NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

NOTÍCIAS, FOTOS E VÍDEOS

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Domingo Out 23, 2011 1:18 am

Lunda Sul
INADEC promove campanha de testagem do sal em Saurimo

Saurimo
-
O núcleo provincial do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) da Lunda Sul, promoveu hoje (quarta-feira) em Saurimo, uma campanha de sensibilização e testagem de iodo no sal comercializado nos mercados, lojas e armazéns da cidade.
Em declarações a imprensa, no mercado municipal de Saurimo, a directora do núcleo, Delfina Mazau explicou que esta campanha visa saudar o 19 de Outubro, dia internacional de combate as doenças por carência de iodo.
De acordo com Delfina Mazau, esta campanha, tem como objectivo levar os cidadãos a perceberem sobre a importância do Iodo na saúde e multiplicarem esta informação aos familiares, amigos e no seio das suas comunidades.
Segundo ela, a campanha está a ser feita em simultâneo nos municípios do interior por equipes do INADEC em colaboração com os administradores municipais dos mercados.
Questionada sobre as testagens já feitas, a responsável explicou que ate ao momento ainda não foi encontrado nenhum vendedor com sal não iodizado, ao nível do mercado de Saurimo.
Entretanto a responsável apelou aos cidadãos a terem maior atenção na compra do sal, verificando sempre o rótulo de caducidade e da rotulagem de sal iodizado.
De acordo com a fonte, esta campanha terá a duração de dois dias e está a decorrer sob o lema, "Previna a sua família contra a carência de iodo usando sempre o sal iodizado na sua cozinha".
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Domingo Nov 06, 2011 4:10 am

Lunda Sul
Sacerdote repudia uso de filhas como instrumento de negócio

Saurimo
- O pároco da Igreja Santo António, Lucas António, repudiou hoje, em Saurimo, província da Lunda Sul, a atitude dos pais e encarregados de educação "que deixam usar as filhas como instrumento de negócio, promovendo a desestruturação familiar".
O padre fez este reparo no acto de resolução de um conflito familiar, envolvendo um jovem casal, que viu-se forçado a separar-se por influência dos pais, por alegada fraca possibilidade económica do esposo.
Relatos apontam que os pais da jovem obrigaram-na a deixar o marido com o filho, para não servir de entrave na próxima relação.
"Ao agirem assim, os pais já não olham para as filhas como parte de si, pois tornam-se objectos de pouco valor e fácil de negociar", sublinhou.
Do seu ponto de vista, “o alembamento é mais uma exploração que se faz, tornando a mulher numa vítima que do marido, que não a olha como sua esposa, mas
algo comprado ou alguém que tirou-lhe os bens”.
"Num passado não muito distante, as famílias tinham uma influência mais positiva, pois, quando dessem a filha em casamento, dizia-se que não eram só as duas pessoas que se casavam, mas as duas famílias que se uniam e então as famílias, para não passarem vergonha, trabalhavam para que o casamento dos filhos fosse um êxito”, disse.
Mostrou-se admirado com o facto de aparecerem actualmente nas respostas às cartas de pedido listas de produtos como blocos de cimento, carradas de areia, pedras e brita, antenas parabólicas entre outros produtos comerciais.
Apontou como consequência destas atitudes a insegurança nos lares, tanto para as mulheres, quanto para os maridos, que têm de trabalhar duro para ter bom emprego e salário, para não correrem o risco de perder a mulher.
Disse ser missão da família e igrejas promover campanhas de sensibilização nas comunidades, tendo em vista o resgate dos valores morais perdidos.
Para o procurador adjunto do Tribunal Provincial da Lunda Sul, José Barros, trata-se de um caso de violência doméstica, em que os pais separam o casal e a criança recém nascida acaba por não ter o amor e calor dos dois, por falta de bens do marido.
Para esse tipo de casos, explicou o magistrado, deve intentar-se uma acção no tribunal ou na Direcção Provincial de Investigação Criminal, para que as pessoas que estão por detrás deste facto sejam ouvidas em interrogatório de arguido, porque nos termos do artigo 25º contra a violência doméstica, na alínea a) do número um trata-se de uma ofensa à integridade psicológica grave irreversível.
Considerou também que o assunto enquadra-se na vertente do direito da família, pois que a separação forçada de uma família, na qual a criança ficou com o pai, pode intentar-se uma acção de prestação de alimentos no tribunal provincial, assim como intentar uma acção de regulação da autoridade paternal.
Já o historiador João Baptista Abreu Manassa disse que os problemas desta família devem ser analisados com profundidade, para encontrar-se quais os aspectos que motivaram a prática.
“Acho que não tem enquadramento, pois a criação dos meios e bens materiais é feita pelo próprio casal. Se são jovens, vão evoluindo e cedo ou tarde poderão ter melhores condições”, expressou.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Nov 22, 2011 4:48 pm

Lunda Sul
Baptizados mais de quarenta reclusos no estabelecimento do Muangueje

Saurimo
- Quarenta e nove reclusos do estabelecimento prisional do Muanguês, em Saurimo, foram baptizados este fim-de-semana pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, anunciou o director do Ministério Pessoal, José António Ramiro Chissoquela.
Segundo o director do ministério pessoal do templo adventista Nova Jerusalém, que em Março último foi autorizado pelo Governo da província e pelo Ministério do Interior a abrir uma escola sabatina no estabelecimento prisional, o objectivo é converter os reclusos, de modo a mudarem de comportamento e reintegrarem-se facilmente na sociedade.
Ramiro Chissoquela garantiu que a igreja projecta abrir também no local uma escola de alfabetização e instalar dois computadores, para aulas de informática.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Segunda Dez 05, 2011 3:14 pm

Lunda Sul
Êxito do Programa de Promoção do Comércio Rural depende do sector empresarial

Saurimo
- A governadora provincial da Lunda Sul, Cândida Narciso, disse hoje (quinta-feira) que o êxito da implementação do Programa de Promoção do Comércio Rural (PPCR) depende do sector empresarial.
A governadora fez esta afirmação na comuna de Mona Quimbundo, durante o acto de lançamento do Programa de Promoção do Comércio Rural (PPCR).
“Este exercício depende, em grande medida, da forma como o sector empresarial vai exercer o seu papel dinamizador no desenvolvimento do meio rural, participando nos esforços gerais de toda a nação para o combate à fome e redução da pobreza”, disse.
De acordo com a governante, o lançamento do Programa de Promoção do Comércio Rural hoje realizado na histórica comuna de Mona Quimbundo é uma das oportunidades que não pode, de maneira alguma, ser desperdiçada e que se vem associar a outros programas como o Crédito Agrícola de Campanha e o de investimento, enquanto peças fundamentais na implementação dos Programas Municipais Integrados de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.
No entender da governante, é preciso ter um sector de comércio dinâmico, capaz de colocar o mais perto possível das comunidades as mercadorias que necessitam, os materiais e equipamentos, as ferramentas agrícolas e sementes. Um comércio rural capaz de promover as trocas comerciais justas.
“A dinamização do comércio vai proporcionar a absorção e o armazenamento da produção excedentária e a sua transportação para os centros de consumo, estimular e dignificar o trabalho das comunidades rurais que são as metas pretendidas”, frisou.
Segundo a governadora, estas actividades requerem o engajamento de todos os actores que intervêm no meio rural, o aprimoramento da organização para aproveitar as possibilidades e facilidades financeiras que serão colocadas à disposição, visto que já foram criadas equipas de dinamização em todos os municípios, comunas e povoações.
As equipas terão a responsabilidade de fazer o levantamento do número de comerciantes existentes no meio rural, infra-estruturas por reabilitar, comerciantes que se dedicam à aquisição de produtos agrícolas, pecuários e florestais, organizar o seu licenciamento, facilitar o relançamento com as instituições bancárias, ajudar os comerciantes na elaboração de micro projectos a serem financiados e proceder ao levantamento dos importadores e grossistas de mercadorias, para o comércio rural e agro-alimentar que eventualmente existem na província.
O administrador comunal de Mona Quimbundo, António Ifindefinde, agradeceu o executivo provincial por ter escolhido a comuna para o lançamento do Programa de Promoção do Comércio Rural, actividade muito esperada nesta localidade e na província, em geral.
Já o director provincial do Comércio Hotelaria e Turismo, José Segunda, considerou que com o lançamento deste programa inicia uma gigantesca tarefa neste seguimento da actividade comercial que ira permitir, por um lado, colocar na proximidade da população rural as estruturas de abastecimento de bens essenciais de consumo, inputs agrícolas e de escoamento da produção das empresas agrícolas familiares e pequenos produtores do campo.
“E, por outro lado, disse, irá promover o aumento da produção interna, proporcionar o consumo local e a criação de excedentes para a exportação, geração de empregos, fixação da população, elo de ligação entre a cidade e o campo e monitorização da economia rural.
Testemunharam o encontro o administrador municipal de Saurimo, Gregório da Conceição Miasso, membros do governo, autoridades tradicionais, populares, empresários, autoridades religiosas, entre outras.
Mona-Quimbundo localiza-se a 54 quilómetros a este de Saurimo, tem seis mil 283 quilómetros quadrados com uma população de 13 mil 526 habitantes.
A comuna possui uma cooperativa agrícola, quatro associações de camponeses e 50 pequenos agricultores.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Dez 06, 2011 4:14 pm

Lunda Sul
Governadora satisfeita com campanha agrícola 2010/2011

Saurimo
– A campanha agrícola 2010/2011, terminada recentemente, satisfaz as autoridades da província da Lunda Sul, segundo a apreciação da governadora local, Cândida Narciso.
De acordo com a governadora, que falava no final de semana na localidade de Sacambua em alusão aos 36 anos da independência, nesta campanha foi possível cultivar 85 mil e 117 hectares de mandioca, 13 mil e 118 de batata-doce, sete mil e 971 de arroz, sete mil e 296 de feijão macunde, seis mil e 146 de amendoim e cinco mil e 616 de milho.
No período em referência foram colhidas quantidades significativas de batata-doce, mandioca, leguminosas e cereais.
Por outro lado, disse que foram adquiridos e distribuídos às associações de camponeses e pequenos agricultores 200 bovinos para o fomento pecuário, estando em execução a segunda fase de aquisição de mais 200 cabeças de gado.
Cândida Narciso informou estar em curso a construção de uma estação experimental agronómica na comuna de Mona Quimbundo e um centro de multiplicação de mudas florestais, na localidade do Tchahungo, município de Saurimo.
A governadora disse que foi concedido crédito agrícola de campanha a associações, cooperativas e pequenos agricultores num valor total de 38 milhões 450 mil e 123 kwanzas, estando em fase de avaliação o reembolso dos primeiros beneficiários.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Dez 09, 2011 10:19 pm

09-12-2011 11:55

Lunda Sul
Protocolo entre governo e Catoca entra em execução em 2012

Saurimo
– O protocolo de cooperação assinado em Março deste ano entre o governo da Lunda Sul e a Sociedade Mineira de Catoca (SMC), nos domínios da agricultura, piscicultura, extensão rural, desenvolvimento comunitário, movimento associativo e protecção ambiental, começa a ser implementado em 2012.
A garantia foi dada pela governadora provincial, Cândida Narciso, após um encontro de revisão do processo, realizado quinta-feira entre as partes, durante o qual disse que o passo a seguir consiste na criação de condições para sua implementação.
O projecto, concebido pela SMC e tendo contado com o apoio de consultoria da fundação Odebrecht, está avaliado em 19 milhões, 598 mil e 481 dólares, repartidos em 50 porcento para cada integrante.
De acordo com Cândida Narciso, o governo vai analisar os pormenores, e no dia 19 deste mês terão uma reunião conclusiva com os responsáveis da empresa, para que em Janeiro próximo possa arrancar com o programa.
Por sua vez, o director-geral de Catoca, Ganga Júnior, enfatizou que vai trabalhar com o governo no sentido de implementarem o programa, para beneficiar as populações.
Durante a apresentação do projecto, o responsável das relações institucionais Clóvis Faleiro explicou que depois das pesquisas feitas em Saurimo foi elaborada uma proposta para cinco anos, a começar em 2012 com um campo experimental de cultivo da mandioca, que vai servir como um grande laboratório para identificação das variedades e espécies, de modo fazer o controlo de pragas.
De acordo com o especialista, a ideia básica é desenvolver a produção agrícola do município de Saurimo inicialmente e que esta produção esteja a serviço das unidades industriais que possam entregar produtos com alto teor de qualidade, para que se possa trabalhar no sector primário, com a produção agrícola e no secundário com a transformação e com o sector terciário com a comercialização dos produto.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Segunda Dez 12, 2011 9:07 pm

Lunda Sul
Primeira-secretaria do MPLA enaltece os feitos do MPLA

Saurimo
- A primeira-secretaria do MPLA na Lunda Sul, Cândida Narciso enalteceu sabado, em Saurimo, os feitos do MPLA, baseados nas vitórias alcançadas durante o seu percurso histórico dos 55 anos.
Cândida Narciso fez esta afirmação quando discursava no acto político de massas, no Largo Primeiro de Maio, marcado pela passagem de 20 militantes da JMPLA para as estruturas do partido, antecedido por uma marcha nas várias as artérias da cidade.
A dirigente política justificou afirmando que o MPLA teve a capacidade de ***prir com toda a responsabilidade o prescrito no manifesto de 10 de Dezembro de 1956 e conquistou a independência, a soberania, a liberdade, a dignidade, o respeito a igualdade e a justiça para os angolanos.
Sublinhou que o MPLA conseguiu combater todas as forças que procuravam sabotar e impedir a independência dos angolanos, a integridade física do estado e conquistar a paz e a segurança.
Segundo a primeira-secretaria, a província da Lunda Sul e os angolanos que nela residem fazem o melhor que satisfaça a sua vida e a sua felicidade, pois sob a condução do MPLA partido no poder, erguem-se escolas, hospitais, constroem-se pontes e estradas, cultivam-se alegremente os campos e as lavras, e formam-se homens e mulheres do amanhã.
Cândida Narciso felicitou aqueles que tiveram a oportunidade de serem os primeiros, este ano, a receberem as medalhas instituídas no sistema de distinção, durante o qual 131 militantes receberam medalhas Deolinda Rodrigues, Hoje -ya-Henda, militante de vanguarda do 1º, 2º e 3º grau e medalhas 10 de Dezembro e 17 de Setembro, respectivamente.
O acto que foi assistido por mais de 400 pessoas contou com a participação de militantes da JMPLA, OMA e MPLA dos quatro municípios, membros do comité central residentes, autoridades tradicionais e religiosas e população.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Dez 14, 2011 9:17 pm

14-12-2011 18:11

Lunda Sul
Delegação da CNE supervisiona andamento do processo eleitoral

Saurimo
- Uma delegação da Comissão Nacional Eleitoral, encabeçada pela comissária Júlia Ferreira, trabalhou terça-feira nos municípios de Saurimo e Cacolo, com o propósito de fazer a supervisão e acompanhamento do processo eleitoral e aferir o funcionamento dos órgãos locais ao nível da província.
O facto foi revelado pela comissária nacional eleitoral, Júlia Ferreira, após um encontro de cortesia que manteve com o presidente da CNE local, Gregório Miasso, e a governadora provincial, Cândida Narciso.
Júlia Ferreira disse que o encontro mostrou que a execução das tarefas está a decorrer de forma satisfatória, principalmente o registo eleitoral e revelou estar satisfeita com a predisposição da governadora em ajudar naquilo que for necessário.
Segundo disse, já passaram pelas províncias do Kwanza Norte, Lunda Norte, Uíge, Malanje e neste momento na Lunda Sul e posteriormente seguirão para a província do Moxico.
Na Lunda Sul, Júlia Ferreira manteve um encontro com os comissários e chefes de departamento e directores dos gabinetes municipais eleitorais, supervisionou as três brigadas de registo eleitoral no município de Saurimo e Cacolo, visitou as futuras instalações do gabinete municipal eleitoral de Saurimo e manteve um encontro com os membros da comissão eleitoral a nível da província.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Dez 16, 2011 3:54 pm

Lunda Sul
Militantes do MPLA da SMC levam solidariedade para aldeias de Saurimo

Saurimo
-
Os militantes do MPLA afectos ao Comité de Acção da Sociedade Mineira de Catoca entregaram terça-feira um kit de meios diversos, nas aldeias de Chambuze, Samachata, Txissombo, Camacola, Itengo, Luemba Txambuzé e Sawongo, para solidarizar-se com aqueles populares no âmbito do 55º aniversário do partido.
O kit composto por 800 chapas de zinco, quatro motorizadas de três rodas, sete motorizadas de duas rodas, 12 bicicletas, 45 caixas de óleo, 100 sacos de arroz, 30 sacos de açúcar, jogos de panela, utensílios agrícolas, entre catanas, machados, enxadas, 90 balões de roupa usadas para crianças, senhoras e adultos foram entregues pela primeira secretária do MPLA Cândida Narciso
Segundo Fernando Ivulo, coordenador do grupo de acompanhamento do comité de acção do partido do Catoca, este acto é resultado da contribuição dos militantes do partido sedeados na empresa no âmbito dos festejos do 55º aniversário do partido.
Explicou que os meios foram repartidos tendo em conta a densidade populacional de cada bairro.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Jan 05, 2012 4:45 pm

Lunda Sul
Sindicato manifesta consternação pela morte do jornalista José Alberto Quaresma

Saurimo
- O secretariado provincial da Lunda Sul do Sindicato dos Jornalistas Angolanos manifestou-se consternado pelo falecimento do jornalista da Agência Angola Press (Angop), José Alberto Quaresma, ocorrida sábado, numa clínica em Luanda, por doença.
Numa mensagem de condolências dirigida hoje à Angop e à família, o sindicato frisa que a morte de José Quaresma significa o fim da vida de um “velho guerreiro” nas lides da comunicação social, com mais de três décadas ao serviço de Angola e dos angolanos.
De acordo com o documento, José Quaresma fazia parte dos decanos do jornalismo na Lunda Sul e já nutria bastante respeito dos colegas e da sociedade, pela experiência que foi passando aos mais novos e a dedicação no trabalho.
José Alberto Quaresma se encontrava internado na clínica Sagrada Esperança desde Outubro de 2011, como resultado de uma AVC a que foi vítima.
Além do jornalismo, José Quaresma, de 49 anos de idade, dedicava-se também à cultura, tendo sido co-fundador do grupo Mwoyo- weno da Lunda Sul.
Nasceu em Saurimo ao 16 de Abril de 1962 e deixa viúva e três órfãos.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Jan 12, 2012 4:51 pm

12-01-2012 17:34

Lunda Sul
Governadora apela ao ***primento das orientações do Chefe de Estado

Saurimo
– A governadora da Lunda Sul, Cândida Narciso, apelou hoje (quinta-feira), nesta cidade, aos membros do seu executivo a ***prirem as orientações emanadas pelo Presidente da República, por ocasião da sua mensagem de fim de ano.
A governadora fez o apelo no discurso de abertura da primeira sessão do governo da província.
Afirmou que, tal como disse o Presidente, o Estado, a sociedade civil e o sector privado devem continuar a conjugar e aumentar os seus esforços com o objectivo de corrigir o que está mal, melhorar o que está bem e criar coisas novas onde for necessário para aumentar a nossa capacidade de resposta e satisfazer as necessidades da sociedade.
Citando o Chefe de Estado, Cândida Narciso disse que “o caminho do desenvolvimento e do progresso faz-se com o trabalho de cada cidadão e exige de cada instituição pública e de cada empresa pública ou privada uma disciplina determinada e uma orientação clara e condução responsável".
“Como unidos somos capazes, vamos, durante este ano, adequar e melhorar o comportamento e atitude, fazendo mais e melhor com o fito de bem servirmos os utentes dos nossos serviços, com eficiência e eficácia”, exortou a governante.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Fev 09, 2012 9:39 pm

09-02-2012 19:55

Lunda Sul
Governador em exercício avalia curso do ano lectivo

Saurimo
- O governador em exercício da Lunda Sul, Domingos Cajama, visitou hoje, quinta-feira, em Saurimo, três escolas primárias e uma secundária do I ciclo para avaliar o curso do ano lectivo 2012, que teve início a 1 do corrente mês.
De acordo com o governador em exercício, a visita visou constatar como estão a correr as aulas nesta segunda semana, nomeadamente sobre a presença dos alunos e professores e as dificuldades que as escolas têm para a implementação dos programas escolares.
Domingos Cajama informou que embora existam alguns problemas que esperam por soluções, como a insuficiência de salas de aula, degradação das existentes, atraso na distribuição da merenda escolar e a falta de professores para algumas, grandes esforços foram feitos no sentido de se manter o ritmo das aulas.
Quanto à merenda escolar, o responsável disse que vai se estender a todos os municípios da província, iniciando por uma experiência piloto, pois o apoio social deve ser abrangente.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Fev 24, 2012 3:15 pm

Lunda Sul
Campo dos estudantes universitários contribui para fortalecimento do espírito patriótico

Saurimo
– O primeiro secretário nacional da JMPLA, Sérgio Luther Rescova, afirmou quarta-feira que a 10ª edição do Campo Nacional de Férias (Canfeu) tem proporcionado grandes momentos para o fortalecimento do espírito patriótico, na medida em que se toma conhecimento do que está a ser feito no país em torno do desenvolvimento, reconstrução, reconciliação nacional e fundamentalmente da preservação da cultura.
“Nota-se que houve grandes factos investigativos que estão a ser transmitidos no tocante aos traços culturais predominantes nas diferentes regiões de Angola”, afirmou em declarações à imprensa a propósito da 10ª edição do Canfeu, que decorre de 20 a 25 do corrente na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul.
Segundo o membro do Bureau Político do MPLA, mais do que a interacção entre os cerca de 1600 participantes ao Canfeu, nota-se uma grande evolução na apresentação cultural de cada província até ao momento.
“Nota-se que os estudantes inovaram em termos de metodologias para transmitir aos outros a realidade sócio-cultural, económica e política das suas províncias”, disse Sérgio Luther Rescova.
Por outro lado, o político disse que os estudantes presentes nesta iniciativa do Secretariado Nacional da JMPLA estão a ter o contacto necessário com a realidade da província da Lunda Sul e a trocar experiências em relação as diferentes realidades regionais.
Sobre os trabalhos produtivos desenvolvidos no quadro do Canfeu, enfatizou que o trabalho das brigadas por especialidade é também uma nota marcante, na medida em que cada estudante, de acordo com a especialidade e formação, está a participar em actividades de campos ligadas a sua área.
Isto vai permitir com que eles possam exercitar conhecimentos, aprender com a prática e, acima de tudo, promover o espírito de inovação e de trabalho em prol da nação, acrescentou o também deputado à Assembleia Nacional.
O Canfeu é um espaço de unidade, reflexão, trabalho, recreação, desporto e cultura que reúne a juventude de todo o país para proporcionar uma ampla troca de experiência e intercâmbio inter-provincial, bem como oportunidade de conhecer várias parcelas do território nacional, de modo a construir uma consciência positiva que promova o empenho individual de todos nas tarefas que visam o desenvolvimento harmonioso de Angola.
A iniciativa já foi promovida nas províncias do Huambo (2003), Huíla (2004), Kwanza Sul (2005), Cabinda (2006), Benguela (2007), Kwanza Norte (2008), Bié (2009), Uíge (2010) e Kuando Kubango (2011).
Nesta edição abordam-se temas como “reconstrução nacional e desenvolvimento em curso na região leste do país, em particular na província da Lunda Sul", "Estado actual do ensino superior em Angola e perspectivas do sector", "Resgate dos valores morais e cívicos da juventude" e "Delinquência juvenil e a violência doméstica ou familiar".
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Mar 02, 2012 2:07 am

Lunda Sul
Governo tenciona construir monumento em homenagem aos combatentes da Liberdade

Saurimo
- A governadora provincial da Lunda Sul, Cândida Narciso, revelou hoje, quinta-feira, em Saurimo, que o governo local vai no próximo ano construir um monumento em homenagem aos combatentes da liberdade.
Em declarações à imprensa, após a chegada da urna do malogrado tenente general Celestino Tchizainga, a governante revelou que existe já uma maquete do futuro monumento a ser erguido para homenagear os combatentes da liberdade.
Informou que uma das figuras a ser homenageada será o falecido o tenente general Celestino Bernardo Tchizainga.
Falando da trajectória do tenente general, Cândida Narciso disse que calou-se a voz de um herói, de um grande nacionalista e combatente da liberdade que ainda no ano passado, esteve em Saurimo para ser homenageado em reconhecimento da sua participação na liberdade .
"Infelizmente foi com muita dor e profunda tristeza que tomamos conhecimento do seu passamento físico", lamentou a governante.
O tenente general Tchizainga foi oficial superior reformado do exército angolano e possui uma trajectória gloriosa de luta pela Independência nacional de Angola.
Pertenceu ao grupo dos 35 dirigentes eleitos membros do Comité Central MPLA, durante a Conferência Inter-Regional de Militantes, realizada em Lundoje (Moxico - 3ª Região Político-Militar), em Setembro de 1974.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA LUNDA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Mar 21, 2012 4:41 pm

Lunda Sul
Redução da super lotação das cadeias passa pela integração de medidas alternativas

Saurimo
-
O director nacional dos serviços prisionais, António Gaspar Fernandes, afirmou terça-feira, em Saurimo, província da Lunda Sul, que a atenuação da super lotação e a normalização do sistema prisional em Angola passa também pela integração de outras medidas alternativas à prisão.
O director fez esta afirmação após a inauguração do estabelecimento prisional do Luari, no acto central alusivo ao 33º aniversário dos serviços prisionais, que decorreu sob o lema "33 anos ao serviço da reabilitação e reintegração social do recluso”.
De acordo com o director, indicadores da realidade angolana demonstram que de 1976 a 2010 o sistema não conheceu redução de internamento de reclusos, mas sim um aumento gradual.
O director fez ainda alusão ao caso do estabelecimento prisional do Muangueji, onde estão internados 228 reclusos, para uma capacidade disponível de 50 lugares, o que quer dizer que existem 178 reclusos acima da capacidade instalada.
“Ressaltamos que estarão associadas as construções e ampliações das infra-estruturas, politicas de formação e especialização permanente dos técnicos dos serviços prisionais, bem como o aprimoramento dos métodos e meios técnicos de apoio à assistência prisional", disse.
Por outro lado, argumentou ter plena consciência das responsabilidades que recaiam sobre o ministério do Interior, em particular da direcção dos serviços prisionais, por esta caminhada na busca permanente da eficiência e resposta de acção na assistência do recluso.
António Gaspar Fernandes sublinhou que, independentemente destas referências, a construção de estabelecimentos prisionais também é uma prioridade, tendo em linha de conta que no período em referência as infra-estruturas prisionais cresceram sete porcentos e a população penal teve uma subida em 73 porcentos.
Referiu que com a inauguração deste estabelecimento prisional foram ganhos 500 lugares, que vêm normalizar o seu funcionamento, constituindo uma mais-valia para o melhoramento das condições de habitabilidade e assistência aos reclusos.
Para si, esta permitirá também a aplicação adequada dos programas de reassocialização, regeneração e compartimentação dos reclusos de acordo a faixa etária, tipicidade de crime praticado bem como o grau de reincidência.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para SALA DA LUNDA SUL

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron