas e com capacidade para albergar 560 alunos em dois turnos, custou 27 milhões e 300 mil kwanzas, ao passo que o instituto (tem 18 salas, seis laboratórios e quatro oficinas para aulas praticas, além de outros mais compartimentos), vai receber 1.630 alunos em dois turnos e está avaliado em nove milhões e 885 mil dólares.
No presente ano lectivo foram matriculados 37 mil e 893 alunos da iniciação ao ensino médio. Fora do sistema normal estão 12 mil crianças, por falta de mais salas e professores.
O Katchiungo tem uma densidade populacional estimada em 152 mil e 153 habitantes distribuídos por 301 aldeias que compõem as três comunas.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Nov 18, 2009 4:36 pm

18-11-2009 15:35
Itália/FAO
Primeiro-ministro parte para Angola

Roma
(Dos enviados especiais) – O primeiro-ministro angolano, António Paulo Kassoma, deixou já Roma, de regresso ao país, depois de ter representado o Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na Cimeira Mundial sobre Segurança Alimentar.
Sob a égide da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), a cimeira convergiu na necessidade urgente de serem tomadas medidas para se erradicar à fome e à pobreza que grassam estados em vias de desenvolvimento.
Foi ocasião para Angola apresentar as estratégias delineadas para o combate à fome e à pobreza e referir o compromisso de Angola realizar, em Maio de 2010, a 26ª conferência regional da FAO para a África.
Paralelamente a participação neste evento, António Paulo Kassoma entregou à secretaria executiva do Programa Alimentar Mundial (PAM), Josette Sheeran, uma mensagem do Presidente José Eduardo dos Santos.
Reuniu ainda com o presidente do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), organismo especializado das Nações Unidas que irá disponibilizar 50 milhões de dólares ao país no próximo triénio.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Dez 08, 2009 2:29 am

Huambo
Administração da Ekunha investe mais de 13 milhões de kwanzas na construção de postos de saúde
Ekunha
- Treze milhões e 400 mil kwanzas são empregues pela Administração de Ekunha para a construção de dois Postos de Saúde nas aldeias de Sambalundo e Cambia, soube hoje à Angop do chefe de Repartição de Planeamento e Estatística afecto ao aludido órgão, Adalberto Duarte.
De acordo com a fonte, as obras dos postos, que após a sua conclusão vão beneficiar pelo menos 12 mil habitantes, iniciaram no dia 02 do mês em curso e estão enquadradas na execução do Programa de Gestão Municipal.
Tal programa, explicou, contempla ainda a implementação de projectos que visam o combate à fome, miséria, pobreza e também o melhoramento das condições de vida das populações e erradicação do analfabetismo.
Adalberto Duarte anunciou que para 2010, a Administração de Ekunha, 45 quilómetros da cidade do Huambo, capital da província, prevê construir mais quatro Postos de Saúde e um Centro Médico de referência. Estas unidades sanitárias serão erguidas nas aldeias de Kandingo, Kakoio, Tchilela e Essukula
O município de Ekunha tem uma densidade populacional estimada em 73 mil habitantes, na sua maioria camponeses. Possui actualmente oito unidades sanitárias que atendem, em média diária, 60 pacientes em regime ambulatório.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Dez 10, 2009 4:00 am


Telecomunicações
Grupo Angola Telecom lança em Cabinda serviço de televisão via satélite


Cabinda
- O grupo Angola Telecom, através da empresa InfraSat, procedeu hoje (quarta-feira), em Cabinda, ao lançamento do novo serviço de televisão via satélite, denominado “UAU TV”, cuja instalação na residência do cliente está orçado em 19 mil e 500 kwanzas.
No acto, o director executivo da "UAU TV", Eduardo Continentino, explicou que após o pagamento o cliente terá disponível o novo serviço por três meses renováveis, isto durante a fase de lançamento. Realçou que “os utilizadores terão, entre outras vantagens, recargas que variam de 30 a 90 dias, com valores estimados em mil 700, 4500 e 8500 kwanzas.
Constam do pacote dos serviços da "UAU TV" 12 canais de diferentes cadeias de televisões africana e europeia com transmissão em língua portuguesa, destacando-se os da TPA 1 e 2 (Angola), RTP-África, RTP Internacional, TVZimbo (Angola) e Band Internacional.
Completam o quadro nove canais de rádio, incluindo as do grupo Rádio Nacional de Angola e os de televisão TV Record, Woohoo, Band News, Afro-Music, Kidsco e MGM.
A cerimónia do lançamento contou com a presença do vice-governador de Cabinda para área técnica, António Manuel Gime, que considerou oportuno a instalação destes serviços em Cabinda há dois meses do arranque do CAN 2010.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Dez 11, 2009 3:05 am

Benguela
Governo constrói ponte sobre "Lagoa do Mangal" no Lobito

Imagem
Ponte dupla sobre Lagoa em Lobito
Luanda
– Uma ponte de betão em V está a ser construída sobre a “Lagoa do Mangal”, na cidade do Lobito, para facilitar o trânsito automóvel defronte ao porto durante a Taça Africana das Nações 2010
Construída no quadro do programa do Governo de reabilitação do porto do Lobito, a infra-estrutura possui um tabuleiro de cem metros de comprimento, assente em seis pilares, e dez metros de largura, ligando-se a um troço novo de meio quilómetro.
De acordo com o coordenador das obras do Gabinete de Reconstrução Nacional (GRN) a nível do Lobito, Miguel Marques, a ponte surge para requalificar a margem da restinga do Mangal e facilitar a circulação dos camiões que entram e saem do porto.
Em entrevista hoje à Angop, o responsável informou que o projecto inclui duas rotundas de cada cinco metros de diâmetro (uma junto à ponte e outra no fim do novo troço, devendo estar concluído no final desse mês.
“O objectivo é canalizar o trânsito nas imediações do porto e proporcionar maior segurança aos automobilistas, uma vez que a estrada e a ponte antiga estão a atingir o seu limite de tráfego, além de estarem parcialmente degradadas” – acrescentou a fonte.
Neste momento, disse, colocam-se mais cinco centímetros de betuminoso no sentido ascendente da ponte e dez centímetros de asfalto no lado descendente, para formar a camada de desgaste.
Orçada em cerca de oito milhões de dólares, a ponte possui dois tabuleiros independentes de dez metros de largura, para duas filas paralelas de veículos num só sentido. Cada tabuleiro terá bermas de metro e 80 centímetros.
Em construção desde o princípio do ano em curso, a nova ponte do Mangal localiza-se numa zona de muito tráfego, entre os quais camiões porta contentores. A estrutura interliga-se à Estrada Nacional 100 entre os municípios do Lobito e Benguela.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Dez 15, 2009 4:36 am

Imagem
Pormenor da intervenção na Ilha de Luanda

Requalificação
Alargamento da estrada da Ilha do Cabo em fase de asfaltamento


Luanda
– Quatrocentos metros do sentido descendente da estrada principal da Ilha do Cabo, uma das referência turística de Luanda, encontram-se asfaltados, faltando dois quilómetros para atingir a Rotunda da Quitandeira, onde acaba a primeira fase desta empreitada.
Segundo constatou hoje (quinta-feira) a Angop, o novo asfalto começou a ser colocado a partir do Clube Náutico, à entrada da Ilha, paralelamente à construção de paragens, zonas para estacionamento ao longo do referido trecho, passeios, redes de esgoto e drenagem, bem como de um muro para o estancamento da areia do mar.
Os trabalhos na localidade, iniciados nos finais do primeiro semestre deste ano, inserem-se no programa do Governo de Requalificação da Ilha do Cabo, que incide no melhoramento da imagem da circunscrição, do trânsito automóvel no seu interior e na criação de condições para os banhista.
O alargamento do primeiro trecho dessa estrada implicou a retirada de cerca de cinco metros de areia do mar e a redução de duas para uma faixa de rodagem no sentido descendente da via. Os trabalhos no lado oposto iniciam apenas o próximo ano, de acordo com um funcionário.
A empreitada na localidade abarca igualmente a instalação de postos de iluminação pública, sinalização vertical e horizontal, criação de espaços de lazer e para a prática de desporto, bem como a construção de separador central e arborização.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Dez 16, 2009 5:21 am

Benguela
Ministro das Obras Públicas inaugura ponte sobre rio Cubal


Cubal
- A ponte sobre rio Cubal, 171 quilómetros a sudeste da cidade de Benguela, com capacidade para mais de 40 toneladas, foi inaugurada hoje (terça-feira) pelo ministro das Obras Públicas, Higino Carneiro.
A infra-estrutura, avaliada em 56 milhões e 171 mil dólares, possui 130 metros de comprimento e 11 de largura, tendo a sua construção durado 31 meses.
De acordo com o ministro das Obras Publicas, com esta ponte eleva-se para 60 o número de infra-estruturas do género construídas e mais de 300 metálicas provisórias, erguidas no quadro do processo de reconstrução nacional.
Higino Carneiro considerou imponente a obra e assegurou estarem garantidas todas as condições técnicas para a sua manutenção e conservação.
Segundo o governante, o seu pelouro, através do Instituto de Estradas de Angola (INEA), vai trabalhar na instalação de balanças para proceder a pesagem dos veículos para proteger as pontes e os pisos com capacidade limitada
"Com a devida conservação e manutenção, as estradas com garantia de um a dois anos poderão durar até 15 anos", assegurou Higino Carneiro, avançando que existe um programa que visa a conservação das pontes e estradas, cujo o projecto foi submetido ao Conselho de Ministros para a sua apreciação", assegurou.
Higino Carneiro adiantou serem empresas nacionais que vão trabalhar neste domínio e prestar serviços de manutenção e conservação, absorvendo mão-de-obra que existe ao longo dos itinerário.
Para o governador provincial de Benguela, Armando da Cruz Neto, a ponte reveste-se de uma capital importância para a província na ligação aos municípios do interior, permitindo o desenvolvimento destas localidades com o centro do planalto central (Huambo e Bié).
Por seu turno, o director-geral do Instituto de Estrada de Angola, Joaquim Sebastião, mostrou-se satisfeito com o programa de reabilitação de infra-estrutura rodoviária em curso na província de Benguela, que tem vindo a permitir a ligação com as províncias da Huíla e Huambo.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Dez 17, 2009 5:08 am

Barreiras Arquitectónicas
Arquitecto apela empreteiros a eliminar barreiras para deficientes


GPL atento aos direitos dos deficientes físicos
Luanda
- O arquitecto Geraldo Afonso apelou hoje (quarta-feira) aos empreteiros o respeito pela medida do governo provincial de Luanda sobre a eliminação de barreiras arquitectónicas que dificultam o acesso e mobilidade de portadores de deficiência nos estabelecimentos públicos.
Em declarações à Angop, em Luanda, Geraldo Afonso considerou pertinente a preocupação do GPL, uma vez que muitos projectos erguidos no país não possuem facilidades para os referidos cidadãos.
De acordo com ele, um bom empreiteiro edifica uma infra-estrutura pensando em todos os habitantes da sociedade, sejam portadores de deficiência, idosos ou crianças, para preservar a convivência mútua.
Acrescentou, por outro lado, que boa parte das instituições existentes no país foram construídas num cenário diferente, não favorecendo esta franja da sociedade, mas acredita que ainda podem ser construídas rampas de acesso.
Segundo disse, muitas instituições que não possuem inclinações de acesso podem encontrar formas de acabar com essas barreiras arquitectónicas criando rampas móveis,
“O Governo deve sensibilizar as construtoras sobre a importância dos aspectos que permitem às pessoas com mobilidade reduzida a ter acesso aos diversos serviços que contribuem para o seu bem-estar”, salientou.
O arquitecto destacou o empenho do Governo na eliminação de barreiras arquitectónicas, sublinhando o caso dos novos estádios para o Campeonato Africano das Nações, que comportam rampas de acesso para pessoas portadoras de deficiência.
O Governo da Província de Luanda (GPL) recomendou este mês a conjugação de esforços para eliminação progressiva de barreiras urbanísticas e arquitectónicas que permitam às pessoas com mobilidade reduzida o acesso aos serviços da comunidade, criando condições para o exercício efectivo de uma cidadania plena.
A medida decorre de orientações emanadas de diversas organizações internacionais, nas quais o Estado angolano se encontra integrado, entre elas a Organização das Nações Unidas e suas agências especializadas.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Dez 18, 2009 2:50 am

Inauguração
Inaugurado Centro de Empreendedorismo em Cacuaco


Luanda
- Um Centro de Empreendedorismo, com a capacidade para 500 formandos/ano, foi inaugurado hoje, no bairro da Boa Esperança, comuna de Kicolo, município de Cacuaco, pelo ministro de Administração Emprego e Segurança Social (MAPESS), Pitra Neto, em Luanda.
Em declarações à imprensa, o governante informou que a edificação do centro enquadra-se na estratégia governamental para gerar emprego, renda e o empreendedorismo nas comunidades, de acordo com o plano do Governo para este ano.
Informou que os jovens formados nesses centros terão as portas abertas para o concurso ao micro-crédito junto do Banco Africano de Investimento (BAI) para montarem os seus negócios.
O centro vai ministrar formação nas artes de informática, culinária, pastelaria, corte e costura, decoração, cabeleira, barbearia, caixilharia, serralharia, carpintaria e marcenaria.
Com duração 18 meses, as obras do empreendimento orçaram em mais de 400 mil dólares americanos.
Para além da inauguração deste Centro de Empreendedorismo, o município de Cacuaco conta com quatro pavilhões de artes e ofícios localizados nos bairros do Panguila, Funda, Paraíso e Boa Esperança.
Este é o segundo centro na província de Luanda, sendo que o primeiro está localizado no município de Cazenga.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Dez 29, 2009 3:14 am

Luanda
Parte da avenida 21 Janeiro recebe obras de alargamento


Luanda
– Parte da avenida 21 de Janeiro/Escola de Comunicações Comandante Economia, em direcção à via de acesso à Tourada, está a receber trabalhos de ampliação e criação de valas de drenagem, no âmbito da sexta fase do Programa de Saneamento Básico de Luanda.
A Angop constatou hoje (segunda-feira) no local que a empreitada compreende a reabilitação do pavimento, melhoramento da via, sinalização vertical e horizontal, iluminação pública, instalação de separador central e passeios para peões em cada lado da estrada.
O troço em referência tem já a primeira camada de asfalto em mais de meio quilómetro da sua extensão. A via tem uma distância de cerca de dois quilómetros.
Nos últimos dias os trabalhos incidiram na terraplenagem do troço, colocação de postes de iluminação, arranjo do sistema de drenagem e do canteiro central das rotundas.
Para execução da empreitada neste troço, houve a necessidade de realojamento de mais de 10 famílias habitantes na área alvo de intervenção.
A avenida 21 de Janeiro compreende a ligação com a estrada da Samba, nas imediações da UGP, a rotunda do Aeroporto 4 de Fevereiro, até a zona da Tourada.
Neste projecto estão contempladas as continuidades das canalizações das valas entre a 21 de Janeiro e a Samba.
A drenagem da zona do Aeroporto 4 de Fevereiro em direcção à Tourada está a solucionar o problema do bairro Mártires do Kifangondo, onde poucas ruas possuíam colectores.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Dez 31, 2009 2:29 am


Telefonia
Sinal da Unitel estende-se a mais nove municípios


Luanda -
O sinal da empresa de telecomunicações móveis de Angola Unitel estendeu-se ao longo desta semana a mais nove municípios do país, revela uma nota da instituição a que a Angop teve hoje (quarta-feira) acesso em Luanda.
Trata-se dos municípios de Cuvango, Chipindo e Quilengues (província de Huíla), Ebo e Quilenda (Kwanza Sul), Ekunha e Tchinjenje (Huambo), Chongoroi (Benguela) e Bungo (Uíge).
A criação das novas estações enquadra-se na estratégia de alargamento da cobe
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para ANGOLA - OUTROS TEMAS

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron