NOTÍCIAS DA QUIBALA

NOTÍCIAS, FOTOS E VÍDEOS

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Set 09, 2009 11:34 pm

Agricultura
Projecto agrícola investe Usd 15 milhões

Sumbe - A empresa Terra Futura está a investir no município de Kibala, província do Kwanza Sul, cerca de 15 milhões de dólares norte-americanos num projecto agrícola que vista aumentar a produção de alimentos na região.

Em declarações à Angop hoje (terça-feira), no Sumbe, a directora geral da empresa, Kelen Gonçalves, disse tratar-se de um projecto piloto no país e vai ser implementado numa área de cinco mil hectares, equivalente a cinco campos de futebol.

Informou que o projecto prevê estruturar fazendas para o agro-negócio, dentro das quais os técnicos formados no ramo agrícola vão poder aderir a iniciativa. No quadro do projecto esta, igualmente, previsto o relançamento da produção de cereais.

Segundo afirmou, a região possui condições climáticas favoráveis ao relançamento da produção de cereais, o que leva a construção na localidade de infra-estruturas de apoio a produção agrícola.

Para a administradora municipal da Kibala, local onde será implementado o projecto, Fernanda Cabral, acção da empresa Terra Futura vai trazer um valor acrescentado no desenvolvimento sócio-económico da região, pois vai permitir produzir alimentos
agrícolas com melhor qualidade.

O projecto agrícola é financiado pelo Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) e conta com o apoio do Governo do Kwanza Sul e da Universidade Privada de Angola (UPRA).
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor Isaak em Quinta Out 08, 2009 9:57 am

Novo Projecto Agro-Pecuário Nasce na Quibala
Imagem
Quibala-Mercado
Jornal de Angola-A província do Kwanza-Sul conta, desde terça-feira, com mais um projecto de grande envergadura no ramo agro-pecuária, juntando-se aos esforços do Governo no combate à fome e pobreza e no fortalecimento da classe empresarial local.
A iniciativa é da empresa privada “Terra do Futuro”, que apresentou o projecto numa cerimónia em que estiveram presentes o governador do Kwanza-Sul, Serafim Maria do Prado, membros do governo provincial, o presidente do Conselho de Administração do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), instituição que financia o programa, e empresários.
Terra do Futuro é um projecto agro-industrial feito por angolanos, com o objectivo de criar novos empresários através da preparação permanente e, também, da disponibilidade da estrutura agro-técnico administrativa.
O projecto pretende tornar-se referência agrícola, em todo o país, possibilitar a auto sustentabilidade e auxiliar o desenvolvimento das comunidades.
A administradora do projecto, Kelen Gonçalves de Abreu, anunciou que, numa primeira fase, o empreendimento é implantado na comuna do Cariango, município da Quibala, abrangendo cinco mil hectares constituídos em fazendas, de 250 hectares, repartidas por 29 entidades colectivas de empresários angolanos.
Kelen de Abreu disse que onde se estabelece, o “agro-negócio gera riqueza, atrai indústrias e faz brotar cidades prósperas, dotadas de boas infra-estruturas, que oferecem aos habitantes uma qualidade de vida que se traduz em desenvolvimento humano integrado”.
O projecto, disse, foi idealizado para ter a agricultura como base e a indústria, factor de desenvolvimento.
A abertura da fazenda está prevista para o último trimestre do ano.

Financiamento do projecto

O presidente do conselho de administração do BDA disse que a instituição vai financiar o projecto, faseadamente, com um valor de 15 milhões de dólares num período de nove meses.
Paixão Franco frisou que o valor a ser financiado vai ser aplicado na estruturação e na montagem de fazendas, na perspectiva de seleccionar os futuros fazendeiros angolanos com formação na área da agricultura e da pecuária.
“É, em nosso entender, uma intervenção séria do Banco de Desenvolvimento de Angola para a erradicação da fome e da pobreza e a contribuição para a criação de condições no meio rural”, afirmou.
A administradora municipal da Quibala, Fernanda Cabral de Almeida, mostrou-se satisfeita pelo facto de a região que dirige ser contemplada com o projecto-piloto que, afirmou, “ vai criar empregos, proporcionar bens e serviços e criar a estabilidade económica no município”.
O governador da província declarou que os “projectos virados para o meio rural constituem a promessa de um futuro melhor”.
Serafim do Prado disse que as potencialidades que a natureza oferece devem ser aproveitadas para o bem comum e reiterou o total apoio a iniciativas do género.
Isaak
Top membros
 
Mensagens: 1251
Registado: Quinta Set 17, 2009 9:06 am
Localização: Angola

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor Vitor Oliveira em Quarta Out 14, 2009 6:40 am

13-10-2009 17:01

Kwanza Sul
Anakibala promete contribuir no desenvolvimento da Kibala


Kibala - O presidente da Associação dos Naturais e Amigos da Kibala (Anakibala), António Panguila, assegurou hoje que a instituição vai continuar a apoiar a administração local, visando garantir o desenvolvimento do município.
Em declarações à Angop, no final de um encontro com a administradora municipal, Fernanda de Almeida Cabral, o associativista referiu que a associação vai apoiar vários projectos de âmbito social, com vista a contribuir no melhoramento das condições sociais das populações e do próprio município.
Acrescentou que o município carece de escolas, postos de saúde, entre outros, e com apoio dos associados novas infra-estruturas serão construídas.
"A vontade dos naturais da Kibala é ver o município a crescer, com vista a um desenvolvimento sustentável", disse.
Referiu que a administração local não conseguirá resolver todos os problemas da população, razão por que os naturais uniram-se para apoiar em todas áreas a que forem chamados.
António Panguila disse que o município é um ponto estratégico da província e há toda necessidade de prestarem maior atenção em termos sociais e económicos.
Durante a reunião, os dois interlocutores traçaram as linhas de força para imprimir e dinamizar o funcionamento da associação a nível local.
A Anakibala foi fundada a 06 de Março de 1999 e conta com mais de 100 membros.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor Alberto Santos em Quinta Out 15, 2009 12:56 pm

Quibala-Centro Para Formação Agro-Pecuária
Imagem
Um centro de formação e treino agro-pecuário e florestal está a ser construído, este ano, na comuna do Catofe, município da Quibala, província do Kwanza-Sul, informou ontem o director provincial da Agricultura, Mário Huambo.
Segundo o responsável, que falava na abertura do seminário sobre formação profissional no sector rural, o centro, de carácter regional, vai ministrar cursos essencialmente práticos de longa duração (dois anos) para jovens, numa média de 150 por ano.
A gestão administrativa e curricular do centro de formação e treino agro-pecuário e florestal está a cargo da empresa Sistemas de Informação e Consultoria (Sinfic) que actua nas áreas do ambiente, ordenamento e desenvolvimento territorial.
O centro tem como principais objectivos aumentar a capacidade das comunidades locais em contexto de grande potencial agrícola, aumento da mão-de-obra especializada e a formação profissional de jovens, tendo em vista a sua inserção no mercado de trabalho.
De acordo com o programa de implantação, o projecto está na fase de consulta das partes interessados (agricultores), seguindo-se a definição do local de construção do centro, demarcação de terrenos, levantamentos topográficos, projecto arquitectónico e inventário dos equipamentos.
A organização dos cursos, o modelo de gestão, o modelo de recrutamento de formadores e formandos constam igualmente dos pontos a definir posteriormente.
Um centro do género é construído proximamente na província do Bié.
Alberto Santos
Top membros
 
Mensagens: 661
Registado: Segunda Jul 20, 2009 9:48 am

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor Vitor Oliveira em Sábado Out 17, 2009 5:55 am

Kwanza Sul
Agricultores preparam mais de 19 mil hectares de terra na Kibala


Kibala - Dezanove mil e 887 hectares de terras aráveis estão a ser preparados no município da Kibala, província do Kwanza Sul, por agricultores e camponeses, no âmbito da campanha agrícola 2009/2010.
Em declarações hoje à Angop, o chefe de secção municipal da Agricultura na Kibala, Job Bandeira, disse que dos hectares previstos, 500 serão do Programa de Extensão Rural, enquanto três mil e 933 hectares do sector privado e 15 mil 454 dos camponeses tradicionais.
O responsável informou que serão empregues três milhões 305 mil kwanzas para a preparação das terras.
"Perspectivamos no próximo ano agrícola produzir 35 mil e 900 toneladas de produtos diversos para o sector privado, 72 mil 846 toneladas para os camponeses e 108 mil e 748 toneladas do Programa de Extensão Rural”, avançou.
Agricultores e camponeses vão produzir na presente campanha milho, mandioca, feijão, amendoim, batata-doce e rena, abacaxi e banana.
Durante a campanha agrícola 2008/2009 foram cultivados 15 mil e 301 hectares.
O município da Kibala tem como actividade principal a agricultura.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor paulo gonçalves em Segunda Out 26, 2009 4:52 am

Investimento
Empreendimento agrícola do Kwanza Sul vai produzir uvas

Luanda – A Fazenda Agrícola Mato Grosso Camana, do município da Kibala, província do Kwanza Sul, vai cultivar, a partir do próximo ano, uvas numa área de 20 hectares, informou sábado, o gerente do empreendimento, Márcio Fernandes.

De acordo com o gestor, que falava à Angop, a propósito da visita do ministro da Agricultura, Afonso Pedro Canga, às instalações da fazenda, a conclusão do projecto e o início da colheita das uvas de mesa está previsto para 2011.
Sem mencionar a quantidade, Márcio Fernandes esclareceu que a produção de uvas está inserida no plano de investimentos da fazenda que prevê igualmente o cultivo de citrinos numa extensão de três hectares.
No próximo ano, informou, fazem também parte dos novos investimentos a construção de uma hospedaria com quatro quartos, um restaurante, bem como a criação de animais selvagens para a caça, numa área de 400 hectares.
Com uma extensão de pelo menos 600 hectares, a propriedade criada há quatro anos produz milho e feijão. A sua actividade é desenvolvida com o auxílio de 13 tractores, duas máquinas de plantação e de colheita, um camião basculante, entre outros meios.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor Vitor Oliveira em Quarta Nov 11, 2009 10:16 am

Kwanza Sul
Detidos 28 cidadãos por prática ilegal de exploração de diamantes


Sumbe - O comando provincial da Polícia Nacional deteve, nos últimos setes dias, 28 cidadãos, na localidade do Kape, município da Kibala, província do Kwanza Sul, que exerciam ilegalmente a exploração de diamantes, segundo o boletim da corporação.

De acordo com o documento, a micro-operação de rotina culminou com a detenção de 23 cidadãos nacionais e cinco estrangeiros ilegais, tendo desalojados 144 pessoas da zona de exploração, bem como a recolha de 111 chapas de zinco, 91 pás, 27 peneiras, sete moto-bombas, 14 enxadas, seis picaretas e igual número de caixas de bebidas espirituosas.

No período em referência foram registados 42 crimes de natureza diversa, menos nove em relação a semana anterior. Dos crimes constam ofensas corporais, furto, fogo posto, posse e uso de liamba, injúrias, especulação, falsificação de título de créditos.

Os crimes ocorreram nos municípios do Sumbe, Porto-Amboim, Cela, Amboim, Kilenda, Conda e Kassongue.

Dos crimes registados 39 foram esclarecidos, perfazendo uma operatividade de 92 porcento, com uma média diária de seis crimes, tendo sido detidos 24 cidadãos.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Nov 17, 2009 3:18 pm

Kwanza Sul
Ong Íbis defende asseguramento dos direitos da criança

Sumbe - A representante da Ong dinamarquesa Íbis, Irene Fredriksson, defendeu hoje, terça-feira, no Sumbe, a necessidade do asseguramento dos direitos da criança, protegendo-a de todas as formas de violência.

Irene Fredriksson falava à margem da abertura de um seminário de capacitação das redes provincial e municipais de protecção e promoção dos direitos da criança e sublinhou que deve haver um entrosamento entre as organizações tutelares da criança, governo, pais e encarregados para que se lhe dê uma educação salutar.
" Temos um projecto que visa alcançar o direito à educação de qualidade para todos até 2015 do qual pedimos intervenção ao Ministério da Educação e sociedade civil, para o sucesso do mesmo", referiu.
Manifestou a satisfação da Íbis em relação ao apoio à dinamização das redes de protecção dos direitos à criança em todas as circunscrições da província, particularmente nos municípios da Kibala e Cela iniciadas o ano transacto, cujos frutos têm resultado no fortalecimento das comissões de pais e encarregados de educação.
Já o director do Instituto Nacional da Criança no Kwanza Sul, Correia Bongue, solicitou dos participantes, que centralizem as suas discussões a volta dos 11 compromissos do governo em relação a criança, para que os seus pressupostos tenham uma execução prática.
"Quero pedir uma maior intervenção de todos para que os direitos da criança sejam salvaguardadas", pediu o responsável.
Com término previsto ainda para hoje, distintos participantes, entre representantes de organizações não governamentais, organização tutelares de criança e administradores municipais adjuntos vão discutir assuntos ligados a protecção e promoção dos direitos da criança.
Temas como a partilha de experiência sobre o trabalho de protecção e promoção dos direitos da criança, acções de dinamização, formação, coordenação, responsabilidades e recursos vão ser também debatidos no seminário.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Dez 10, 2009 3:04 am

Kwanza Sul
Mulheres afluem à testes de VIH/Sida na Kibala


Kibala - Duzentas e vinte e cinco mulheres, das 303 testadas, afluíram o Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária do VIH/Sida, nos últimos dois meses na Kibala, província do Kwanza Sul, informou hoje, na circunscrição o director do Hospital Municipal, Carlos Hepo Correia.
De acordo com o médico, além das mulheres, foram também testados 78 homens, tendo sido diagnosticados cinco casos positivo.
"Entendemos reforçar e continuar a implantar o programa que visa proteger sobretudo as crianças nascidas de mães seropositivas através dos métodos do corte vertical", disse.
Manifestou-se satisfeito pelo facto de a par dos referidos casos, terem sido testadas outras 245 mulheres grávidas dentro de um programa gizado pelo Hospital, cujos resultados foram negativos
"Vamos continuar a executar o programa de testagem de mulheres grávidas através da mobilização nas comunidades, no sentido de protegé-las", enfatizou.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Dez 10, 2009 3:05 am

Kwanza Sul
Doença estranha causa a morte de cinco crianças na aldeia de Somwe


Kibala - Cinco crianças, de dois anos e seis meses, respectivamente, morreram nos últimos dois dias na aldeia do Somwe, sector do Katófe, município da Kibala, província do Kwanza Sul, vítimas de doença estranha.
A informação foi avançada hoje à Angop pelo responsável da Saúde em Katófe, Francisco Zeferino de Carvalho, tendo referido que os menores antes de falecer foram testados para determinar se tinham contraído malária, tendo em conta que a zona é propensa a esta doença.
"Os resultados foram negativos", disse a fonte, acrescentando que as vítimas tinham como sintomas febre altas, diarreias, vómitos, contracção musculares, falta de apetite, desidratação, entre outras manifestações.
Considera ser urgente a deslocação de equipes de Saúde Pública e Controlo de Endemias para se diagnosticar o que se passa na comunidade.
O director do Hospital Municipal da Kibala, Carlos Hepo Correia, disse que está mobilizada uma equipa de enfermeiros e técnicos para verificar o que se passa, aguardando-se por uma equipa da Saúde Pública.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor anabela em Quinta Dez 17, 2009 7:49 am

acessibilidades viárias

Quibala é crucial para a circulação


“Quibala é o pivô da circulação viária”, afirma José Ribas, que reside na comuna do Cariango, Quibala, Kwanza-Sul, onde exerce a actividade de comerciante.
A afirmação do jovem José Ribas é corroborada pelo director provincial do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), Piedoso Amor. “Quibala tem estradas que dão acesso ao Norte e Sul do país”, afirma.
Piedoso Amor explica que a estrada que liga Quibala ao Mussende dá acesso às províncias do Bié e Malanje. Quem passa pelo Waco Kungo, via ponte sobre o rio Keve, refere, pode atingir a província do Huambo e, daí, para outras localidades. Acrescenta que 682 quilómetros de estradas estão a ser reabilitados na província do Kwanza-Sul.
“Quando a estrada número 100 (Quibala-Alto Hama-Huambo) estava danificada, os automobilistas, que saíam de Luanda com destino ao Huambo, eram forçados a fazer o percurso Luanda-Sumbe-Lobito e, posteriormente, desviavam para Kulango, Balombo, Bocoio, Alto Hama, Huambo. A viagem demorava mais de 48 horas”, afirmou à nossa reportagem Piedoso Amor.
António Jaime Kuiula, que vive na Quibala e trabalha na construtora Queiroz Galvão como tractorista, disse que a reabilitação da estrada Quibala-Cariango-Mussende vai impulsionar o desenvolvimento económico e social na região Centro. “Há mais de 30 anos que aqui não circulavam viaturas. Depois de termos terraplanado o troço Quibala-Cariango, já se pode circular mais ou menos”, sublinha.
António Jaime Kuiula, que encontrámos ao comando do tractor, acrescenta que “os trabalhos da reabilitação estão a decorrer aceleradamente e que os filhos da terra aguardam, com ansiedade, a inauguração”.
Para o director de infra-estruturas da Queiroz Galvão, Eliseu Merdrs, os trabalhos estão adiantados. Reconhece que as chuvas que se abatem sobre essa região podem atrasar as obras. Nicolau Pascoal, chefe de departamento de construção do Instituto nacional de Estradas de Angola, que integrou a equipa de técnicos superiores da instituição que fiscalizou as obras de reabilitação de estradas na província do Kwanza-Sul, reconheceu que os empreiteiros estão a ***prir as cláusulas contratuais.
“O nosso objectivo é constatar no local e fazer as inspecções em relação ao grau de execução dos troços Quibala-Ponte sobre o rio Keve, Quibala-Mussende e Quibala-Gabela-Cachoeiras”, afirma.
No que diz respeito ao troço Quibala-Ponte sobre o Rio Keve, o técnico superior do Instituto nacional de Estradas de Angola frisa que as empreitadas estão adjudicadas a empresas nacionais, num total de quatro lotes, dos quais dois deles já se encontram prontos e em bom estado.
“Outros dois lotes ainda estão a ser trabalhados. As obras não foram concluídas devido, principalmente, a questões de ordem logística. Houve uma quebra nos meses passados, o que veio reduzir o ritmo de andamento das obras. Há aqui uma justificação plausível dos empreiteiros”, afirmou.
Em relação ao troço Quibala-Mussende, Nicolau Pascoal reconhece que já se pode transitar e os automobilistas, embora com alguns sobressaltos, podem viajar comodamente e em menos de seis horas, como há mais de 30 anos. “O empreiteiro, neste momento, está a trabalhar na execução definitiva da obra e acreditamos que até Junho deste ano, como está garantido pelo contrato, o asfalto chega até Cariango”.
O chefe de departamento de construção do Instituto nacional de Estradas de Angola referiu que o início das chuvas pode diminuir o ritmo de execução das empreitadas, “mas há aqui um grande empenhamento por parte dos empreiteiros em concluir as empreitadas”, disse a concluir Nicolau Pascoal, do Instituto nacional de Estradas de Angola. A zona da Quibala é um cruzamento de vias estratégicas do país.
anabela
Moderador de sala
 
Mensagens: 981
Registado: Sexta Maio 22, 2009 6:12 am

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor Vitor Oliveira em Domingo Dez 27, 2009 9:29 am

Quibala na Rota da Produção de Sementes Agrícolas
Imagem
Engenheiro agrónomo Fernando Carreiras explica que os níveis de produção estão acima das oito toneladas por hectar
Jornal de Angola-Após mais de 30 anos inoperante, a reactivação da fazenda Matogrosso Camana, arredores do município da Quibala, na província do Kwanza-Sul, trouxe a esperança de melhores dias ao sector da agricultura. Está em marcha um projecto de produção de semente melhorada de milho e de feijão.

O director administrativo da fazenda Matogrosso Camana, António Gonçalves, disse que as condições estão criadas para colocar um ponto final na importação destes dois imprescindíveis meios de cultivo. No início de 2006, a fazenda estava em estado de abandono. A recuperação começou nesse mesmo ano. O homem que tem pela frente a missão de administrar aproximadamente dois mil hectares, recorda que foi necessário um amplo trabalho de desmatação do terreno que culminou com a construção das infra-estruturas como armazéns, oficinas, parque de máquinas, sistemas de rega e silo de armazenamento.
Apesar de existirem outros projectos, a produção de sementes anima os técnicos que prestam serviço na fazenda. A fazenda fez um contrato, há dois anos, com o Ministério da Agricultura, para a produção de semente. Neste momento, António Gonçalves tem o pensamento concentrado na qualidade dos produtos. Mas nem tudo é motivo de satisfação. As culturas estão expostas a riscos de pragas e as avarias limitam as máquinas. O director administrativo da fazenda lembra com tristeza a dificuldade enfrentada no ano passado, em consequência da avaria numa das máquinas. A colheita foi feita à mão, e os prejuízos foram grandes. “Temos todos os materiais disponíveis para ***prir a nossa tarefa, mas os imprevistos acontecem”, afirma.
Além de dispendiosa, a produção de semente envolve regras que têm de ser ***pridas à risca. O chefe de produção da fazenda, Márcio Oliveira, defende a produção em rotações, numa época o milho e na outra o feijão, “o que permite ainda dar consistência ao próprio solo”.
Dados de produção deste ano indicam uma avaliação positiva. Márcio Oliveira explica que para o processo de reprodução foram plantados 180 hectares de milho, parte dos quais já colhidos, o que resultou em 60 toneladas de grão bruto.
“Tivemos um rendimento de produção de 55 toneladas de semente melhorada”, disse, salientando que em função das condições e da época em que foram plantadas, o saldo é positivo”

Passos da transformação

A transformação de milho em semente melhorada constitui um processo complexo que consome muito tempo e envolve dezenas de homens e máquinas sofisticadas. Augusto Cassole, que está no projecto desde o seu arranque, tem a responsabilidade de manusear a máquina classificadora. Com ele, trabalham na fazenda mais 61 trabalhadores.
Antes de integrar o quadro de pessoal do projecto de produção de semente, Augusto Cassole estava no desemprego. Agora, tem a missão de separar o grão de milho por tamanho num exercício que já se tornou numa rotina. Primeiro teve de ***prir uma intensa preparação na qual não faltou a componente pedagógica.
À semelhança de Augusto Cassole, outro jovem que pela primeira está empregado é António Futa. Entre as tarefas que desempenha destaca-se a verificação da qualidade da semente que é calibrada, na medida que o grão para semente deve ser da melhor qualidade. “Além da calma que se vive neste local, o projecto tem a particularidade de me ter tirado do desemprego, por isso gostava que se estendesse a outras regiões”, disse.

Fazenda Cambondo ultrapassa expectativas

A fazenda Cambondo também está voltada para projectos de sementes. O contrato de semente com o Ministério da Agricultura envolveu 50 hectares na reprodução de milho.
O engenheiro agrónomo e director técnico da fazenda Cambondo, Fernando Carreiras, explica que tudo decorre como estava programado e os níveis de produção estão acima das oito toneladas por hectar. A princípio, diz, as condições técnicas de produção, dão garantias de evolução, “mas já pensamos alargar o contrato para a produção semeada melhorar”.
O que tira o sono a Fernando Carreiras são as doenças que frequentemente afectam as plantações, razão pela qual é notável a prevenção feita à base de insecticidas. “Estamos satisfeitos em relação à produção, pois acreditamos que vamos ultrapassar os níveis de produção que até aqui tem sido normal em Angola”, garante.
Fernando Carreiras informa que no próximo ano, a fazenda vai cultivar feijão e aumentar a área de cultivo do milho para 400 a 500 hectares.

Acompanhamento institucional

Órgãos e entidades governamentais intervêm no acompanhamento técnico da efectivação do contrato celebrado com as fazendas Matogrosso Camana e Cambondo, na medida que não se podem menosprezar cuidados técnicos elementares. Um desses intervenientes é o chefe da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA) da Quibala, Virgílio Gomes, que realça que o apoio sistemático vai continuar, acrescentando ainda que o objectivo principal do Governo é a produção de sementes localmente.
O chefe da Estação de Desenvolvimento Agrário assegura que, por enquanto, o município da Quibala conta com duas fazendas envolvidas naquilo que descreve com um projecto ambicioso, cujo “resultados de produção até agora alcançados nos levam a crer que estamos a seguir o melhor caminho”.
Nesta primeira fase, foi apoiada a produção de milho, ao que posteriormente se segue a produção de feijão. Virgílio Gomes defende que não se pode precipitar o trabalho, mas o evoluir do processo aponta para a inserção de produção de outras espécies sementeiras num futuro próximo.
“Obviamente que está dentro dos nossos planos, só que pensamos que cada coisa deve ser feita a seu tempo no sentido de não atrapalhar o que está programado”, disse.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Dez 29, 2009 1:59 am

Kwanza Sul
Comuna do Lonhê necessita de 12 enfermeiros


Kibala
- Os três centros de saúde da comuna do Lonhê, município da Kibala, província do Kwanza Sul, necessitam de 12 enfermeiros, para garantir o funcionamento da rede sanitária local e melhorar o atendimento à população, informou hoje o responsável do centro, Francisco Baptista.
Em declarações à Angop, Francisco Baptista adiantou que a comuna necessita destes técnicos para reforçar as diferentes unidades de saúde espalhados pela circunscrição.
Referiu que a comuna precisa, no mínimo, de quatro técnicos destacados por cada posto de saúde, por forma a assistir os pacientes que se apresentam nos mesmos.
Adiantou igualmente que a comuna carece de ambulâncias para evacuação de pacientes do interior da comuna para o centro hospitalar na sede municipal, apontando a malária, doenças respiratórias, diarreias agudas e paludismo, como as doenças mais frequentes na localidade.
A comuna do Lonhê possui uma rede sanitária composta por três postos de saúde, cujo funcionamento é garantido por oito enfermeiros.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor Vitor Oliveira em Sábado Jan 02, 2010 5:40 pm

Via da Gabela pronta em Dezembro
As obras de terraplanagem e colocação do novo tapete de asfalto na estrada entre a Gabela e Quibala, na província do Kwanza-Sul, numa extensão de 77 quilómetros, estão concluídas e entregues em Dezembro próximo. A empresa que executa os trabalhos disse que ”as obras estão a decorrer a bom ritmo, porque a empreiteira dispõe de equipamento e recursos humanos à altura para a execução do trabalho sem sobressaltos”. De acordo com o construtor, o financiamento para a empreitada é do Governo da Alemanha e está avaliado em 78 milhões de euros.Para a conclusão dos trabalhos são necessários outros 20 milhões de euros. A reabilitação das pontes que se encontram no troço Gabela/Quibala, disse, não constam do contrato.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DA QUIBALA

Mensagempor Vitor Oliveira em Sábado Jan 02, 2010 5:43 pm

Associação Industrial Angolana
O presidente da Associação Industrial Angolana defendeu, na semana passada, no município da Quibala, a necessidade de o Governo e o sector privado desenvolverem projectos para a implantação, no meio rural, de indústrias transformadoras.
José Severino, que falava à margem da cerimónia de colocação da primeira pedra do projecto “Terra do Futuro”, afirmou que o “desenvolvimento da economia, em qualquer país, passa pela combinação de acções dos diversos sectores, criando uma cadeia que permita a absorção dos produtos e a sua transformação”.
O presidente da AIA lamentou que a falta de escoamento do campo para os mercados de consumo seja responsável pela deterioração dos produtos, provocando prejuízos à economia nacional.
“É bastante desolador por parte dos produtores, quando, depois de gastarem somas avultadas na compra de fertilizantes e pesticidas, vêem os produtos deteriorarem-se, por falta de meios de escoamento e de mercados”, disse, salientando a necessidade de a economia nacional “funcionar como uma orquestra”, onde cada sector deve ter um papel a desempenhar.
José Severino louvou a iniciativa do Governo de criar o programa do comércio rural, mas referiu que para o êxito do projecto “devem ser aproveitadas as sinergias existentes no sector produtivo”, cabendo ao Governo “regular os instrumentos de comercialização”.
“Têm de haver medidas concertadas, onde os sectores da agricultura, comércio e indústria saibam articular as modalidades que beneficiem os camponeses e os empresários ligados ao ramo agro-industrial e da pecuária”, concluiu.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para SALA DA QUIBALA - KUANZA SUL

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron