PROVÉRBIOS ANGOLANOS

NOTÍCIAS FOTOS E VÍDEOS
ESTE FORUM SERÁ DEDICADO A ASSUNTOS RELACIONADOS COM A ATUALIDADE DESPORTIVA E CULTURAL ANGOLANA. PRETENDE-SE AINDA QUE SEJA UM ESPAÇO DE PARTILHA CULTURAL E DESPORTIVA ENTRE ANGOLA E PORTUGAL.

PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Quarta Out 07, 2009 12:54 pm


Sponsored Links

Os provérbios seguintes têm como fonte o Blog de Luciano Canhanga com o nosso reconhecido agradecimento.

Usukula mundoé ú hima kujibha nzapá
Tradução: Lavar a cabeça do macaco é disperdiçar sabão.
Mensagem: Por mais conselho que se dê ao tolo, jamais chegará a sábio!
Origem: Sabedoria ambundu

NDANDI KAIMUNA; NGIMUNAKO KAITAUA!
Tradução: A pedra não ***primenta; saúdo-a e não responde!
Mensagem: Os homens devem lidar com pessoas e não (apenas) com coisas/bens materiais.
Há momentos em que os bens se tornam inúteis... Saúde sempre, lide com pessoas, conviva...
Origem: Sabedoria ambundu

UMBUMBA KUMBUMBA; KUMBONDO KU TUNDU NHAÑUA
Tradução: Corpulência é apenas corpulência; do imbondeiro não brotam abóboras.
Mensagem: O tamanho não é sinónimo de valor ou importância!
Origem: Sabedoria ambundu

O HOLUA KAINENA BUHOKO I NJILA
Tradução: O confusionista não defeca próximo do caminho.
Mensagem: Sendo alguém que não ature outrém deve sempre evitar motivos para que seja abordado.
Origem: Sabedoria ambundu

Ciputa kola nhy mafo; mwana kola nhy mana
Tradução: A erva cresce com folhagem; a criança com conhecimentos
Origem: Próvérbio Cokwe

continua ...
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 149
Registado: Sábado Set 19, 2009 5:36 pm

PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Quarta Out 07, 2009 1:03 pm

(continuação)

OKULYA OMUNGA YOLONJINJI OKUKULIHÃ OKUPUNJA
Tradução: Para comer o fígado da formiga é necessário saber esquartejar.
Mensagem: É nas pequenas coisas em que se revela o carácter dos grandes homens.
Origem: Sabedoria ovimbundo

Muali ú muthu kauli sanji úsau
Tradução: Duas pessoas nunca comem galinha sem sal.
Mensagem: Duas mãos lavam uma a outra.
Origem: Sabedoria ambundu

Wa vita Wa vita, kavitile mamô Kikumbo
Tradução: Quem ouviu, ouviu, quem não ouviu é filho de Kikumbo.
Mensagem: Quem é inteligente percebeu (para um bom entendedor meia palavra é suficiente) quem não percebeu é tolo.
Origem: Sabedoria ambundu

INA YUKUENE NDAÑO ONINA NDEKUMBI, KALISOKI LA WOVE
Tradução: Mesmo que a mãe do outro brilhe como sol, jamais substituirá a sua.
Origem: Sabedoria ovimbundo

OMBOLE YA MUNGUI WI VITA JIMBA KUI VITA KUÁLALA
Tradução: Da ferida alheia se sente o cheiro e nunca a dor!
Mensagem: Por maior que seja a nossa compaixão nunca sentimos a dor de quem sofre!
Origem: Sabedoria ambundu

Tukala kala tuana-a mbuiji, tudíla dixinde dimoxi
Tradução: Sejamos como os filhos da paca, comamos num mesmo lugar
Mensagem: Estejamos unidos, no bem e no mal. Partilhemos!
Origem: Sabedoria ambundu

Sponsored links

Avatar do utilizador
 
Mensagens: 149
Registado: Sábado Set 19, 2009 5:36 pm

PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Quarta Out 07, 2009 3:01 pm

O luiji ki luezuka lupixile.
Tradução: Se o rio estiver cheio deixe-o passar.
Mensagem: Se alguém estiver furioso deixe-o des******** toda a sua fúria e aborde-o depois para chamá-lo à razão. Pelo contrário não haverá entendimento. Ou ainda, se se deparar com um conflito deixe primeiro amainar os ânimos. Não seja apressado.

Fonte: Luciano Canhanga in

KIPA KIELULU. KI UKIAMBATA UALIUANA; KI KUKIAMBATA UALIUANA!
Tradução: Pele de fantasma. Se levas é azar; se deixas também é azar!
Mensagem: O provérbio em causa aplica-se quando se está perante a uma situação complicada, sem alternativa. O mesmo que "culpado por ter ou não ter gato".

Fonte: Luciano Canhanga in
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 149
Registado: Sábado Set 19, 2009 5:36 pm

PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Quarta Out 07, 2009 11:01 pm

OKAHOMBO KOWIÑY KASOKULALA PO SAMWA
Tradução: A cabra de sociedade passou a noite ao relento.
Mensagem: (Várias)
1: Quando um bem é de toda a gente, ninguém se responsabiliza por ele...
2: Quando o negócio é colectivo cada sócio pensa que o outro o vai cuidar...
Sabedoria: Ovimbundu

MBATI KALONDO KUITINDI
Tradução: O cágado não sobe ao tronco
Mensagem: Sempre que se encontre um cágado por cima dum tronco ou coisa parecida devemos pensar que alguém aí o colocou. Significa também que os detentores de cargos, sejam eles públicos ou meramente institucionais/organizacionais, alguém os nomeou ou depositou neles confiança para o exercício de tal papel. E é normal e colegial que quem os colocou ou delegou os venha a revogar.
Sabedoria: Ngoya

Fonte: Luciano Canhanga in:
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 149
Registado: Sábado Set 19, 2009 5:36 pm

Re: PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Domingo Nov 01, 2009 9:47 am

Ovibundu: Olomunda ño ovio kavilisangi; omanu valisangasanga!

Kimbundu: Mulu li mulu kalisange; muthu li muthu alisanga!

Português: Apenas as montanhas não se cruzam; as pessoas cruzam-se sempre!

Mensagem: Para quê maltratar quem a nós se dirige? Amanhã podemos ser nós!

Fonte:

Equivalente usado em Portugal:

Não faças aos outros o que não gostas que te façam a ti.
Confúcio
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 149
Registado: Sábado Set 19, 2009 5:36 pm

Re: PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Sábado Abr 10, 2010 4:37 pm

A jinguba (amendoím) roubada não se deve comer debaixo da água, pois as cascas sempre sobem à superfície.
Lição: Nada oculto que não chegue ao conhecimento!
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 154
Registado: Quarta Ago 05, 2009 8:52 am

Re: PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Sábado Abr 10, 2010 4:39 pm

Quem vai distante tem de madrugar!
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 154
Registado: Quarta Ago 05, 2009 8:52 am

Re: PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Sábado Abr 10, 2010 4:40 pm

Lá onde os "elefantes" se degladiam é o "capim" quem sofre.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 154
Registado: Quarta Ago 05, 2009 8:52 am

Re: PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Sábado Abr 10, 2010 4:41 pm

Avatar do utilizador
 
Mensagens: 154
Registado: Quarta Ago 05, 2009 8:52 am

Re: PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Sábado Abr 10, 2010 4:43 pm

Em Kimbundu: Mulu li mulu kalisange; muthu li muthu alisanga!

-Apenas as montanhas não se cruzam, as pessoas cruzam-se sempre!
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 154
Registado: Quarta Ago 05, 2009 8:52 am

Re: PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Sábado Abr 10, 2010 4:46 pm

Ú SUKULA MUNDOE Ú HIMA
Usukula mundoé ú hima kujibha nzapá

Tradução literal:
Lavar a cabeça do macaco é disperdiçar sabão.
Avatar do utilizador
 
Mensagens: 154
Registado: Quarta Ago 05, 2009 8:52 am

Re: PROVÉRBIOS ANGOLANOS

Mensagempor em Quinta Jun 17, 2010 3:15 am

- Ekepa kalilinasi l'ositu, omunu kavokendi lomwenho (o osso não é deitado fora com a carne, a pessoa não é sepultada com vida).
O osso está para a carne assim como a pessoa está para a vida. Este provérbio pode ser proferido quando se pretende ensinar ou elucidar alguém sobre a importância da relação existente entre a pessoa, as partes do seu corpo e a própria vida. A relação existencial que se observa nas duas orações do provérbio, permitem inferir a construção de uma metonímia, pois o valor da carne e da pessoa humana é aferido por uma das suas partes. É que não há carne sem osso, mas também não há vida humana sem pessoa.

- Ekova k'omanu, ochipa k'inhama (a pele humana caracteriza as pessoas, a pele dos animais tem um nome diferente).
Não se deve confundir a pessoa com os animais. Apesar da pessoa e os animais possuírem pele, há na sua aparência uma diferença essencial e profunda; O que permite distinguí-los. Por isso, tendo em atenção à dignidade humana, não se pode maltratar as pessoas como se fossem animais. Se quiser ser tratado como pessoa, deve cuidar mais da higiene, para não se assemelhar a um animal. A metonímia observa-se aqui igualmente. A aparente semelhança das partes não pode ser critério para avaliar o todo de duas realidades distintas.

- Ekova liyetimba, olondunge k'utima (a pele cobre o corpo humano, o juízo - ou a responsabilidade moral cobre o coração humano).
Do mesmo modo que o corpo revela o aspecto físico exterior, assim o grau de responsabilidade e integridade moral determinam o carácter da pessoa. O aspecto físico exterior não traduz o valor e responsabilidade morais de uma pessoa. Os homens não se medem pela estatura física. Antes pelo contrário, valem pela sua dimensão espiritual e interior.

- Onjimbo l'elungi, omunu l'onjo (o papa-formigas vive na cova, a pessoa habita uma casa).
Um animal como o papa-formigas vive em qualquer cova que encontrar, já a pessoa tem sempre uma casa. Enquanto as covas abundam na selva, os homens constroem as casas de acordo com as suas necessidades. Os animais não transformam a natureza como os homens. A dignidade da pessoa não se confunde com o modo de vida dos animais.

- K'ono kwatota, omanu valuka (secou a nascente do rio, as pessoas mudam de lugar).
Há uma relação de causa e efeito entre a existência de um rio e a constituição de aglomerados populacionais nas suas proximidades. A água é indispensável para a sedentarização dos homens e quando a fonte seca, parte-se à procura de outro lugar.

- Longa ochinhama, kukase omunu (alveja-se o animal, não se apedreja a pessoa).
O animal pode ser alvo de caça, mas a vida humana é sagrada e deve merecer respeito. A pessoa nem sequer deve ser apedrejada.

- Omunu nda figo wafa kami ondalu, ava vasyala vayota (a pessoa que morre não extingue o fogo, os vivos continuam a servir-se dele - o fogo).
Apesar da morte, que é uma contingência que afecta os homens, a vida prossegue com os vivos. A substituição e a sucessão, são incontornáveis no mundo das relações sociais. A morte não põe termo à sobrevivência comunitária. Não há pessoas insubstituíveis.

Sponsored links

Avatar do utilizador
 
Mensagens: 7197
Registado: Quarta Maio 27, 2009 9:40 am
---------


Voltar para CULTURA E DESPORTO DE ANGOLA

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron