NOTÍCIAS DE LUANDA

NOTÍCIAS, FOTOS E VÍDEOS

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Sexta Mar 18, 2011 5:07 pm


Sponsored Links

18-03-2011 16:03

Sinistralidade
Polícia regista duas mortes nas últimas 24 horas

Luanda
-
Duas pessoas morreram e uma ficou ferida, em consequência de cinco acidentes de viação registados pela Polícia de Trânsito, nas últimas 24 horas, em Luanda, mais dois em relação ao período anterior, com três sinistros.
Um documento do Comando Provincial da polícia, entregue hoje à Angop, refere que os sinistros foram causados por atropelamento e colisões entre veículos.
A corporação avaliou os danos provocados pelos acidentes em 500 mil kwanzas.
Aos transgressores foram aplicadas trezentas e sessenta e duas multas por diversas infracções ao código de estrada, com destaque para mudança irregular de direcção, estacionamento em locais proibidos, uso do telemóvel no acto de condução, não uso do cinto de segurança, paragem em locais proibidos, ultrapassagem irregular e circulação em sentido contrario da faixa de rodagem.
Sessenta e oito motorizadas foram apreendidas na Ingombota, Sambizanga, Cazenga, Samba, Kilamba Kiaxi, Cacuaco, Viana, Maianga e Rangel, de acordo com a fonte da polícia.
A polícia deteve dois cidadãos por condução ilegal e desacato a agentes da autoridade.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Terça Mar 29, 2011 3:58 pm

29-03-2011 16:46

Acreditação
FAA tem papel preponderante na África central

Luanda
- As Forças Armadas Angolanas (FAA) tem um papel preponderante na África central e sul, afirmou hoje, terça-feira, em Luanda, o adido de Defesa da República do Canadá em Angola, coronel Richard Milot.
O coronel fez a afirmação na cerimónia de acreditação como adido de Defesa do Canadá em Angola, na qual realçou a contribuição significativa da força de reacção da SADC e a participação dinâmica e importante do Exercício Golfinho, em 2009.
Richard Milot encorajou as FAA no desenvolvimento da cooperação regional e a manter-se como protagonista influente do processo de reconstrução nacional, bem como agente influente de estabilização pacífica.
"A trajectória económica e política recente da República de Angola é notável. Estamos confiantes que o reforço das relações entre os dois Estados podem, no futuro, ser um modelo regional", sublinhou.
O adido nasceu a 24 de Maio de 1958, ingressou nas Forças Armadas do Canadá em 1975 e formou-se no colégio Real militar do seu país, em 1980. Bacharel em história do Canadá.
***priu missão de manutenção de paz na Croácia e em Saraievo e missão de restabelecimento da paz, em Kabul, Afeganistão.
Ao longo da sua carreira, exerceu a função de chefe de operações inter-armas, no quartel general do comando Norte da força terrestre da OTAN.
Assistiram a cerimónia de acreditação, oficiais superiores, subalternos, entre outras altas patentes das FAA.

Sponsored links

Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Sábado Abr 09, 2011 3:33 pm

09-04-2011 7:52

Manutenção
EDEL anuncia anomalia no fornecimento de electricidade para hoje

Luanda
-
A Empresa de Distribuição de Electricidade (EDEL) informa que poderá haver hoje (sábado) anomalia de fornecimento de energia eléctrica nos bairros da Nocal, Cuca, partes do Alvalade e do Sambizanga, pelo facto de realizar serviços de manutenção aos seus equipamentos.
De acordo com uma nota da EDEL chegada sexta-feira à Angop, poderão ser afectadas também com a anomalia no fornecimento da luz eléctrica, no mesmos dia, os bairros Ngola Kiluanje, Mártires de Kifangondo, Alvalade, Cassenda, Prenda, Largo da Maianga, bairro Azul e Samba.
Igual situação (anomalia do fornecimento de energia) poderá verificar-se novamente no dia 15 de Abril próximo, pelas mesmas razões.
A nota acrescenta que nas subestações da Cuca os trabalhos manutenção vão consistir, essencialmente, na substituição do disjuntor do transformador de intensidade, enquanto na da Maianga será avaliado estado técnico dos cinco disjuntores do parque de 60 KV.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Sábado Abr 09, 2011 4:05 pm

Problemas de Luanda são grandes e crónicos


Imagem
José Maria pede apoio da comunidade

Os grandes problemas que afectam a cidade são quase crónicos e muitos deles estão ligados à sobreposição de tarefas e competências das estruturas administrativas ao longo dos anos, admitiu ontem o governador da provincia.
José Maria dos Santos, que falava durante a reunião do Conselho de Auscultação e Concertação Social, deu como exemplo a questão da recolha do lixo e a gestão dos espaços verdes. Adiantou que está em fase final um estudo para alterar o quadro actual, no âmbito da nova filosofia de trabalho.
“Em Luanda, não existe, em quase parte nenhuma da cidade, um jardim em condições, mas há contratos e prestações de serviços que merecem a nossa interrogação. Ainda assim, o governo provincial tem obrigações”, referiu.
José Maria dos Santos que foram identificadas áreas onde as parcerias público-privadas estavam numa linha indefinida. Considerou que se chegou a esse ponto, fruto da forma como foi desenvolvida a governação ao longo da qual, durante algum tempo, quase tudo foi dado aos agentes privados e desmantelados os serviços comunitários, acrescentando que os privados não ***priram o seu papel.
“Para resolver essas situações teríamos de alterar também a forma como foi sendo gerida a província nas mais variadas áreas e domínios. Não defendemos que o governo deva fazer tudo, nem as parcerias público-privadas, onde o governo finge que paga e o privado finge que faz”, disse o governador.
Nesse sentido, José Maria dos Santos defendeu a adopção de uma metodologia de governação interactiva, em que os gestores possam trocar entre si preocupações e sejam capazes de ajudar a governação. Realçou que tem vindo a potenciar os serviços comunitários com brigadas e meios.
“Antes, os serviços comunitários não possuíam área técnica mas apenas administrativa. Por isso, não podiam fiscalizar, e o que estamos a fazer requer algum esforço e sacrifício, porque vamos ter de mudar a atitude e chocar com interesses”, referiu.
O governador também manifestou a sua preocupação com o saneamento básico e a forma como as populações vivem nas comunidades, salientando que estão a ser idealizadas estratégias para solucionar o problema, no quadro do “Programa do Executivo para a Boa Governação de Luanda”.
O Conselho de Auscultação e Concertação Social do governo de Luanda é um órgão de consulta do governador e as decisões tomadas nas reuniões não têm carácter vinculativo. O governador de Luanda, José Maria dos Santos, conferiu ontem posse a António Manuel Fiel (Didi), no cargo de assessor para a área da sociedade civil e comunidades, em acto realizado no salão nobre do governo da província.
Na mesma cerimónia, tomaram posse Bernardo António Januário, para o cargo de assessor do governador para a área política e social, enquanto Hélder da Conceição José passa a exercer, em regime de acumulação, o cargo de assessor do governador para a área técnica e das infra-estruturas.
Em declarações à imprensa, António Manuel Fiel (Didi) disse que tudo vai fazer para não defraudar a confiança em si depositada. Lembrou que os problemas que afectam a cidade de Luanda dizem respeito a toda a sociedade, razão pela qual todos devem contribuir para os solucionar.
“Uma das linhas fortes é juntar a comunidade aos problemas de Luanda numa simbiose governantes e governados onde os problemas sejam discutidos à mesma mesa”, disse.

Crimes

Luanda regista diariamente mais de 20 crimes diversos, a maioria entre as 18h00 e as 5h00, disse, ontem, na capital, o delegado do Ministério do Interior na província.
Segundo o comissário da Polícia Nacional Tito Munana, que apresentava, no conselho de concertação social, o relatório sobre a segurança pública em Luanda, referiu os municípios do Cacuaco, Sambizanga, Cazenga, Viana, Kilamba Kiaxi e Ingombota como os que registam maior número de delitos.
O comissário Tito Munana apontontou as dificuldades socio-económicas, ganância e ambição como as sendo as principais causas dos crimes.
Frisou que os crimes que se registam em Luanda se resumem a roubos, furtos de artigos diversos e de valores monetários na via pública, em residências ou em viaturas.
Os crimes cometidos por ambição e desejo de enriquecimento fácil, garantiu, têm sido praticados por pessoas que trabalham e são socialmente estáveis.
“Estes crimes caracterizam-se por roubos e furtos de avultadas somas monetárias em bancos e empresas”, disse, mencionando também o roubo de toneladas de produtos diversos em camiões contentorizados ou armazenados.
Os crimes, confirmou, envolvem maioritariamente jovens entre os 18 e 30 anos. Tito Munana declarou que 60 por cento dos crimes são praticados com arma de fogo, 25 com objectos cortantes e 15 por
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Terça Maio 03, 2011 3:32 pm

3-05-2011 14:45

[size=150]Educação
Governo trabalha para universalização do ensino primário de qualidade
[/size]

Imagem
Crianças bricando

Luanda - O ministro da Educação, Pinda Simão, disse esta terça-feira, em Luanda, que o Governo continua a trabalhar para garantir a universalização da educação primaria de qualidade para todas as crianças, de zero aos 18 anos de idade, através do aumento da quantidade e qualidade do espaço educativo, por via de novas salas de aulas, docentes e material escolar.
Pinda Simão, que discursava no acto de abertura da Semana Internacional de Educação para Todos, a decorrer de 02 a 08 de Maio, disse que estes esforços estão direccionados para a satisfação das necessidades neste sector.
O governante disse que, por exemplo, para garantir o acesso de jovens e adultos à aprendizagem e à aquisição de competências para a vida quotidiana, o Governo apostou na formação profissional através da criação de centros de formação profissional.
Na elevação do nível de alfabetização dos adultos para 50 porcento, o responsável informou que foi aprovado, em Conselho de Ministros, através da resolução 9/2007, a Estratégia de Relançamento da Alfabetização e Recuperação do Atraso Escolar, iniciando-se assim a reforma do subsistema de ensino de adultos.
No que diz respeito a promoção da igualdade de géneros na Educação primária e secundária, o Governo aprovou também a estratégia nacional para a promoção e desenvolvimento da mulher, onde a problemática do género assume uma atenção particular, tendo os diferentes sectores sido responsabilizados na dinamização intersectorial de medidas e acções que concorram para a implementação desta estratégia.
Referiu que para a melhoria da qualidade da Educação no geral, em Setembro e Dezembro de 2001, o Estado Angolano aprovou a estratégia integrada para a melhoria do Sistema de Educativo e a Lei de Bases da Educação, respectivamente.
Estes dois documentos constituem instrumentos de orientação estratégica do Governo para o sector da Educação, pois definem as linhas gerais e específicas para a estabilização, consolidação e desenvolvimento do sistema de educação em todos os subsistemas, níveis e modalidades de ensino.
A consecução destes pressupostos é baseada na Reforma Educativa em curso no país que visa promover a qualidade do ensino através de uma nova estrutura do Sistema e de um novo projecto executivo.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Terça Maio 03, 2011 4:38 pm

Emoções do IV Congresso do MPLA

Hoje


Imagem
José Eduardo dos Santos recebe estatueta de presente
Fotografia: Francisco Bernardo e Rogério Tuti
Fotos

Várias personalidades, entre delegados, simpatizantes e amigos do MPLA, participaram, no fim-de-semana, no IV Congresso extraordinário daquele partido, decorrido no Centro de Conferências de Belas, em Luanda. A reunião, dirigida pelo presidente do partido, José Eduardo dos Santos, serviu para definir as bases gerais da estratégia eleitoral e o programa de governo do MPLA para o período entre 2012 e 2017. Mas teve igualmente momentos emocionantes a que Gente assistiu e registou, como é o caso de uma estátua mumuila que o Presidente Eduardo dos Santos recebeu de presente das mãos da secretária-geral da Organização da Mulher Angolana (OMA), Luzia Inglês Van-Dúnem. A reunião contou, igualmente, com demonstrações de dança e de símbolos da cultura nacional. Gente gostou de ver a exibição dos grupos e a beleza das danças que apresentaram. É caso para dizer: o que é nacional é bom, e todos gostamos!
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Quinta Maio 12, 2011 8:52 pm

12-05-2011 18:00

Luanda
Associação de comerciantes recolhe donativos para população afectada pelas chuvas

Luanda
-
Uma tonelada de roupa usada e calçados foi recolhida pela Associação dos Comerciantes e Ambulantes de Pessoas Portadoras de Deficiência de Angola (ACAPPODA), no município de Cacuaco, em Luanda, para apoiar as pessoas afectadas pelas chuvas.
Os dados foram avançados hoje à Angop pelo responsável da associação, Miguel Matos, adiantando que a recolha surge a propósito da campanha lançada pela Rádio Nacional de Angola, denominada “Mão Solidária”, para ajudar as pessoas que perderam os seus haveres devido a chuva no país.
Falando durante a comemoração do segundo aniversário da agremiação, que tem como objectivo o apoio e assistência as pessoas portadoras de deficiência que se dedicam ao comércio, agricultura e educação, Miguel Matos informou que a intenção é dar um contributo nas acções levadas acabo pelo governo para atenuar as dificuldades das pessoas em situação difícil.
Relativamente a ajuda aos seus associados, o responsável terem feito contactos com o BAI, no âmbito do projecto de Micro Finanças, por intermédio do Ministério da Família e Promoção da Mulher.
Em relação as suas actividades, disse que tem sensibilizado os deficientes que vivem em Luanda no sentido de abandonarem as ruas e se dedicarem a actividade digna de realce na sociedade.
Por outro lado, apelou aos empresários no sentido de apoiarem os deficientes no emprego e das associações organizadas para terem autonomia financeira.
A associação controla dois mil membros em todo país.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Segunda Maio 16, 2011 10:23 pm

16-05-2011 18:35

Tecnologias de informação
Luanda terá centro comunitário móvel

Luanda
- O primeiro centro comunitário móvel de tecnologias de informação será inaugurado terça-feira, em Luanda, pelo ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, no quadro das estratégias da massificação da digitalização ao nível nacional.
O director do Centro Nacional de Tecnologias de Informação (CNTI), João Leão, disse hoje à Angop, à margem do fórum angolano sobre tecnologias de informação e comunicação, que o centro vai funcionar de forma periódica nas zonas mais remotas do país, permitindo, assim, o acesso às populações mais desfavorecidas.
Enquadrado no programa do Governo sobre maximização digital, o centro móvel foi fabricado pelo especialistas do próprio Centro Nacional de Tecnologias de Informação.
"Esforços continuam a ser envidados para que surjam mais projectos de género, com vista a serem distribuídos em várias localidades ao nível dos país, visto que o nosso objectivo é abranger o maior universo possível de cidadãos angolanos desfavorecidos”, disse João Leão.
Sem avançar mais detalhes, referiu que no centro serão dadas aulas de informática, assim como o acesso a Internet.
No fórum, também denominado por Angotic2011, que decorre no Centro de Convenções Talatona, estão a ser discutidos questões relacionadas com a tendência tecnológica para o futuro desse sistema, as tecnologias com vector de desenvolvimento económico e social e outros aspectos.
O mesmo visa, entre outros objectivos, saudar o “17 de Maio” Dia Internacional das Telecomunicações e da Sociedade da Informação”.
Com o evento, em que participam especialistas angolanos e estrangeiros, pretende fomentar acções para a utilização das tecnologias de informação e comunicação (TIC), de forma a contribuir para a inclusão digital de todos os angolanos e participar de forma activa no desenvolvimento socio-económico do país.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Sexta Maio 27, 2011 12:47 pm

27-05-2011 9:17

Comunicação Social
Jornalismo praticado no país é respeitado no estrangeiro - diz adido de imprensa

Luanda –
O adido de imprensa de Angola em Portugal, Estêvão Alberto, afirmou nessa quinta-feira, em Cabinda, que o jornalismo praticado no país é admirado e respeitado no estrangeiro, devido à sua boa qualidade.
Ao falar à imprensa no final dos debates do Pacote Legislativo da Comunicação Social, orientados pela titular da pasta do sector, Carolina Cerqueira, o adido realçou o empenho e competência dos profissionais nacionais, que têm conquistado a admiração da crítica internacional.
“Apesar do país ter vivido um período de cerca de 30 anos de guerra, a área da Comunicação Social tem se desenvolvido muito nos últimos anos, através de um jornalismo maduro, com profissionais empenhados e competentes”, sublinhou.
Reconheceu que, nos últimos anos, o país regista um grande crescimento do sector com a modernização das suas instituições e dos meios de trabalho, factores que estão a garantir um maior desenvolvimento da imprensa nacional.
Referiu, por outro lado, a existência de certos círculos no estrangeiro que criticam, de forma infundada, a falta de liberdade de imprensa no país, facto que discorda.
“Discordo quando no estrangeiro falam da falta da liberdade de imprensa no país, visto que há matérias publicadas em certos jornais que nem nos países ocidentais esses conteúdos seriam permitidos”, afiançou.
Sobre a discussão do Pacote Legislativo da Comunicação Social, Estêvão Alberto frisou que os debates vão concorrer para o surgimento de uma imprensa mais plural e rigorosa, que sirva o interesse dos cidadãos e do país.
“O encontro foi uma discussão aberta na qual foram apresentadas contribuições que vão contribuir no surgimento de uma comunicação social mais plural e rigorosa, que sirva o interesse dos cidadãos nacionais e do país”, sublinhou.
Para si, o encontro cingiu-se, particularmente, na questão do Estatuto do Jornalista, ponto em que as discussões foram mais acesas, por ser um documento decisório no acesso à carteira do jornalista e da carreira profissional.
O Estatuto do Jornalista, frisou, é um assunto muito debatido ao longo dos anos, devido à sua complexidade na distinção entre os vários actores que intervém no exercício de um serviço público da comunicação social.
“O estatuto poderá dar a definição clara do jornalista, facto que resolverá os vários equívocos e dúvidas que até agora se registam entre a classe”, ressaltou.
Participaram do evento membros do governo local, jornalistas, oficiais das Forças Armadas Angolanas (FAA), académicos, representantes de associações comunitárias, entre outras individualidades.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Quinta Jun 02, 2011 8:29 pm

02-06-2011 19:07

Efeméride
Processo de paz de Angola deve constar dos currículos escolares

Luanda -
Os acordos de Bicesse e de Lusaka, rubricados por representantes do Governo angolano e da Unita em 1991 e 1994, respectivamente, visando colocar fim ao conflito armado no país, devem constar dos currículos académicos para um melhor conhecimento dos angolanos, e não só.
Esta afirmação foi feita hoje (quinta-feira) à Angop, em Luanda, por Afonso Van-Dúnem Mbinda, membro do Bureau Político do MPLA, quando falava do 20º aniversário dos Acordos de Bicesse, que estabeleciam os princípios fundamentais para a paz no país e foram assinados pelo Presidente da República Popular de Angola, José Eduardo dos Santos, e pelo então líder da Unita, a 31 de Maio de 1991 na Escola Superior de Hotelaria e Turismo, em Portugal.
Segundo o político, este e mais o acordo de Lusaka (Zâmbia) são dois instrumentos legais que constituem matérias suficientes para a história política de Angola e que devem constar dos manuais de estudos para os académicos.
"São questões tão importantes que aqueles que estão interessados em conhecer a historia do país, o seu trajecto político e diplomático devem merecer melhor atenção por parte dos estudantes, das academias militares e das instituições do nosso país", explicou Afonso Van-Dúnem Mbinda que participou no processo de paz.
"Na sequência dos esforços do Governo, em Maio foi possível assinar os acordos de Bicesse, na presença de observadores internacionais, nomeadamente membros do Governo de Portugal, da Rússia, dos Estados Unidos da América e de uma delegação do secretário-geral das Nações Unidas", lembrou.
Na sua óptica, com a assinatura do memorando de Bicesse "pensávamos todos nós, sobretudo o povo angolano, que tudo estava arrumado, que os acordos iriam dar o quadro legal que iria estabelecer o processo de paz terminado, mas ficamos espantados quando no ano a seguir (1992), após as eleições, a Unita voltou à guerra".
O responsável, analisando o contexto da época, referiu que houve má-fé de parte da direcção da Unita, que não reconheceu os acordos rubricados e as eleições de 1992 e retomou o conflito armado.
Portanto, disse, "este não é um lamento, mas sim uma realidade histórica que nós vivemos em 1992, período em que Angola voltou a mergulhar numa guerra fratricida, entre irmãos, e que levou a destruição de várias infra-estruturas económicas e sociais no país".
Frisou que a guerra mexeu com o tecido angolano e as grandes cidades, particularmente Luanda, ficaram abarrotadas, porquanto foi concebida para 300 ou 400 mil pessoas e actualmente tem cerca de quatro a cinco milhões de habitantes.
"Tudo isto foi devido à guerra e à intransigência por parte da Unita que insistia e pensava que por ter um exército, o apoio da África do Sul e de países do ocidente podia conseguir chegar ao poder em Angola por via das armas", afirmou na entrevista à Angop.
Aquando dos Acordos de Bicesse estavam em Angola dois exércitos, sendo um o do Governo reconhecido e outro da Unita.
Na sequência do referido documento, enfatizou Afonso Van-Dúnem Mbinda, que já foi embaixador de Angola junto das Nações Unidas, o Governo angolano tinha por indicação desmantelar o seu exército para formar um unificado, mas a Unita manteve o seu arsenal bélico, o que lhe permitiu desencadear movimentações militares até 2002.
O membro do Bureau Político do MPLA falou também dos acordos de Lusaka, tendo considerado que, apesar da insistência da Unita no conflito, o Governo fez um grande esforço junto das Nações Unidas para que se conseguisse resolver o problema e se alcançasse a paz.
Nesta senda, explicou, assinou-se na Zâmbia um outro memorando de entendimento, que abrangeu um compromisso das partes em cessar fogo, resolução de questões militares pendentes, o fim do conflito armado, a resolução de factores militares negativos que bloqueavam o protocolo e a criação de condições para que as duas partes pudessem definitivamente assinar um acordo de paz.
"Estabeleceu-se os princípios fundamentais, entre eles o respeito do Estado de direito, das instituições democráticas de Angola, observância da Constituição e demais leis em vigor", enfatizou o responsável, para quem a grande questão do Governo angolano era conseguir a reconciliação nacional.
Para dar maior confiança aos membros da Unita, lembrou que o Governo, liderado pelo presidente José Eduardo dos Santos, estabeleceu assinar uma amnistia geral, que abrangia todos os crimes cometidos no âmbito do conflito armado. "Foi necessário dar este passo porque o povo precisa de paz, sem a qual não é possível realizar nada".
Na sua incursão à história de Angola, Afonso Van-Dúnem Mbinda falou dos benefícios do 2 de Abril de 2002, data em que foi rubricado o Memorando para a Paz e Reconciliação Nacional, referindo que o mesmo constitui uma mola importante, não só para Angola, mas para o mundo.
Considerou crucial o empenho do presidente José Eduardo dos Santos no processo que culminou com a conquista da paz em Angola, sem o qual não seria possível o desenvolvimento que se verifica nos últimos anos no país.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Segunda Jul 04, 2011 7:48 pm

04-07-2011 17:26

Transportes
GPL inicia com licenciamento de transportes públicos

Luanda
-
O governo da província de Luanda (GPL) abriu, no dia 1 do corrente mês, ao público o processo de licenciamento de veículos automóveis ligeiros e pesados para transporte público.
Segundo o director provincial dos transportes e comunicações, Amadeu Augusto da Fonseca Campos, o processo de licenciamento abarca automóveis de transporte de passageiros e de aluguer de mercadoria na província de Luanda.
O responsável aconselhou os proprietários de transportes públicos de passageiros a licenciarem as suas viaturas para a prestação de serviço legal à população.
Em declarações hoje à Angop, o responsável sugere que as referidas empresas ou proprietários acatem o ***primento deste apelo para evitar situações embaraçosas e penalizantes, de acordo com o novo código de estrada em vigor desde 01 de Abril deste ano de 2010.
De acordo com Amadeu Campos, até ao momento foram já licenciadas 88 viaturas para o serviço de táxis.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Sábado Jul 09, 2011 5:45 pm

09-07-2011 12:14

Efeméride
Marinha de Guerra comemora domingo 35 anos de existência

Luanda
– A Marinha de Guerra Angolana (MGA), um dos Ramos das Forças Armadas (FAA) para a garantia da defesa das águas territoriais, comemora domingo, 10 de Julho, 35 anos de existência.
A Marinha foi fundada em 1976 por altura da visita do primeiro Presidente e fundador da nação angolana, António Agostinho Neto, à base naval de Luanda, facto que coincidiu com o fim do período de instrução dos primeiros militares do ramo, pós independência do país.
A partir do convés da lancha “Escorpião”, herdada do exército colonial português, António Agostinho Neto salientara o papel da marinha de guerra na preservação da integridade territorial.
Na ocasião, o fundador da Nação angolana advogou que, com "a protecção das águas territoriais (…) neutralizaremos aqueles que querem, de qualquer maneira, roubar o que existe no nosso país".
Em 35 anos, grandes transformações se registaram no ramo, apesar de se considerar ainda insuficientes os navios a sua disposição, para fazer face a um patrulhamento eficaz das águas territoriais, incluindo a Zona Económica Exclusiva (ZEE).
Para uma missão a altura dos desafios do país, segundo uma fonte do Estado-Maior da Marinha de Guerra, é fundamental o processo de reedificação deste ramo das FAA.
Este processo, disse, vai garantir, num futuro próximo, a aquisição de meios suficientes, tais como novas unidades navais (navios), que permitirão um patrulhamento eficaz das águas territoriais do país.
Para a utilização técnica dos navios a serem adquiridos, está em curso, no quadro do processo de modernização e reequipamento da MGA, a formação do homem, através da cooperação com outros países, uma vez que a marinha não dispõe de uma escola naval para formar oficiais deste ramo.
No entanto, é animador o facto da direcção das FAA estar a trabalhar para a criação de condições, a fim de dotar a Marinha de uma capacidade técnica para adequá-la às reais necessidades de defesa das águas territoriais, prestando uma especial atenção a formação de quadros das distintas especialidades
O mar de Angola é rico em petróleo e, nos últimos anos, a sua produção tem alcançado níveis satisfatórios, obrigando a maiores responsabilidades na segurança das instalações, no mar e em terra, contra actos de sabotagem
O programa da efeméride prevê demonstrações de tácticas operativas, desfile de tropas e entrega de troféus às equipas do ramo participantes em actividades desportivas alusivas a data.
Desde a fundação da MGA, chefiaram já este ramo das FAA os oficiais Sotto Maior, Manuel Augusto Alfredo “Orlog”, António Condessa de Carvalho “Toca”, Gaspar dos Santos Rufino e Feliciano António dos Santos “Paxi”.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Segunda Jul 11, 2011 10:29 am

11-07-2011 7:03

Acordo
Banco angolano de negócios e Ensa assinam protocolo de comercialização

Luanda
-
Um protocolo de Comercialização de Seguros vinculados ao Crédito Habitação, Automóvel e de Consumo e ao Seguro Automóvel de Responsabilidade Civil Obrigatório, vai ser assinado hoje, em Luanda, pela ENSA-Seguros de Angola, S.A, e o Banco Angolano de Negócios e Comércio (BANC), lê-se numa nota de imprensa chegada à Angop.
A nota refere que as agências da instituição bancária vão comercializar produtos como, Seguro automóvel (vinculado à contratação de crédito automóvel), Seguro Vida (contratação de crédito automóvel; crédito habitação e pessoal) e Seguro multi-riscos habitação (crédito habitação).
O Acordo celebrado terá o prazo de um ano, renovável nas mesmas condições por iguais e sucessivos períodos se nenhuma das partes o denunciar.
Os produtos de seguros, comercializados ao abrigo do presente protocolo, são geridos na modalidade de apólice individual.
Entre as várias obrigações inseridas no âmbito da parceria, o Banco BANC deverá promover a sensibilização dos seus balcões para a venda de seguros da ENSA, certificar-se de que a adesão dos clientes às apólices de seguro comercializados são efectuadas correctamente e que as propostas se ajustam à realidade.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Terça Ago 09, 2011 4:02 pm

09-08-2011 15:51

Luanda
Família e escola jogam papel importante na recuperação de valores morais

Cazenga
- O padre File Cassule, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, disse hoje, em Luanda, que a família e a escola jogam papel importante na recuperação dos valores morais e cívicos em todas as sociedade.
Em declarações à Angop, o prelado afirmou que ao se ocupar as pessoas, sobretudo no sistema de ensino, facilmente se consegue recuperar e revitalizar os valores morais e cívicos.
"Hoje, as pessoas preocupam-se menos com a sua instrução, mas assiste-se, cada vez mais, a prática de actividades lúdicas, recreativas e menos formativas", explicou.
Para o religioso, as pessoas devem pautar por uma conduta digna, a fim de proporcionar aos cidadãos melhores hábitos e comportamentos sociais aceites.
Assegurou que a perda dos valores morais deve ser ultrapassada com urgência para que se construa uma nação nova e com pessoas que promovam o desenvolvimento sustentável.
Com o estabelecimento da paz, prosseguiu o padre, é imperioso rever os valores perdidos por vários motivos, mediante a promoção de acções que visam cultivar a humildade, amor ao próximo e fraternidade entre as pessoas.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am

Re: NOTÍCIAS DE LUANDA

Mensagempor em Terça Ago 09, 2011 4:03 pm

09-08-2011 15:40

Luanda
GPL assina acordo com parceiros sociais para gestão do Lar Kuzola

Luanda
– Um acordo tripartido de cooperação para a gestão do Lar Kuzola, no município da Maianga, será rubricado quarta-feira por mandatários do Governo Provincial de Luanda (GPL), da Empresa Petrolífera Total e da Fundação Lwini.
Segundo uma nota de imprensa do GPL, entregue hoje, terça-feira, à Angop, com a assinatura do acordo a instituição, actualmente gerida pela Congregação das Irmãs Mercedárias da Caridade, vai passar a propriedade do governo de Luanda.
A empresa petrolífera será a financiadora do lar, enquanto a futura gestão estará a cargo da Fundação Lwini.
O Lar Kuzola é a única instituição do país com o carácter de acolhimento de crianças dementes ou abandonadas e conta com o patrocínio da companhia petrolífera Total, que assegura a alimentação, medicamentos, vestuários e manutenção das infra-estruturas.

Sponsored links

Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
---------

AnteriorPróximo

Voltar para SALA DE LUANDA

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron