NOTÍCIAS DO HUÍGE

NOTÍCIAS, FOTOS E VÍDEOS

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 08, 2009 3:36 am

Uíge
Administrador adjunto da Damba aponta prioridades para 2010


Uíge - O administrador municipal adjunto da Damba, Alberto Bunga, considerou hoje, terça-feira, que a construção e reabilitação de infra-estruturas sociais, como centros médicos, escolas, vias secundárias e terciárias, constituem as prioridades do programa de desenvolvimento daquele município para 2010.

A autoridade disse terem igualmente em carteira para a localidade, que dista a 197 quilómetros a norte da cidade do Uíge, a onstrução de residências para os funcionários públicos, centros médicos, escolas nas comunas e outras localidades, assim como a
reabilitação das vias que ligam as comunas de Lembua, Pete cuso e Camantambo.

Falando à imprensa, informou que os projectos para o desenvolvimento do município e das comunas são vários, realçando que a amba é uma unidade orçamentada no programa do governo para implementação de projectos de impacto social.

Alberto Bunga assegurou, por outro lado, que a implementação da actividade agrícola no município está patente nas atenções, visando ontribuir para o desenvolvimento socioeconómico do município.

Anteriormente, referiu, praticava-se na localidade uma agricultura de subsistência, mas actualmente a actividade agrícola é efectiva e está a contribuir para o asseguramento da vida económica e social dos munícipes.

"A energia na sede já é algo visível. Brevemente, vai ser implementado o projecto de água potável, no âmbito do programa Água para Todos, cuja empresa já procedeu o levantamento das localidades de maior aglomeração populacional”, expressou.

Os munícipes da Damba são maioritariamente camponeses e produzem as culturas de mandiocas, amendoim, bananas, batata-doce, feijão horticulturas e outros.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Jul 09, 2009 2:40 am

Uíge
Instalada máquina de descasque de café no município da Mucaba

Uíge - Uma máquina de descasque de café, com capacidade para duas mil toneladas/dia, foi montada no município da Mucaba, 64 quilómetros a norte da cidade do Uíge, apurou hoje (quarta-feira) a Angop no local.

Eduardo Constantino afirmou que a entrada em funcionamento da máquina vai facilitar o trabalho dos cafeicultores e permitir o incremento da produção de café.

Segundo o cafeicultor, as condições de venda de café vão melhorar, já que será comercial.

O Instituto Nacional do Café esta a realizar, desde o dia 09 de Junho, uma campanha de comercialização de café em posse dos cafeicultores no município de Mucaba.

Informou que o café Mabuba está a ser comercializado a 30 kwanzas e o comercial a 60.

De acordo com Eduardo Constantino, os camponeses na circunscrição carecem de instrumentos de trabalho, sementes e transporte.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Jul 10, 2009 3:21 am

Uíge
Proibição de cigarro em locais públicos pode reduzir infecções pulmonares

Uíge – O médico angolano Lukoki Nsumbu, do hospital provincial do Uíge, considerou hoje, quinta-feira, nesta cidade, que o país vinha registando nos últimos anos muitos casos de infecção pulmonar, daí ser acertada a proibição do uso de cigarro em locais públicos, anunciada em Junho último pelo governo.

Falando à Angop, a propósito dessa medida, o médico assegurou que muitas dessas infecções foram causadas pelo consumo de tabaco, produto que pode prejudicar, gradualmente, o funcionamento dos pulmões.

"Quando uma pessoa consome excessivamente o tabaco, ocorre a redução de uma substância sulfactante e esta, ao longo do tempo, vai impedir a boa troca de gás nos pulmões. Isso fará com que, no futuro, a pessoa possam sofrer doenças que chamamos de obstrução dos pulmões", advertiu o especialista.

A posição de Lukoki Nsumbu foi partilhada por vários proprietários de espaços públicos, e médicos activos do Uíge, que afirmam estar mais aliviados com a decisão do governo em proibir o cigarro em pontos de grande concentração popular.

Também ouvidos pela Angop, afirmaram que a lei vai disciplinar e inibir muitos cidadãos de fumarem em locais públicos, tais como restaurantes, estabelecimentos comerciais, unidades hoteleiras, estádios de futebol, entre outros espaços.

José Bento Divuila, sócio-gerente do complexo hoteleiro Kiesse, aplaudiu a decisão do governo, tendo manifestado a disposição do seu empreendimento em realizar acções de sensibilização de fumantes que frequentam o espaço.

Aconselhou os fumadores e proprietários de espaços públicos a fazerem ***prir a lei, uma vez que vai reduzir alguns problemas de saúde causados pelo consumo de cigarro.

Já o gerente da pensão Estrela do Norte, Lucas Raúl, considerou louvável a decisão do governo, e disse que decorre a partir deste mês, naquele estabelecimento comercial, a proibição dos cidadãos para que façam uso de tabaco no restaurante e outros compartimentos públicos daquele empreendimento.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Domingo Jul 12, 2009 1:54 am

Uíge
Fábrica de tijolos cria mais de 20 mil postos de trabalho para jovens

Uíge - Vinte e cinco mil postos de trabalho para absorver jovens desempregados vão ser criados, no município do Negage, Uíge, pela nova fábrica de tijolos e telhas que será construída este ano na província, no âmbito do relançamento da indústria na província.

O director comercial da empresa Sociedade de Cerâmica de Angola (SOCERAL), Nelson Jesus, disse aos jornalistas, sexta-feira, no termo da visita do governador da província, Mawete João Baptista, a área onde será erguido o empreendimento, que em 2010 a cerâmica vai iniciar a tirar os seus primeiros tijolos queimados e prontos para serem comercializados.

A fábrica, cujas obras iniciam a próxima semana, terá a capacidade de produzir 12 mil tijolos/dias e outras quantidades não especificadas de telhas.

O investimento da fábrica está orçado em três milhões 700 mil dólares americanos, que contará também com 10 residências.

O governador da província do Uíge, Mawete João Baptista, disse que as informações do proprietário da cerâmica são bastantes animadoras, pois, para além de criar 25 mil postos de trabalho vai contribuir para o combate do êxodo rural.

Mawete João Baptista visitou também o local onde será erguida a Universidade Kimpavita, nas mediações da localidade de Senga, a 20 quilómetros a nordeste da cidade do Uíge.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Domingo Jul 12, 2009 2:47 am

“Quero três banheiras com á­gua”. Foi desta forma que a jovem Maria Jacinto se dirigiu às vendedoras de água localizadas no espaço em frente ao prédio Rimaga, na Rua 1º de Agosto, na cidade do Uíge.
A presença de Maria Jacinto no local foi suficiente para provocar uma pequena confusão entre as vendedoras ambulantes de água. Todas queriam tê-la como cliente. Quando uma delas é chamada, uma das colegas ajuda a felizarda a meter a banheira na cabeça, para seguir rapidamente até à moradia do cliente.
Uma jovem residente no prédio Embondeiro, o mais alto da cidade do Uíge, disse ao Jornal de Angola que esta situação está ligada ao abastecimento débil no fornecimento de água potável à cidade.
Madalena José, 33 anos, reside no Bairro Pedreira. É também vendedora ambulante de água. Ela e as colegas ficam concentradas na Rua B, do Bairro Popular nº1, onde funciona a Direcção Provincial das Edições Novembro, na cidade do Uíge. É o local onde colocam as suas banheiras cheias de água para vender.
“Acordo às seis da manhã, para procurar sustento para a minha família. Ao sair de casa, muitas vezes somos solicitadas pelos clientes antes de chegarmos ao local de vendas”, afirmou
Ela compra a água no velho Kissange, ao preço de 30 kwanzas, e cobra 100 kwanzas pelo transporte ao domicílio. “O cliente paga 130 kwanzas por cada banheira de 30 litros”, disse.
A vendedora ambulante esclareceu que se a água for tirada do rio Culo, o cliente paga apenas 100 kwanzas.
“O negócio já foi rentável, tínhamos muitos clientes, porque faltava muita água e nós éramos poucas na venda ambulante. Naquela altura, não jorrava água nas torneiras de muitas áreas da cidade, por isso, nós facturávamos a sério”, lembra Conceição Cahuindua, outra vendedora.
Conceição Cahuindua está ligada a outro grupo de mulheres que se concentram diariamente em frente ao prédio Rimaga, na Rua 1º de Agosto. “Hoje só facturamos à vontade, quando a água não jorra nas torneiras. Quando jorra, vendemos a banheira ao preço de 50 kwanzas”, referiu.
Macaia António conta que, quando começou a vender, ninguém acreditou, porque “foi num abrir e fechar de olhos”. Influenciada por uma vizinha que já desenvolvia a actividade, Macaia António consegue diariamente dinheiro para sustentar os filhos, para além de lhes garantir a escola.
Residente no bairro Candombe Novo, Elisabete Justina disse que chega ao local de venda às seis da manhã, com o objectivo de ir ao encontro dos primeiros clientes do dia. Refere que se a casa do cliente for muito distante do ponto de venda, então o preço pode chegar aos 200 kwanzas, principalmente em relação aos apartamentos que ficam a partir do terceiro andar de um edifício qualquer.
Negócio em vias de extinção
Salvador Bernardo, director provincial da Energia e Águas no Uíge, sublinhou que o aumento de vendedoras ambulantes de água é devido aos trabalhos que a sua instituição está a realizar para melhorar o fornecimento de água. “Actualmente, estamos a trabalhar para aumentar o volume de água, com vista a fornecê-la em quantidades consideráveis”
Sublinhou que o trabalho demorou alguns dias, “facto que causou alguns embaraços à população, tendo em conta que ficaram sem água durante a execução dos trabalhos”, disse.
De acordo com Salvador Bernardo, a restrição no fornecimento de água à cidade tem a ver com a execução de um projecto relacionado com “a ligação da tubagem da rede antiga à rede nova”. Informou que a situação já foi ultrapassada. “Hoje notámos que as vendedoras com as banheiras não têm clientes, porque a água está a jorrar nas torneiras”.
Mas reconhece que a existência de vendedoras ambulantes de água em algumas artérias da cidade do Uíge se deve, também, ao fraco fornecimento de água à cidade. Ele garante que tudo está a ser feito para combater este problema.
Salvador Bernardo referiu ainda que o Governo pretende encerrar as cacimbas, onde as vendedoras ambulantes se abastecem de água para vender. Justificou que as cacimbas originam muitas doenças.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 15, 2009 2:00 am

Uíge
Mais de três mil casos de malária registados nos últimos seis meses no Bungo

Bungo - Três mil e 629 casos de malária foram registados de Janeiro a Junho deste ano, no município do Bungo, 81 quilómetros a norte da cidade capital do Uíge, pelas autoridades sanitárias locais.

Em declarações à Angop hoje, terça-feira, o chefe do controlo da malária Toxi Manuel David disse que deste número resultou um óbito.

Explicou que, ao longo do diagnóstico, foram distribuídos mil e 906 mosquiteiros às crianças e mulheres com idade fértil, no quadro da prevenção contra a malária.

Toxi David apontou como áreas mais endémicas da doença as localidades de Banza Congo, Quipaxi, Lucunga, Gombe e a sede municipal.

Pediu às famílias para primarem pela higiene nas casas, eliminando os charcos de água acumulada e lixo ao redor dos pátios, fontanários e cachimbas.

No centro de saúde do município do Bungo trabalham 17 enfermeiros, número que considerou insuficiente tendo em conta a extensão da circunscrição com 60 povoações, deplorando ainda a falta de um médico de qualquer especialidade.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Jul 16, 2009 2:21 am

Uíge
Registados 335 casos de violência doméstica em seis meses

Uíge - Trezentos e 35 casos de violência doméstica foram registados de Janeiro a Junho último, no centro de aconselhamento da Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher, informou à Angop, hoje, terça-feira, a directora local do sector, Emília Dias Fernandes.

Segundo a responsável, deste número registou-se 159 casos de espancamento, 26 de fuga à paternidade, 37 desalojamentos, dois de acusações de feitiçaria e 23 de adultério.

Emília Fernandes explicou que, durante o primeiro trimestre e início do segundo, houve um aumento considerável de casos de violência doméstica.

Explicou que alguns casos considerados graves e outros cujos envolventes não se entenderam foram transferidos às instâncias superiores, após serem seleccionados no centro. Outros 30 foram encaminhados à Procuradoria do Uíge, enquanto sete cegaram
à Direcção Provincial de Investigação Criminal, precisou.

Assegurou que têm recebido no centro de aconselhamento mulheres e homens, desde que se sintam ofendido, dando-se a razão a quem a tiver.

Para si, a falta de diálogo entre as pessoas, o excessivo de uso de álcool, a pobreza entre as famílias, o elevado índice do analfabetismo e o crescimento demográfico da população para as zonas urbanas são os principais factores do aumento de casos.

"A falta de conhecimento das mulheres sobre os seus direitos e a cultura de algumas famílias tem contribuído também para as mesmas se engravidarem antes do tempo.


sabemos que há mães na zona rural que começam a incentivar a filha a engravidar-se, antes de completar os 18 anos de idade", expressou.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Sábado Jul 18, 2009 2:02 am

Uíge
Sociedade chamada a mobilizar-se em torno do resgate dos valores morais e éticos

Uíge - O docente da cadeira de Psicologia Social do Instituto Superior de Ciências de Educação (Isced), Mário Felizardo Lucoqui, chamou hoje, quinta-feira, nesta cidade, a atenção da sociedade angolana para mobilizar-se em torno do resgate dos valores morais e éticos perdidos ao longo dos 30 anos de guerra.


Em declarações à Angop, Mário Lukoki defendeu que a sociedade deve lutar muito para que os valores perdidos sejam recuperados. "A partir das nossas autoridades até as pessoas que habitam no meio rural, acho que todos temos de dar exemplos vivos, cada um fazendo a sua parte", realçou.


Na sua opinião, para se resgatar os valores morais e éticos as instituições religiosas, os meios de comunicação social e os estabelecimentos de ensino são chamados a assumirem maior responsabilidade na divulgação de princípios morais e éticos, ajudando o governo na concretização deste propósito.


"Sou de opinião que o governo deve determinar como nos devemos comportar, tal como o fez com a aprovação da lei que proíbe as pessoas a fumarem em espaços públicos. Basta o governo decidir tudo será de ***primento obrigatório", reforçou o interlocutor.


Reconheceu, por outro lado, que a introdução cada vez mais de comportamentos externos na cultura angolana, tem dificultado o resgate dos valores morais e éticos, já que os elementos da cultura local não possuem as vezes maturidade suficiente para discernir o bem e o mal.


Já o responsável do gabinete de comunicação e imagem do comando provincial do Uíge da Polícia Nacional, intendente Assunção Ribeiro, considerou de importante o papel das famílias, igrejas e instituições de ensino que devem empenharem-se em acções que visam a busca dos valores morais e éticos.


"Há muitas formas da sociedade contribuir no resgate dos valores morais e éticos, envolvendo as famílias, as instituições de ensino, as igrejas e outras", reforçou.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Jul 21, 2009 2:19 am

Uíge
Sector de Identificação recebe 5.671 pedidos de BI em seis meses


Uíge - Cinco mil e 671 pedidos de Bilhetes de Identidade (BI) foram atendidos nos primeiros seis meses deste ano, na província do Uíge, pelo departamento provincial de identificação local, informou hoje, segunda-feira, à Angop, o chefe do departamento, Garcia de Sousa.

Segundo o responsável, no mesmo período foram tratados 452.920 registos criminais, tendo sido arrecadado dois milhões, quarenta mil e 800 Kwanzas.

O responsável disse que aumentou a afluência da população, visto que a partir dos nove anos de idade o cidadão já poder possuir o seu bilhete, principalmente os que completam a 4ª classe com esta idade.

Garcia de Sousa disse que, pele facto dos bilhetes de identidade serem emitidos em Luanda, demoram três ou mais meses para chegarem à posse dos proprietários, garantindo estarem em curso esforços para que o mesmo seja emitido a partir deste ano na província.

"Dependemos de Luanda, na província apenas recebemos os requisitos necessários, damos o devido tratamento e enviamos para a capital do país onde são emitidos, enfatizou", acrescentando haver, para tal, muitas dificuldades porque são encaminhados via terrestre.

Tranquilizou ainda a população, assegurando que ainda este ano passarão a ser emitidos localmente para colmatar a morosidade que se tem registado na sua entrega.

Adiantou terem sido já formados 24 funcionários provenientes de todos municípios que vão trabalhar com o novo equipamento, aguardando-se apenas à chegada de material para o arranque do trabalho.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 22, 2009 2:49 am

Uíge
Sector de Finanças arrecada mais de 384 milhões de kwanzas em seis meses

Uíge - Trezentos e oitenta e quatro milhões, 52 mil e 13 kwanzas foram arrecadados, no primeiro semestre de 2009, na província do Uíge, pelo sector das Finanças, através da cobrança de impostos, disse hoje ( terça-feira) à Angop, o delegado do sector no Uíge, Fernando Laurindo.

O sector, prosseguiu, continua a trabalhar no cadastramento dos agentes económicos na província e constituiu uma equipa de fiscalização para diminuir a fuga ao fisco e aumentar as receitas para o Estado.

Fernando Laurindo informou que, apesar da crise económica financeira mundial, a delegação das Finanças tem tido bons resultados na arrecadação de receitas.

O delegado disse que 800 agentes económicos dos diversos ramos já foram cadastrados.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Jul 24, 2009 2:39 am

Uíge
Defendida em trabalho de investigação "influência do perfil do professor para o sucesso escolar"

Uige - Um grupo de três finalistas do curso de pedagogia do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) no Uige defendeu, quarta-feira, nesta cidade, através do seu trabalho de fim de curso, "a influência do perfil do professor no sucesso escolar".

Tratam-se dos finalistas António Afonso Isabel, Ana Paula Brigida Aguiar e Miguel Sebastião que no seu trabalho investigativo de três capítulos defenderam as qualidades que deve possuir um professor na transmissão dos seus conhecimentos ao aluno.

Para os finalistas, é necessario que um professor saiba aproveitar as vantagens de uma boa preparação de uma aula, associando a ela os três pilares fundamentais do perfil do professor "o saber", "saber fazer" e "saber ser".

Na ocosião, outros finalistas, totalizando o número de sete que defenderam quarta-feira os seus trabalhos de fim de curso, discutiram como temas "O resgate dos valores cívico-morais na província", "motivação dos alunos no processo docente eductivo e a sua implicação no aproveitamento escolar", assim como "a contribuição da educação moral e cívica na formação dos aluns de 5ª e 6ª classes".

Nos seus trabalhos de fim de curso, os finalistas como Alberto Gomes, Jeremias Quitoco, João Bunga e José André, depois de reconhecerem que os valores cívicos e morais degradaram em consequência do conflito armado que assolou o país, consideram ser necessário o envolvimento de toda a sociedade no seu resgate.

Para Alberto Gomes, além da participação de toda a sociedade como Igreja e Partidos Políticos e a sociedade civil, a família tem um papel preponderante no resgate dos valores cívicos e morais.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor Vitor Oliveira em Segunda Jul 27, 2009 6:49 am

Uíge
Procafé alerta para a grande quantidade de café por comprar em todo o país
Uíge - A empresa angolana de comercialização do café (Procafé) estima existir em posse dos produtores cerca de 10 mil toneladas de café por comprar, informando que apenas 1.500 toneladas do produto foram comercializadas no ano transacto.
A informação foi avançada à imprensa pelo chefe do departamento comercial nacional da Procafé, João Ferreira, referindo que a província do Uíge contribui com cerca de três mil toneladas de café por comercializar.
Explicou que estes resultados provêem de um estudo elaborado por uma empresa de consultoria (integra angolanos, brasileiros e portugueses), defendendo ainda a necessidade de disponibilização de um fundo de pelo menos 300 milhões Kwanzas para à compra desta quantidade de café em posse dos cafeicultores.
"Sem à compra de café não há aliciamento para os produtores e trabalhar com a certeza", disse, valorizando ainda o papel de procafé na elevação da produção do café em Angola.
Para si o workshop realizado de 20 a 21 de Maio na província do Uíge vai contribuir para o relançamento da actividade da sua empresa, tratando-se de uma fonte de conhecimentos, onde várias individualidades debateram problemas relacionados com a investigação científica e desenvolvimento do café.
João Ferreira disse ainda ser objecto social da empresa a comercialização do café e sua rentabilização, reconhecendo igualmente serem baixos os preços praticados na sua compra (30 e 60 kz o kg de café mabuba e comercial, respectivamente)
Depois de reconhecer os esforços do governo de Angola na estabilização de melhores preços para comercialização do café, justificou a dependência existente no domínio de regularização do preçário.
Realçou que a empresa inserida nas populações sobretudo nas principais regiões produtores de café no país (Uíge, Kuanza Norte, Kuanza Sul e Bengo) está actualmente a reorganizar-se para reiniciar a comercialização do café.
Reconheceu ainda existir uma boa relação entre a empresa e os produtores de café, encorajando os cafeicultores a empenharem-se na produção do café. "O mundo está numa recessão económica, o café pode vir a ser um contra peso para atenuar a referida no nosso País", frisou.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Jul 28, 2009 3:18 am

Balanço
Banco de urgência no Uíge assiste 127 pacientes



Uíge - Cento e 27 pacientes foram assistidos no último fim-de-semana, no banco de urgência do Hospital Provincial do Uíge, menos 22 casos em relação ao período anterior, informou hoje, segunda-feira, a sub-chefe desta unidade,Piedade de Conceição.





Segundo Piedade de Conceição, ao longo do final de semana, o banco registou quatro óbitos, tendo apontado como causas principais da entrada no sector urgência a malária, diabete, acidentes de viação, queimaduras e agressões com 26 casos.





Os 22 acidentes de viação registados neste período resultaram em 26 feridos e um morto.





Em função das complicações, explicou, 17 pessoas foram transferidas para outras áreas do hospital, sendo 11 para a medicina, ortopedia (1) e cirurgia (5).




Actualmente o banco de urgência tem 19 pacientes. No período em referência, a o sector de pediatria do mesmo hospital registou três óbitos provocados por malária e por meningite.





De acordo com a enfermeira em serviço, Vingínia António, a malária diarreias, anemia e casos pulmonares são as doenças que mais frequentes na pediatria local.





Virgínia António referiu que a unidade assistiu 450 crianças, das quais três receberam alta, 63 foram internadas e 67 transferidas.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 29, 2009 2:51 am

Uíge
Igreja Evangélica realiza excursão feminina


Uíge - A Igreja Evangélica Reformada de Angola (IERA) realiza hoje (terça-feira), nos municípios de Kimbele, Sanza-Pombo e Milunga (Macocola), uma excursão feminina, no âmbito dos preparativos do 18º aniversário da sua congregação, a assinalar-se a 2 de Outubro deste ano.

Segundo a directora nacional da Sociedade Feminina da IERA, Sofia Malandila Simão, a província do Uíge, como berço da igreja, foi escolhida para albergar o acto nacional alusivo às comemorações do 18º aniversário da sociedade feminina, que vai juntar os cinco mil e 879 fiéis provenientes das 18 províncias do país.

Sofia Malandila Simão disse serem objectivos principais do evento a mitigação à violência doméstica e a exclusão social da mulher na sociedade.

Durante a excursão serão realizadas palestras sob os temas "A violência no género", "importância da mulher na sociedade", "mulher levanta-te e age para direitos de género", "exclusão social", "a religião e a mulher", " visão espiritual da mulher", "violência contra criança", bem como acções formativas, actividades recreativas e religiosas.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO HUÍGE

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Jul 30, 2009 2:52 am

Uíge
Inaugurada agência do BIC em Maquela do Zombo

Uíge - O Banco Internacional de Crédito (BIC) inaugurou hoje (quarta-feira), em Maquela do Zombo, a 310 quilómetros a norte da capital da província do Uíge, a quarta agência na região, no quadro da política da instituição bancária de expansão dos seus serviços no país.

A cerimónia de inauguração foi presidida pelo governador provincial do Uíge, Mawete João Baptista, que realçou a importância de uma instituição bancária para a vida dos munícipes cuja actividade principal é o comércio.

Mawete João Baptista adiantou ainda que a abertura desta agência bancária em Maquela do Zombo vai propiciar o desenvolvimento da região.

Depois de reconhecer a mais valia da instituição bancária para os munícipes, disse que não há regiões que se desenvolvem sem a existência de bancos.

Apelou aos munícipes a depositarem as suas poupanças no banco, onde serão guardadas sem quaisquer riscos.

Entretanto, o presidente do Conselho de Administração do BIC, Fernando Teles, frisou que a abertura desta agência bancária representa o compromisso da instituição para com a região, onde há muitas premissas para o desenvolvimento agro-pecuário.

"Nós queremos dizer à população de Maquela do Zombo que foi aberta esta agência para ajudar os munícipes a relançar a produção agrícola, recuperando as suas fazendas, assim como o exercício do comércio fronteiriço".

Anunciou que, em duas semanas, a instituição inaugurou três agências, nomeadamente em Sanza-Pombo, Quitexe e Maquela do Zombo, totalizando quatro a nível da província.

Até ao próximo ano, afirmou, a instituição perspectiva inaugurar mais três agências na província.

O banco tem 112 agências bancária ao nível do país, prevendo-se ainda a extensão dos seus serviços em mais municípios, com vista a viabilizar o pagamento de salários e a concessão de créditos.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para SALA DO HUÍGE

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron