LIBERDADE?

DESENVOLVIMENTO - SAÚDE - ECONOMIA - LIBERDADE - CRIMINALIDADE - LUSOFONIA

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Ago 18, 2009 12:55 am

Justiça
Presidente do Tribunal Supremo constata deficiências no Namibe

Luanda – O presidente do Tribunal Supremo, Cristiano André, disse hoje, em Luanda, que constatou alguma deficiência no que toca a organização de processos dos reclusos na província do Namibe.

O magistrado falava à Angop, momentos após sua chegada a Luanda proveniente do Namibe, etapa final de um périplo que o levou também à província da Huíla.

Segundo o presidente as deficiências prendem-se nomeadamente com os processos daqueles casos em que os indivíduos estão presos e não têm as comunicações atempadas para a sua situação enquanto reclusos.

“Esta queixa foi ouvida no Namibe, concretamente no campo do “Bentiaba”, e é uma esta situação que merece ser tratada de forma urgente, para que os reclusos possam acompanhar o processo, enquanto ***pre a pena, e se evitar que o mesmo atinja o momento da liberdade e permaneça na cadeia”, afirmou.

Esta situação é ilegal, é uma infracção que deve ser punida do ponto de vista disciplinar ou mesmo criminal”, referiu.

O magistrado alertou ainda que para se evitar estes cenários deve-se ter sempre os processos devidamente organizados.

Outro tema que também mereceu um debate com todos os órgãos locais da justiça, foi a queixa atinente a dificuldade no pagamento das multas e das indemnizações.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Ago 19, 2009 1:59 am

19-08-2009 2:23

Venezuela
Jornalistas protestam contra agressões e atentados à liberdade de expressão

Caracas - Jornalistas do Estado venezuelano de Vargas (20 quilómetros a Norte de Caracas) saíram terça-feira para as ruas de La Guaira para protestar contra agressões a comunicadores sociais e alegados atentados contra a liberdade de expressão.



"Estamos na rua, protestando contra as agressões a colegas jornalistas contra o que quer fazer o Governo de acabar com a liberdade de expressão que é a coluna vertebral da democracia", explicou Beatriz Rodríguez, directora do jornal La Verdad.



O protesto dos jornalistas contou com a solidariedade de locutores de rádio e gráficos daquele Estado que, exibindo cartazes e gritando palavras de ordem a favor da liberdade de expressão se concentraram na Praça El Cónsul, de La Guaira.



"Reclamamos segurança e respeito pelo exercício da profissão, sem distinção de partidos políticos", explicou o jornalista Federico Ortega, um dos manifestantes.



Ortega apelou ao governo do presidente Hugo Chávez e aos venezuelanos para permitirem que os trabalhadores da comunicação social "exerçam a profissão de forma livre, verdadeira, sincera e não sejam manipulados por qualquer tendência política".



Nos últimos dias, jornalistas de vários meios de comunicação social têm-se manifestado nas ruas de algumas cidades venezuelanas em protesto pela recente agressão de vários colegas.



Um grupo de simpatizantes do regime do presidente Hugo Chávez agrediu, quinta-feira, três dezenas de jornalistas da Cadena Capriles, entre eles mulheres, ocasionando 12 feridos, oito deles gravemente.



Os jornalistas distribuíam panfletos contra um dos artigos da nova Lei Orgânica de Educação que, dizem, atenta contra a liberdade de expressão.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Domingo Ago 23, 2009 1:46 am

Conferência
Nação angolana deve preservar memória de protagonistas da liberdade

Angop

Secretário Geral do MPLA, Júlio Paulo "Dino Matross"

Luanda– O secretário-geral do MPLA, Julião Mateus Paulo “Dino Matross” afirmou hoje (sexta-feira), em Luanda, que a nação angolana deve preservar a memória dos protagonistas da liberdade do povo, que pelo seu contributo, foi possível o fim definitivo da opressão colonial.

Em declarações à Angop, à margem da conferência em homenagem ao 81º aniversário do nascimento do nacionalista angolano Mário Pinto de Andrade, frisou a necessidade de passar a palavra às gerações vindouras, de modo a preservar a história de Angola e do Continente.

Para Dino Matross, é um dever de todos, dar a conhecer às futuras gerações, os sacrifícios e demonstrações de coragem por parte dos heróis da pátria angolana, nos primórdios das lutas para a libertação do país.

Por outro lado, considerou a preservação da memória dos nacionalistas angolanos e não só, como a “preservação da história”, tendo em conta a trajectória cultural, politica e social, durante o período antes da Independência.

“Os nossos compatriotas sacrificaram as suas vidas pela identidade, autonomia, liberdade, justiça e igualdade do nosso povo, e, é de louvar o espírito de coragem e amor pela nação”, sublinhou.

O nacionalista angolano Mário Pinto de Andrade foi hoje homenageado em Luanda, por ocasião da data do seu octagésimo aniversário natalício (que se comemora a 21 de Agosto).

Entre 1949 e 1952, juntamente com Agostinho Neto, Amílcar Cabral, Francisco José Tenreiro, Alda Espírito Santo, entre outras figuras da época, Mário Pinto de Andrade promoveu actividades culturais, na então Casa dos Estudantes do Império, no Clube Marítimo e no Centro de Estudos Africanos, em Lisboa, sob o signo da "redescoberta" de África.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Ago 25, 2009 12:48 am

RDCongo
Libertado provisoriamente presidente de Ong dos DH

Kinshasa - O presidente da Organização não governamental de defesa dos direitos humanos (DH) na República democrática do Congo(RDC) Asadho, detido há um mês, por denunciar a exploração ilegal de uma mina de urânio no Katanga (sudeste), foi libertado provisoriamente por razões de saúde, soube-se hoje (segunda-feira) de fonte afecta a ONG.


Golden Misabiko, presidente da Associação africana de defesa dos direitos humanos no Katanga, foi detido a 24 de Julho em Lubumbashi, divisão administrativa da província, pela Agência nacional de informação (ANR) e transferido para o palácio da justiça da cidade onde foi mantido.


Em meados de Julho, a ONG publicou um relatório denunciando o papel de algumas instituições vocacionadas a exploração artesanal da mina de urânio de Shinkolobwe, interdita para qualquer actividade desde 2004. As autoridades, particularmente o porta-voz do governo, rejeitou as acusações.


Misabiko compareceu a 20 de Agosto perante o tribunal de Lubumbashi por "propagação de falsas notícias, incitando a população a se rebelar", segundo Asadho.


Durante este processo o seu estado de saúde era preocupante.Os seus advogados pediram a sua liberdade provisória, explicou o presidente de Asadho Katanga Timotheé Mbuya, acrescentando que a libertação ocorreu a 21 de Agosto.


Cerca de 200 ONG escreveram no início de Agosto para o presidente Joseph Kabila a pedir para liberar o activista e cessar toda a intervenção do poder executivo na administração da justiça.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Ago 26, 2009 3:01 am

Libéria
País é um "importante ponto de trânsito" para o narcotráfico


Monróvia - A Libéria é "um importante ponto de trânsito para os traficantes de droga", afirmou hoje (segunda-feira) o chefe da Agência de Luta contra a Droga na Libéria (DEA), James Jelah, sublinhando que Monróvia "é um segredo conhecido por todos".


"Os cidadãos dos países oeste-africanos, principalmente os serra-Leoneses e nigerianos, enfraquecem o nosso sistema de segurança proliferando a droga nos nossos países" acrescentou o patrão da DEA (Drug Enforcement Agency).


O secretário geral das Nações Unidas Ban Ki-mon advertiu na semana finda que o tráfico de droga poderá prejudicar a paz frágil na Libéria. "É extremamente importante que a Libéria se esforçe para desenvolver as instituições de segurança nacional que sejam operacionais e independentes", sublinhou Ban.


Para Jelah, a lei deverá ser mais repressiva em relação ao tráfico e prever penas entre os 25 anos de prisão. Actualmente as penas são de cinco à 10 anos de prisão e beneficiam a liberdade sob caução.


Quando os narcotrficantes são detidos a lei é totalmente fraca e eles facilmente são soltos, advogou igualmente o deputado George Mulbah, que submeteu ao parlamento uma reforma do código penal para que o traficante não beneficie de liberdade sob caução.


Desde 2004, os traficantes de droga colombianos previlegiam os países da África ocidental como zona de trânsito para a transferência de cocaína para a Europa segundo o secretariado das Nações Unidas contra a Droga e o crime (ONUCD).
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Ago 27, 2009 2:26 am

EUA
Chris Brown condenado a cinco anos de liberdade condicional por agredir Rihanna

Los Angeles - Chris Brown passará cinco anos em liberdade condicional e fará seis meses de trabalhos comunitários por agredir, em Fevereiro, a ex-namorada, a cantora Rihanna, decidiu terça-feira a Suprema Corte do condado de Los Angeles.


O artista deverá ficar pelo menos 90 metros longe da artista durante todo esse período, distância que ficará reduzida a nove caso se encontre em algum evento profissional, e fazer um curso anual para a prevenção da violência doméstica.


Caso o cantor descumpra a condenação, enfrentaria uma pena de até quatro anos de prisão.


O veredicto da juíza Patrícia Schnegg validou o acordo alcançado em Junho entre defesa e acusação e pelo qual Brown, uma das novas estrelas do rap americano, escapou da prisão em troca do compromisso de se submeter a programas para mudar seu comportamento.


Brown, de 20 anos, foi detido em 8 de Fevereiro e libertado após pagar uma fiança de 50 mil dólares acusado de agressão e ameaças criminosas contra Rihanna, de 21 anos.


A imprensa informou que depois de uma festa que antecedeu o Grammy, os dois discutiram e Brown acabou agredindo Rihanna e inclusive a ameaçou de morte. O cantor se apresentou às autoridades horas mais tarde e divulgou, através de seu representante, um comunicado no qual pedia desculpas pelo que aconteceu.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Ago 27, 2009 2:26 am

Somália
Governo confirma libertação de dois agentes franceses raptados

Mogadíscio - Os dois agentes franceses raptados a 14 de Julho em Mogadiscio estão "sãos e salvos" e sob protecção do governo somalí, anunciou hoje (quarta-feira) à imprensa o ministro da Informação.



O agente francês raptado a 14 de Julho na Somália e que encontrou refúgio hoje (quarta-feira) na presidência somalí em Mogadiscio, foi libertado contra o pagamento de resgate aos seus sequestradores e não se escapou como havia sido anunciado, indicou à AFP um elevado responsável islâmico.



Este encontrou a liberdade "sem violência", anunciou hoje (quarta-feira) o porta-voz do ministério francês dos Negócios estrangeiros Eric Chevallier, confirmando a informação de um colaborador da presidência somalí.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Ago 27, 2009 2:28 am

Namibe
MPLA continua a apostar na educação ideológica dos militantes

Namibe - O membro do Comité Central do MPLA Rui Falcão considerou quarta-feira, na província do Namibe, que a educação ideológica dos militantes continua a ser uma das apostas do partido.

O político que falava no workshop "Militantes mais unidade e coesão, revitaliza o partido", disse que o MPLA continua a considerar o homem como elemento fundamental de todo o processo de transformações políticas, económicas e sociais, que
se operam no pais.

“Para continuar a ser o percursor das grandes mudanças em Angola, o MPLA deverá de forma estratégica reforçar-se do ponto vista organizativo e funcional nos vários níveis em que se estende a sua acção e intervenção”, afirmou.

Referiu que o partido continua a lutar pela preservação da liderança política da sociedade através de eleições livres e democráticas e, outras formas de manifestação da vontade política do povo, mantendo alto a divisa da paz , trabalho e liberdade.

Para Rui Falcão o MPLA considera importante que o sentimento generalizado da angolanidade, o sentido de compromisso e atitude patriótica de todos os actores políticos, económicos e sociais, estejam para além dos limites partidários e, se projectem na estabilidade e no crescimento dinâmico do país.

O encontro contou com a presença do primeiro secretário provincial do MPLA no Namibe, Boaventura Neto, bem como militantes e distintos convidados.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Ago 28, 2009 1:39 am

Maputo
Moçambique e Lesotho assinam acordo de isenção de vistos



Maputo - Moçambique e o reino do Lesotho assinaram quarta-feira, em Maputo, um acordo de isenção de vistos, no âmbito da visita de trabalho que o Rei Letsie III realiza desde quarta-feira a Moçambique.



Segundo o ministro moçambicano dos Negócios Estrangeiros, Oldemiro Balói, "a isenção de vistos vai facilitar a liberdade de movimentos de pessoas de ambos os países, uma decisão que representa um dos preceitos defendidos pela Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), no quadro da integração regional".



"Acho que precisamos de alguns meses para a implementação do acordo, porque ainda temos de discutir aspectos legais e as implicações do acordo", acrescentou Balói.



Além do entendimento sobre a isenção de vistos, foi também rubricado entre os dois Estados o Acordo de Cooperação Geral, que vai permitir a concretização de futuros entendimentos em diversas áreas de cooperação.



De acordo com o ministro moçambicano dos Negócios Estrangeiros, os dois países pretendem cooperar nos sectores do turismo, energia, justiça e desporto.



Nas declarações à imprensa, que se seguiram às negociações entre as delegações dos dois Estados, não se fez nenhuma menção à morte de quatro moçambicanos e à detenção de cinco cidadãos de Moçambique, em Abril último, durante uma alegada tentativa de assassínio do primeiro-ministro do país, Pakalitha Mosilili.



Os moçambicanos supostamente envolvidos na tentativa de golpe de Estado, maioritariamente ex-militares, terão sido recrutados como mercenários no distrito da Matola, cerca de 20 quilómetros de Maputo, para a mudança de Governo no reino.



O Lesotho é um reino encravado na África do Sul e é a única monarquia parlamentar da África Austral.



Hoje, segundo e último dia da visita, o Rei Letsi III desloca-se ao Arquipélago de Bazaruto, na província de Inhambane, sul de Moçambique.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Sábado Ago 29, 2009 1:55 am

Aniversário
Membros do MPLA falam do presidente José Eduardo dos Santos

Luanda – Membros do MPLA destacaram hoje (sexta-feira) as acções desenvolvidas pelo presidente José Eduardo dos Santos, tendentes à consolidação da paz, reconciliação entre os angolanos e ao desenvolvimento do país.

Em declarações à imprensa, o primeiro secretário do MPLA na província do Kuando Kubango, João Fernando Mucanda,
reconheceu a visão estratégica do estadista na concretização de acções de âmbito social e económico do país, visando a garantia
das condições essenciais das populações, apesar dos efeitos da crise financeira mundial.

Disse que apesar da crise financeira mundial o Presidente da República gizou estratégias governativas e pontuais com vista a
resolução dos problemas mais candentes das populações, em função do programa executivo aprovado.

Já o segundo secretário do MPLA em Benguela, Eliseu Epalanga, considerou-o um símbolo de unidade nacional e factor de
estabilidade política que o país vive nos últimos sete anos de paz.

Referiu ainda que a dedicação na resolução dos problemas, de forma pacífica, faz de José Eduardo dos Santos um estadista que
reúne os angolanos para os assuntos nobres do país.

O Comité Provincial do MPLA em Malanje, reunido na sua 45ª sessão ordinária, diz que a dedicação, coragem, abnegação, bem
como a firmeza demonstradas ao longo desses anos a frente do partido e da nação incentivam a encarar com optimismo os
inúmeros desafios do país.

Considera que as grandes transformações políticas, sociais e económicas que se verificam na sociedade angolana reflectem a
sua sabedoria, inteligência e o sentimento de bem-fazer do estadista.

A nível da província do Huambo, a JMPLA e a OMA reconheceram também o papel desempenhado pelo Presidente da República,
José Eduardo dos Santos, na luta pela conquista da paz e pela preservação da independência nacional.

A OMA considera que os 67 anos de vida do presidente José Eduardo "foram de muitos sacrifícios consentidos em prol da liberdade, da justiça social e da paz para Angola e para a África Austral".

Já a JMPLA fala do espírito empreendedor e pragmático do estadista e enaltece o seu percurso político.

*****nene, uma passeata de automóvel nos arredores da cidade de Ondjiva, sob direcção do governador local, António Didalelwa,
marcou as celebrações do 67º aniversário do presidente.

O governante louvou os esforços incansáveis do Chefe de Estado na condução dos destinos do país. “Ele está cada vez mais
preocupado com a melhoria socio-económica da população”.

No Zaire, uma palestra sobre a vida e obra do estadista marcou as celebrações da data, tendo, na ocasião, o director provincial da
Juventude e Desportos, Manuel Katendi, destacado como líder clarividente e precursor das transformações socio-económicas e
políticas do país.

Segundo o responsável, José Eduardo dos Santos lançou as bases para uma solução negociada do conflito interno, a
implantação de um sistema multipartidário e para a consolidação do processo de reconciliação entre todos os angolanos.

Por seu turno o Comité do MPLA no Canadá ressalta que todos os militantes do partido naquele país mais ao norte da América
são testemunhas vivas dos méritos granjeados pelo Presidente da República tanto em Angola, como na arena internacional e
salientam que o seu exemplo deve ser seguido por todos.

O Secretariado do Comité do MPLA junto da comunidade angolana nos Estados Unidos enaltece a forma abnegada como o
presidente José Eduardo dos Santos tem conduzido os destinos do partido e da nação.

O Comité de Acção do MPLA em Estocolmo (Suécia) refere que o mundo inteiro é testemunha dos avanços que Angola tem feito
em diversas áreas para edificação de um Estado moderno e de uma sociedade pujante sem exclusão de nenhum estrato social,
graças à liderança do presidente José Eduardo dos Santos.

"O Comité de Acção do Partido em Estocolmo saúda o guia timoneiro da Reconstrução Nacional de Angola pela visão na condução dos destinos da nação, assim como pelo que tem sido feito ao longo dos últimos trinta anos do seu consulado com especial ênfase após o alcance da paz irreversível em 2002", lê-se na nota.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Out 08, 2009 2:59 am

Suíça
Justiça é contrária à liberdade condicional de Polanski

Genebra, Suíça - O ministério suíço de Justiça recomendou nesta terça-feira ao Tribunal Penal Federal de Bellinzona (sul) a rejeição do pedido de liberdade condicional do cineasta Roman Polanski, detido há mais de uma semana pelas acusações de ter mantido relações sexuais com uma menor em 1977 nos Estados Unidos.
"Pedimos ontem (segunda-feira) ao Tribunal Penal Federal de Bellinzona querejeite o recurso de Polanski", declarou o porta-voz do ministério, Folco Galli.
"O argumento principal é que estamos convencidos de que existe um grande risco de fuga do território suíço", acrescentou. Ele destacou ainda que o ministério decidiu não aceitar o segundo recurso apresentado pelos advogados do director franco-polaco.
Os advogados de Roman Polanski, detido em 26 de Setembro ao chegar à Suíça, a pedido dos EUA, apresentaram demandas para sua libertação, além de dois recursos no Ministério da Justiça e no Tribunal de Bellinzona.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Out 09, 2009 2:49 am

Kuando Kubango
Trinta e um reclusos beneficiam de formação em Menongue

Menongue - Trinta e um reclusos jovens, entre detidos e condenados, nos serviços prisionais de Menongue, província do Kuando Kubango, estão a beneficiar de formação profissional em várias especialidades, deste Setembro do ano em curso, com objectivo de que saiam das cadeias devidamente formados, com vista ao seu reconhecimento na sociedade.
Em declarações esta quarta-feira, à Angop, o director provincial dos Serviços Prisionais de Menongue, Correia Ernesto, disse que os cursos dos jovens presos estão enquadrados na política da sua instituição, consubstanciado na formação dos reclusos, de modo
que estes ao terminarem com as penalizações possam encontrar espaço de ocupação na sociedade.
O responsável avançou que um dos objectivos é dos reclusos encontrarem emprego, visando a inserção de pessoas no trabalho
socialmente livre.
Segundo Correia Ernesto, para permitir a administração dos cursos, os serviços penitenciarios contaram com o apoio de kits do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (Inefop).
Os formandos estão divididos em diversas especialidades, designadamente, oito de bate chapa, sete na agricultura, seis na
serralharia, cinco na sapataria, três *****rso de frio e dois na electricidade , cuja formação terá a duração de seis meses com a
perspectiva de introdução, em Novembro deste ano, do curso de carpintaria, para quinze reclusos.
Informou que os postos em liberdade, depois do ***primento da pena, poderão deste modo se enquadrar no mercado de trabalho
em empresas locais, os que ficarem igualmente vão continuar a prestar serviços de formadores na instituição, visando a continuidade do processo de formação profissional do pessoal penal.
Os reclusos beneficiam igulamente de formação académica, da iniciação, para os iletrados, até a décima segunda classe, beneficiando do convívio com alunos externos.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Sábado Out 10, 2009 2:58 am

Mianmar
Suu Kyi e diplomatas discutem sanções contra autoridades birmanesas

Rangun - A líder da oposição birmanesa, Aung San Suu Kyi, discutiu hoje (sexta-feira) com diplomatas estrangeiros a possibilidade de
suspender as sanções impostas pelos países ocidentais à junta militar no poder, informou a embaixada no país asiático.
Aung San Suu Kyi foi autorizada a se reunir pela manhã com representantes dos EUA, da Grã-Bretanha e da Austrália.
"O encontro foi resultado de um pedido feito por carta por Aung San Suu Kyi ao general Than Shwe (chefe da junta) para se reunir com representantes dos EUA e de outros países para discutir suas respectivas políticas de sanções", disse à AFP o porta-voz da embaixada americana, Drake Weisert.
"Podemos confirmar que a questão das sanções foi discutida durante a reunião. Mas não queremos nos antecipar às discussões entre Aung San Suu Kyi com as autoridades (birmanas) abordando detalhes da reunião", acrescentou.
Aung San Suu Kyi, líder da oposição em Mianmar, é a única vencedora do Prêmio Nobel da Paz a estar privada de liberdade e é muitas vezes comparada a Nelson Mandela, que passou 27 anos em prisões sul-africanas antes de ser capaz de desempenhar um pleno papel político.
Suu Kyi, filha do herói da independência do país, o general Aung San, sempre reiterou sua inocência, não deixando de clamar sua inocência e denunciar o carácter parcial das acusações atribuídas a ela pelo governo birmanês.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Out 15, 2009 2:38 am

EUA
Exilados cubanos apresentam plano de ajuda a povo hondurenho
Miami, EUA - Uma organização humanitária do exílio cubano em Miami anunciou hoje um plano de assistência à população hondurenha, para atenuar as suas necessidades alimentares.
O grupo Miami Medical Team, com apoio da Assembléia da Resistência, que reúne mais de 50 organizações de dentro e de fora de Cuba, espera poder enviar em breve a Honduras alimentos que sirvam para atenuar suas "limitações".
O objectivo é "juntar alimentos como azeite e grãos e enviá-los a Honduras", disse à Ángel Desfana, director do grupo Plantados, que assegurou que os hondurenhos sofrem os efeitos das "sanções" impostas ao país pela comunidade internacional.
"Devemos ajudar o povo hondurenho" neste momento tão difícil, ressaltou Desfana.
Com a iniciactiva, a organização tem também o objectivo de mostrar sua "solidariedade em apoio ao povo hondurenho, à sua democracia e às eleições, em liberdade, do próximo dia 29 de Novembro", indicou Sylvia Iriondo, presidente da organização Mães e Mulheres contra a Repressão.
O plano levará ainda equipes médicas, artigos de primeiros socorros e remédios a Honduras, acrescentou Sylvia.
Os alimentos serão recolhidos no dia 24 de Outubro em eventos que serão realizados em vários pontos de Miami.
O Miami Medical Team é uma associação sem fins lucrativos que conta, nos Estados Unidos, com mais de cem médicos e trezentos voluntários.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: LIBERDADE?

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Out 22, 2009 3:25 am

Visita
Comandante-geral da Polícia Nacional trabalha no Kwanza Sul

Sumbe
– O comandante-geral da Polícia Nacional, comissário-geral Ambrósio de Lemos, encontra-se desde a tarde de hoje, na província do Kwanza Sul, em visita de trabalho de três dias para inteirar-se do funcionamento dos órgãos da corporação.
Em entrevista à imprensa, a alta patente da corporação disse ser uma visita de controlo e ajuda à província, para constatar no terreno o funcionamento do sector, as suas dificuldades e as necessidades de formas a apoiá-la, como órgão central, na melhoria da prestação de serviços.
De acordo com Ambrósio de Lemos, as recomendações serão deixadas de acordo com o que se vai constatar no sentido de haver
melhor funcionalidade, profissionalismo e comportamento disciplinar dos efectivos perante a população, de acordo com legislação vigente sobre os direitos humanos e liberdade dos cidadãos, com vista a dignificar o bom nome da corporação.
A sua chegada à província, Ambrósio de Lemos manteve encontros de cortesia com o vice-governador provincial, Mateus de Brito, com o juiz presidente do Tribunal Provincial, Fernando Masculino, bem como com o procurador provincial, Oliveira Pascoal.
Em seguida visitou as instalações do Comando Provincial da Polícia, da Direcção Provincial de Investigação Criminal (Dpic), o Comando Municipal do Sumbe, e da Direcção Provincial de Investigação e Inspecção das Actividades Económicas (Dpiiae).
Para quinta-feira está agendada uma deslocação ao município da Conda onde vai inteirar-se do funcionabilidade da corporação e órgãos afins na localidade.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para ANGOLA - OUTROS TEMAS

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron