NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

NOTÍCIAS, FOTOS E VÍDEOS

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Sexta Jun 25, 2010 1:23 am

Kwanza Sul
Escassez provoca aumento do preço do peixe no mercado

Sumbe
-
O preço do peixe subiu, nos últimos dias, nos principais mercados da cidade do Sumbe, província do Kwanza ul, devido à escassez do produto.
A Angop constatou hoje (quinta-feira) que 10 carapaus frescos, que custavam mil 500 kwanzas, estão a ser comercializados a 3000 mil kwanzas, cinco cachuchos custam actualmente 2000 mil kwanzas, anteriormente era mil, o quilo de peixe garoupa e de corvina está a ser vendido a 800 e 1000 kwanzas, contra os 700 e 800, respectivamente.
O preço do peixe seco também aumentou. Um quilograma está a ser comercializado a 1000 kwanzas, antes era adquirido a 750 kwanzas.
Segundo algumas vendedoras, a falta de peixe fresco na empresa de pesca industrial Peskwanza, na cidade do Porto-Amboim, está na base do aumento do preço do produto.
Alguns pescadores disseram à Angop que a fraca captura de pescado na costa marítima do Kwanza Sul se deve às condições climáticas que se registam na região.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Segunda Jun 28, 2010 1:22 am

Kwanza Sul
Detonados mais de 10 minas antipessoais

Sumbe -
Dezassete minas do tipo PPM2 foram detonados hoje, sexta-feira , no farol do Kicombo, município do Sumbe, província do Kwanza Sul, pelo Instituto Nacional de Desminagem (INAD).
As referidas minas antipessoais foram retiradas numa área de dois mil 980 metros quadrados, no qual participaram 21 especialistas em desminagem, dois dos quais médicos.
O administrador comunal do Kicombo, Joaquim Luís Neto, enalteceu o empenho dos sapadores, pois segundo ele, é uma zona onde existe criação de gado bovino e a remoção dos mesmo vai estimular o turismo, bem como contribuir na manutenção periódica do farol sem receios de engenhos explosivos.
Para o responsável do INAD, Pina Antunes, os trabalhos de desminagem iniciaram na primeira quinzena deste mês, prevendo-se a conclusão dos trabalhos dentro de seis meses, numa área de 19 mil 250 metros quadrados.
A fonte aponta para as próximas actividades a desminagem das reservas fundiárias na província.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quinta Jul 01, 2010 1:30 am

Kwanza Sul
Ex-militares e desmobilizados serão integrados em projectos sociais de geração de renda

Sumbe
– A Direcção Provincial da Assistência e Reinserção Social está a trabalhar na identificação e registo de ex-militares e desmobilizados para a sua reintegração em programas e actividades de geração de renda familiar, informou hoje à Angop o responsável do sector, Manuel Macedo.
O responsável informou que os trabalhos decorrerem nos municípios do Seles, Conda e Kilenda.
De acordo com Manuel Macedo, é pretensão do seu pelouro reintegrar mais de 20 mil desmobilizados e ex-militares, de acordo com as suas habilidades profissionais.
Esta tarefa, referiu, está a ser levada a cabo pelo recém-criado Grupo Técnico Provincial dos Desmobilizados e Deslocados, coordenado pela direcção local do Minars e integrado por representantes do Instituto de Reintegração Social de Ex-militares (IRSEM), da União Nacional dos Camponeses (Unaca), do Instituto de Desenvolvimento Agrícola (IDA), entre outros.
No quadro destas acções, estão em curso, no município do Porto Amboim, a implementação de três projectos sociais denominado “Terra e mar”, que integra 2.200 ex-militares das ex-FAPLA, nas componentes agrícola, fabrico de blocos e pesca fluvial.
A nível de projectos aprovados pelas administrações municipais decorrem igualmente, nas áreas da agro-pecuária, a implantação de unidades de prestação de serviços, comércio, pesca artesanal marítima, formação profissional em agricultura, bem como apoios com material de construção à pessoas portadoras de deficiência nos municípios do Sumbe, Porto Amboim, Kibala e Amboim.
Dados da representação do Ministério da Assistência e Reinserção Social na província dão conta da existência na província de 25.934 ex-militares e desmobilizados.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Pambangal Aumenta produção na fazenda Vralelo

Mensagempor maria em Sexta Jul 02, 2010 9:45 pm

Pambangala
A fazenda agrícola Vralelo, implantada em Junho do ano passado, impulsionou o desenvolvimento agrário, a assistência técnica aos camponeses e criou empregos na região de Pambangala, município de Cassongue, província do Kwanza-Sul.
Com uma extensão de 185 hectares, dos quais 127 já trabalhados, a fazenda dedica-se à produção de milho, feijão e horticultura e tem em carteira a produção de mel e a comercialização de frutos silvestres, nomeadamente “loengos” e “lumbuluas”, que são muito apreciados.
Para a concretização do projecto da produção do mel, foram adquiridas 20 colmeias em Portugal e decorre o processo de recrutamento de apicultores locais com larga experiência.
O projecto garantiu o primeiro emprego a dez pessoas, enquanto 80 a 90 têm assegurado emprego indirecto. Os responsáveis da fazenda prestam igualmente assistência técnica aos camponeses da região.
A fazenda conta com um parque de máquinas e equipamentos para a lavoura, entre tractores e alfaias, nomeadamente sistemas de cultivo, de adubação e ceifeiras debulhadoras. A rega era garantida por aspersão, devido ao declive do terreno.
De acordo com o gerente, Fernando Leão, na presente campanha agrícola foram colhidas 100 toneladas de feijão, mas a grande preocupação é a falta de sacos para escoar os produtos para os locais de consumo.
No âmbito da política do Executivo de redução das importações de sementes, a fazenda Vralelo pretende produzir sementes de cereais melhoradas e trabalha em estreita colaboração com a Direcção-Geral do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA).
Fernando Leão defende que a substituição de importação de sementes pela produção nacional é possível, desde que os produtores primem pela qualidade e ao mesmo tempo o Executivo crie mecanismos de fiscalização.
“A substituição das sementes importadas pela produção nacional é um processo que deve ser feito de forma gradual, desde que os produtores assumam a responsabilidade de apostar na qualidade e o Executivo fiscalize. Temos de entender que produzir sementes requer cuidado, é o mesmo que produzir medicamentos, pois se forem produzidos fora dos padrões próprios, tornam-se um autêntico veneno”, afirmou Fernando Leão.

Comércio rural

A fazenda Vralelo pretende também dar resposta às preocupações dos camponeses da região da Pambangala e do município de Cassongue no escoamento dos seus produtos para as zonas de grande consumo.
Fernando Leão disse que muitos camponeses têm dificuldades para escoar os produtos excedentes para os mercados e na tentativa de o fazerem, muitas vezes os esforços redundam em fracasso, acabando os produtos por se deteriorar.
Para ajudar os camponeses e pequenos agricultores da região, a fazenda Vralelo vai passar a comprar os seus produtos e por sua conta e risco canalizá-los para os mercados competitivos. Outro apoio dos responsáveis da fazenda aos habitantes da região é o ensino das técnicas de utilização de fertilizantes e pesticidas na lavoura das suas lavras, contribuindo para o aumento da produção.

Custos elevados

O gerente da Fazenda Vralelo, Fernando Leão, disse que a relação com os camponeses surge como consequência lógica do desenvolvimento da actividade agrícola, que requer intervenientes, onde cada um deve jogar o seu papel em coordenação com os outros. Referiu que o péssimo estado das vias secundárias e terciárias e respectivas pontes constitui um “handicap” para as operações de aquisição de combustíveis e escoamento de produtos para os mercados.
Outra preocupação apontada por Fernando Leão reside nos custos dos fertilizantes e pesticidas, que são muito altos e estão, por isso, fora do alcance dos camponeses. Fernando Leão defende que o Governo devia desagravar as taxas aduaneiras, para que os fertilizantes cheguem ao mercado nacional a preços comportáveis.

Impactos na região

A implantação da fazenda trouxe para a região muitos benefícios às populações, a começar pela criação de empregos e a introdução de modernas técnicas agrícolas. De acordo com os responsáveis da fazenda Vralelo, está em carteira a construção de infra-estruturas sociais para os trabalhadores e para as comunidades.
A engenheira agrónoma Amada Carmenates, de nacionalidade cubana, que se encontra há dois meses na fazenda, está satisfeita com o trabalho na fazenda e, sobretudo, com as características dos solos.
“Desde que estou aqui verifiquei que se trata de um empreendimento que está apostado em desenvolver o país. Outra satisfação é ver a força de vontade manifestada pelos jovens que aqui trabalham”, disse a engenheira agrónoma.
Manuel Frederico Miguel trabalha na fazenda Vralelo desde a sua implantação e está satisfeito com o emprego porque o dinheiro que ganha dá para sustentar a família.
O administrador comunal da Pambangala, Estêvão Lungala, disse ao nosso jornal que a implantação da fazenda Vralelo constitui um grande ganho para as populações, tendo em conta o seu potencial em quadros técnicos, equipamentos e técnicas agrárias.
Segundo Estêvão Lungala, “a fazenda Vralelo tem tudo para desenvolver a região de Pambangala e relançar o comércio rural e isso vai facilitar a vida dos camponeses”.
Para o administrador comunal, projectos como o de Vralelo deviam ser desenvolvidos em outras regiões do país, por o sector da agricultura ser aquele que mais empregos cria.
“Os angolanos são maioritariamente camponeses e se projectos desta natureza forem executados um pouco por toda Angola, mais gente vai ter emprego e as nossascidades melhor alimentadas e menos povoadas, como acontece actualmente”, declarou o administrador Estêvão Lungala.

Avatar do utilizador
maria
Moderador
 
Mensagens: 154
Registado: Quarta Maio 13, 2009 12:43 am

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor maria em Sexta Jul 02, 2010 9:48 pm

Pambangala
Você não tem permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.
Avatar do utilizador
maria
Moderador
 
Mensagens: 154
Registado: Quarta Maio 13, 2009 12:43 am

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Sábado Jul 03, 2010 12:34 am

Kwanza Sul
Ministério da Educação prevê admitir 30 mil docentes

Sumbe
- O director-geral adjunto do Instituto Nacional de Formação de Professores, Viriato Neto da Costa, anunciou, quarta-feira, no município do Sumbe, província do Kwanza Sul, a pretensão do Ministério da Educação em recrutar, a breve trecho, cerca de 30 mil professores para o preenchimento do seu quadro docente.
O responsável fez este anúncio quando intervinha na cerimónia de outorga de certificados das duas pós-graduações em supervisão pedagógica, formação de formadores e relação educativa, supervisão e organização escolar à 42 docentes do curso de mestrado em ciências da educação.
Segundo Viriato Neto, o ministério de tutela está cada vez mais apostado na formação e qualificação de formadores, no quadro do seu plano mestre de formação de professores, através de convénios rubricados com instituições do ensino superior estrangeiras.
“Com a implementação da reforma educativa, a partir de 2004, tornou-se pertinente operar intervenções de profundidade no domínio da formação de professores para o ensino primário e para o primeiro ciclo do ensino secundário, com destaque para a formação e qualificação de formadores” - frisou.
Segundo acrescentou, o ministério controla 180 mil professores, mas da cifra nem mesmo 0,5 por cento têm grau de mestrado ou de pós graduação, daí a necessidade de se trabalhar na elevação do nível académico dos mesmos com vista a um ensino com maior qualidade.
Neste contexto, foram identificadas instituições com as quais o MED poderá desenvolver acções de formação e qualificação, tais como o Instituto Superior de Ciências Educativas de Odivelas, a Escola Superior de Educação Viana de Castelo e a Universidade de Braga, todas de Portugal, e a Universidade Pedagógica de Cabo Verde.
De acordo com a fonte, a necessidade de recurso à instituições externas para a formação em domínios não oferecidos por instituições similares existentes no país acentuou-se com a adopção do Plano Mestre de Formação de Professores, iniciado em Janeiro de 2008 e a aprovação do estatuto orgânico da carreira docente do ensino primário e secundário.
No âmbito da implementação do plano mestre impõe-se um outro perfil do formador nas didácticas de disciplina em formação especializada, em organização escolar e supervisão pedagógica.
O projecto formativo desenvolvido no âmbito da parceria com o MED afigura-se, para si, inovador e com vantagens no seu interesse em desenvolver competências dos formadores nas instituições de formação de professores.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor francisco cachipemba em Terça Jul 06, 2010 9:45 pm

Um olhar sobre Angola Angola, um país recheado de tanta coisa diferente, onde as cores, os ritmos, os cheiros e os gostos nos transportam para uma realidade tão distinta da que estamos habituados no nosso país. Foi aqui que estive por um ano, integrada num projecto de Geminação entre a Diocese de Leiria-Fátima e a Diocese do Sumbe.

Ao chegar a Angola pela primeira vez, deparei-me com Luanda, uma cidade de contrastes onde o tudo ou nada, o poder e a submissão, estão presentes lado-a-lado. Se, por um lado, surge a riqueza de quem triunfa na vida, por outro, transparece uma multidão de gente que ainda não conseguiu ultrapassar as dificuldades impostas por trinta anos de guerra.

Ao sair da grande capital rumo à Diocese do Sumbe, no Kuanza-Sul, encontrei uma cidade mais pequena, onde o povo tenta a pouco e pouco ir melhorando a sua vida. A cada esquina se encontra alguém a desenvolver o seu pequeno negócio, e os que conseguem voltar aos estudos, tentam a todo o custo aperfeiçoar os seus conhecimentos.

Mas é mais para o interior, na região montanhosa do Gungo, que decorre a missão do nosso Grupo Missionário. Neste local apenas a 120 km. de distância da cidade, tal como ainda em tantos outros locais em Angola, a realidade vivida é completamente diferente, caracterizada pelo isolamento e por uma pobreza estrema. A esta comuna não chega a água canalizada nem a electricidade. Os acessos são tão difíceis, que tornam a chegada de bens essenciais e o escoamento de produtos da região numa tarefa verdadeiramente complicada. As escolas e os centros de saúde são em número muito reduzido e a maioria das pessoas não tem acesso a estes serviços. Por estas e muitas outras limitações consequentes da guerra vivida, podemos facilmente perceber que o povo do Gungo ainda se encontra muito marcado pelo passado.

No entanto, é espantoso verificar que mesmo perante tanta dificuldade, este povo demonstra uma vontade imensa de restabelecer a sua vida para poder chegar mais longe. É ao manterem viva a sua fé e ao sentirem uma enorme esperança num futuro melhor que surge a motivação para percorrer um caminho de vida que até então não tem sido nada fácil.

A Equipa Missionária foi recebida neste local com muito carinho, e pouco a pouco, com a ajuda de Deus, vão sendo dados passos conjuntos de forma a se tentar ultrapassar algumas barreiras. Assim sendo, têm-se desenvolvido formações na área da saúde, educação, pastoral, promoção feminina, etc.

Hoje, já estando de volta a Portugal, sinto que jamais poderei esquecer Angola e toda a magia que envolve aquele país e especialmente o seu povo. Como diz uma expressão muito usada por eles, e que sinto verdadeiramente no meu coração “ESTAMOS JUNTOS”.

Sara Moniz, Grupo Missionário Ondjoyetu – Diocese Leiria-Fátima
francisco cachipemba
Top membros
 
Mensagens: 240
Registado: Domingo Ago 02, 2009 11:15 am

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Jul 07, 2010 12:07 am

Kwanza Sul
Banco de urgência atende mais de 500 pacientes nas últimas 72 horas

Sumbe
-
O serviço de urgência do Hospital Geral do Kwanza Sul “17 de Setembro” atendeu nos últimos três dias, 588 pacientes com diversas patologias, informou hoje, terça-feira, no Sumbe, o chefe das consultas externas, Zito Jacumano.
Segundo o responsável, dos atendidos nas especialidades de medicina, pediatria e ortopedia, 71 foram internados.
A fonte fez saber que houve um acréscimo de 217 pacientes em relação a igual período anterior e foram diagnosticados com malária, doenças diarreicas agudas, doenças respiratórias e fracturas.
O hospital geral do Sumbe possui uma capacidade de internamento de 200 pacientes.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor Vitor Oliveira em Terça Jul 13, 2010 1:08 pm

devido ao funcionamento irregular desta plataforma (Forums-free),
para continuar a acompanhar este tema deverá registar-se em:




O registo deverá ser efectuado com o mesmo nome que tem neste forum
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor Vitor Oliveira em Terça Ago 10, 2010 8:05 am

Como já anteriormente a administração deste forum informou, temos tido alguns problemas com o servidor.
Tem até dúvidas sobre algumas das dificuldades que temos tido: Desaparecimento de ficheiros e até temas. A sala mais perseguida tem sido a do Waco Kungo, apesar de o prejuizo ser por todo o forum.

A administração não teve outra alternativa que não fosse criar um novo forum numa outra plataforma.
Esse forum: é actualizado permanentemente. No entanto ainda só se tem aplicado no Kuanza Sul.

Para poderes acompanhar o kuanza Sul (Waco Kungo, Seles, Sumbe, Gabela, Porto Amboím, Kibala, Conda, Mussende, etc.) regista-te com o mesmo nome que tens neste forum, em:

Um abraço para todos vós e lá vos esperamos
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor Vitor Oliveira em Terça Set 07, 2010 7:12 am

Bebés siameses vão ser transferidos para Portugal
Imagem Dois bebés angolanos siameses, ligados pela zona do tórax e abdómen e internados no Hospital Pediátrico de Luanda, vão ser transferidos para Portugal para serem separados, noticiou hoje a Rádio Nacional de Angola.
Os bebés nasceram a 15 de Agosto na província angolana do Kwanza Sul e foram transferidos para Luanda, na semana passada. As crianças têm o crânio, os membros inferiores e superiores e os órgãos genitais separados.

Os exames realizados em Luanda dão conta que os bebés têm corações independentes e em bom estado de saúde.

Segundo o chefe dos serviços de cuidados intensivos do Hospital Pediátrico, Francisco Domingos, por compartilharem alguns órgãos, os bebés devem ser transferidos para o estrangeiro para a realização de uma intervenção cirúrgica.

"A dúvida é se compartilham o mesmo fígado ou se são dois fígados independentes que estão unidos, há esta dúvida, mas contudo os bebés siameses têm alguns órgãos unidos", disse Francisco Domingos.

De acordo com o responsável, após esta conclusão médica, está a ser elaborado com urgência um relatório para a junta nacional de saúde pública, a estrutura vocacionada para o procedimento de transferência para o exterior do país.

Os contactos estão a ser feitos com o Hospital Pediátrico D. Estefânia, em Lisboa.

O recurso ao estrangeiro deve-se à complexidade do caso, já que em Angola não existem especialistas para determinadas cirurgias.

Em 2007, foi realizada com sucesso em Angola uma intervenção cirúrgica para a separação de bebés siameses, do sexo feminino, tendo uma delas sobrevivido e a outra falecido 19 dias após a operação, devido a problemas cardíacos, que apresentava desde o nascimento.
Avatar do utilizador
Vitor Oliveira
Administrador do fórum
 
Mensagens: 5484
Registado: Sexta Abr 24, 2009 2:14 pm
Localização: Alferrarede - Abrantes - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Terça Set 07, 2010 9:00 pm

07-09-2010 19:46

Kwanza Sul
Polícia Nacional apresenta mais de dez supostos criminosos

Sumbe -
Doze supostos marginais, envolvidos em crimes de caça furtiva, tráfico e consumo de liamba, posse ilegal de armas de fogo, roubo e furto, foram apresentados hoje no Sumbe, província do Kwanza Sul, pela Direcção local de Investigação Criminal (DPIC).
Em declarações à imprensa, o director provincial em exercício da Dpic, Inspector Chefe Mário Lino de Sousa, disse que dos detidos nos últimos 30 dias constam seis de caça furtiva, dois de tráfico e consumo de estupefaciente e igual número de posse ilegal de arma de fogo.
Constam ainda um por roubo e outro por furto.
Adiantou que foram apreendidos 600 quilogramas de carne de caça, mil 874 plantas de liambas, três armas do tipo AKM, uma pistola star, carabinas soviéticas, caçadeiras, bem como armadilhas tradicionais e uma viatura de marca toyota corola.
Os supostos marginais tinham como áreas preferenciais os municípios do Sumbe, Kassongue, Mussende, Libolo e Seles, tendo sido detidos fruto de denúncias da população e operações de rotina da Polícia Nacional.
Garantiu que a corporação vai continuar a trabalhar na sensibilização dos cidadãos, para desencorajar a prática de crimes.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Set 08, 2010 9:54 pm

08-09-2010 19:49

Kwanza Sul
Jornalistas terão mais acções de formação

Sumbe -
A Direcção Provincial da Comunicação Social no Kwanza Sul reafirmou hoje o desejo de continuar a incentivar e promover acções de formação e superação técnicoprofissional, de modo a corresponder as exigências do jornalismo actual.
Numa nota assinada pelo seu responsável, Manuel Jorge dos Santos, alusiva ao 08 de Setembro (Dia Internacional dos Jornalistas), a instituição reitera a firme convicção de continuar a trabalhar de forma incansável, para melhoria as condições sociais dos jornalistas.
"Espero que a coragem e o sacrifício pelo patrono do jornalismo no Mundo, o checo Julius Fucik, sirva de reflexão para os progressos da Comunicação Social na modernização técnica e tecnológica dos órgãos, para o desempenho cabal da sua nobre e mais honrosa missão de informar com verdade, isenção e responsabilidade" lê-se do documento.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Set 08, 2010 9:56 pm

08-09-2010 16:57

Kwanza Sul
Administradora municipal confere posse a novos responsáveis escolares

Kilenda
-
A administradora municipal da Kilenda, Maria Caimboa, conferiu hoje posse a três responsáveis recentemente nomeados pelo governador do Kwanza Sul, Serafim do Prado, para exercerem os cargos de director e directores adjuntos da escola do I e II ciclo "Deolinda Rodrigues".
José Leonel Marques Luís assume o cargo de director, enquanto Ana Bela Maria Proença e Manuel Ribeiro passam a exercer responsabilidades como directores pedagógico e administrativo, respectivamente.
Maria Caimboa solicitou empenho e o ***primento das orientações que visam aumentar os níveis de aprendizagem e tornar o ensino com qualidade aceitável.
A escola Deolinda Rodrigues conta com oito salas de aula e 31 professores para um universo de mil e 150 alunos.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal

Re: NOTÍCIAS DO KUANZA SUL

Mensagempor paulo gonçalves em Quarta Set 08, 2010 9:57 pm

08-09-2010 16:56

Kwanza Sul
Sumbe privado de energia eléctrica

Sumbe
O município do Sumbe, província do Kwanza Sul, encontra-se privado do fornecimento de energia eléctrica, há dois dias, devido à uma avaria na linha de transportação de alta tensão Cambambe/Gabela.
Falando hoje à imprensa, o responsável da área técnica da Empresa Nacional de Electricidade na província, Domingos Quitembo, disse já terem mobilizado em acção equipas que trabalham na resolução do problema.
De acordo com a fonte, um grupo gerador está e vai continuar a fornecer parcialmente energia à zona urbana e uma parte da periferia, enquanto durar o problema.
Apelou à compreensão dos utentes, garantindo solucionarem a questão o mais breve possível.
Avatar do utilizador
paulo gonçalves
Administrador do fórum
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
Localização: Porto Espada - Marvão - Portugal
---------

AnteriorPróximo

Voltar para SALA DO KUANZA SUL

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron