TEMAS DIVERSOS

NOTÍCIAS, FOTOS, VÍDEOS, ETC

TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Domingo Jan 10, 2010 9:19 pm

[justify]MEDICINA

- Mutantes humanos, vítimas do acaso genético, diferentes por acidente Homens-elefantes, mulheres barbudas, meninos-peixe ou lobo, gémeos siameses…Todos apresentam deformações físicas que atraem o circo mediático. A ciência procura a forma de evitar e combater esse tipo de patologias.

- A gestação de um ser humano é o ponto de partida para a roleta russa biológica em que surgem, como é natural, ganhadores e predadores. Entre os primeiros, há os que vêm ao mundo para fazer parte da maioria de pessoas normais e vulgares, e aqueles que se tornam verdadeiros ideais de beleza. Depois, há os outros: a mulher barbuda, os irmãos siameses, o gigante, o anão, o menino lobo, o albino, o homem-elefante. Todos compõem uma fauna humana que faz prova de uma lista de erros e de horrores. São indivíduos classificados, observados e examinados durante toda a vida. Trata-se de mutantes, um prodígio (um equívoco) da Natureza. Até há pouco tempo, eram repudiados pela família e explorados como atracções de circo. Hoje, continuam a ser exibidos, embora a título de fenómeno mediático.
- Na antiguidade, as anomalias físicas eram atribuídas a poderes satânicos, a aberrações do comportamento sexual ou a mistérios incompreensíveis. Todavia, a realidade é muito mais sombria: a barreira entre o belo e o monstro é definida pelas deficiências ou variações na herança genética. “Hoje, as pessoas de aspecto especial continuam a fascinar-nos, mas também nos assustam, pois poderíamos ser como elas”, explica John Soliday, professor da Universidade de Miami (Estados Unidos).
[/justify]
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Domingo Jan 10, 2010 9:23 pm

[justify]MEDICINA

- Um erro insignificante no ADN pode dar origem a terríveis deformações

- Um erro na maquinaria genética, antes ou depois da fertilização, pode traduzir-se em algum tipo de malformação a nível orgânico. Deformações tão estranhas e célebres como as que marcaram John Merrick, o conhecido homem-elefante inglês; o siciliano Frank Lentini, objecto de desejo feminino pelas três pernas e dois órgãos genitais; ou Johnny Eck, conhecido como “o tronco humano”, por só ter um par de braços e um torso. Apesar da incapacidade que o tolhia, chegou a ser estrela do cinema e do circo, como ilusionista. Outras malformações mais frequentes, como o albinismo ou o nanismo, suscitam menos curiosidade popular.

- A acondroplasia, a forma mais comum de nanismo, afecta um em cada 40 mil recém-nascidos, segundo um relatório do Johns Hopkins Center for Medical Genetics, de Baltimor (Maryland, Estados Unidos). Há cerca de 200 tipos de nanismo já identificados. O gene responsável por 70% dos casos foi localizado, em 1994, por uma equipa de cientistas da Universidade da Califórnia. A mutação genética verifica-se numa fase precoce do desenvolvimento do feto e afecta o crescimento dos ossos. O grupo Gente Pequena da América, fundado em 1957 pelo actor norte-americano Billy Barty, define um anão como um indivíduo que não ultrapassa os 147,5 centímetros de altura.
[/justify][center][/center]
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Domingo Jan 10, 2010 9:26 pm

[justify]O SALTO PARA A FAMA

TRIBOULET – Este microcéfalo foi bobo do Rei Francisco I de França e serviu de inspiração à ópera Rigoletto, de Verdi.

CHANG e ENG – Siameses nascidos na actual Tailândia, em 1811. Foram os primeiros baptizados com o nome. Entre os dois, tiveram 22 filhos.

LALOO – Um menino Hindu exibido em Inglaterra, em 1882, com o irmão gémeo, um monstro parasita sem cabeça que saia do seu torso.

TOM THUMB – Anão célebre e milionário graças ao empresário circense P.T. Barnum. Teve um conhecido romance com a actriz Cora Pearl e, no casamento com outra anã, Lavinia Warren, recebeu presentes da família Rockefeller e de Abraham Lincoln.

JOHN MERRICK – O mais que fotografado homem-elefante, imortalizado na literatura médica e no cinema.

JULIA PASTRANA – Dizia-se que era a mulher mais feia do mundo. Chamavam-lhe “mulher-gorila” ou “mulher-cão”, Sofria de hipertricose, a mesma síndrome dos meninos-lobos.

PERCILLA BEJANO – Grande estrela de circo. Era a “rapariga-macaco”. Casou com Emmitt, “o homem-caimão”. Em 1980, entrou no filme Carny.

GRADY STILES – Foi o “menino-lagosta”, por ter os dedos dos pés e das mãos unidos, o que lhe dava o aspecto de pinças. Viveu em Gbsonton, na Florida, o único local dos Estados Unidos onde os correios têm um balcão especial para anões.

JEAN HILL – Os seus 227 quilos tornaram-na estrela do filme Desperate Living (1977), de John Waters.
[/justify]
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Domingo Jan 10, 2010 9:28 pm

A FARMÁCIA DO MAR – bactérias simples e anti-cancerígenas


- Uma pequena bactéria simbiótica simples que se aloja nas esponjas e noutros organismos marinhos chamados “ascídias”, revelou aos cientistas da Universidade do Utah (Estados Unidos) um novo método para desenvolver um anti-cancerígeno em grande escala. Os cientistas imitaram a forma como esta pequena bactéria, obtida de 46 tipos de ascídias de uma zona do Pacífico próxima da Nova Guiné, cria moléculas anti cancerígenas, e conseguiram produzir organismos semelhantes. “Poder criar moléculas naturais em laboratório permite desenvolver medicamentos em grande escala contra o cancro e a sida”, diz o professor Eric Schmidt, autor de um artigo publicado na Nature Chemical Biology.

- Os segredos do mar estão também na mira do professor William Fenical, director do Centro Scripps de Biotecnologia Marinha da Universidade da Califórnia. Armada com “colheres” gigantescas, a sua equipa extrai do fundo do mar um lodo rico em nutrientes onde vivem organismos microscópicos com um poderoso sistema imunitário. Após dez anos de investigações, a equipa de Fenical acumulou um tesouro escondido de moluscos e micróbios marinhos, e conseguiu identificar dois compostos contra o cancro que estão em diferentes fases de desenvolvimento clínico.

- [justify][/justify]A empresa Pharmamar está já a trabalhar em cinco projectos de origem marinha. O mais avançado é o Yondelis, um fármaco antitumoral que está a ser testado contra o sarcoma dos tecidos moles. Em 2006, trinta moléculas derivadas de pequenos bichos do mar entraram em testes para a sua conversão em medicamentos.
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Domingo Jan 10, 2010 9:33 pm

[justify]Por que razão são os homens e as mulheres tão diferentes?

Dois sexos em luta

- Um homem perfeito e uma mulher perfeita conhecem-se numa festa. Após um namoro perfeito, casam e vivem felizes. Num dia de Natal, enquanto viajam de carro, vêem o Pai Natal deitado na valeta com o trenó destruído. Como são perfeitos, decidem socorrê-lo, metem-no no carro e ajudam-no a distribuir os presentes, mas tiveram um acidente do qual só um dos três sobreviveu. Qual? Naturalmente, a mulher: o Pai Natal não existe e não há homens perfeitos. É assim que uma mulher concluiria a anedota, mas um homem replicaria: “Já que o Pai Natal e o homem perfeito não existem, era a mulher perfeita que ia a conduzir: foi por isso que houve o acidente”.

- Historietas como esta encontram-se aos milhares na Internet. O conflito entre os sexos é, também, tema de muitas comédias de sucesso, na qual as actrizes satirizam as atitudes masculinas, enquanto nas livrarias triunfam títulos que, entre o humor e a análise cientifica, dão conselhos para melhorara as relações do casal, nomeadamente a aceitação das diferenças. Não é que uns sejam melhores do que os outros mas, simplesmente, homens e mulheres são biologicamente diferentes, sentem de modo distinto e, por conseguinte, agem de forma diferente.

[/justify]
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Domingo Jan 10, 2010 9:37 pm

“Onde puseste a manteiga que não a vejo?”

- Basta olhar à nossa volta para percebermos que certas atitudes tendem a repetir-se: as mulheres, normalmente, criticam os homens por serem insensíveis e descuidados, por não saberem escutar, pela sua parcimónia em comunicar, por olharem para todas as mulheres, pela falta de jeito para encontrar coisas no frigorífico, por não se querem comprometer numa relação e por deixarem a roupa interior caída no chão. Os homens costumam queixar-se do fraco sentido de orientação das mulheres, da sua paixão pelas compras, de falarem demasiado, demorando-se nos pormenores e não indo ao fundo da questão, de não tomarem a iniciativa no sexo, da insistência em quererem mudá-los e, sobretudo, de os obrigarem a apanhar a roupa “precisamente agora”.

- Há quem defenda que são apenas estereótipos produzidos pela educação, o que em parte é verdade, mas hoje sabemos, pelas investigações sobre a estrutura cerebral, que em termos genéticos o sexo desempenha mesmo um papel na especificação do comportamento. Os cérebros masculinos e femininos não são idênticos. Isto não significa que não deve haver igualdade, mas sim que, biologicamente, somos diferentes. O homem tem certas áreas mais desenvolvidas, como a do sentido espacial, enquanto o cérebro feminino possui mais ligações entre os hemisférios, o que explica a maior facilidade relativamente à linguagem.

- A ideia de que o cérebro humano se formou ao longo de dezenas de milhares de anos, quando o homem era um caçador e a mulher permanecia, juntamente com as outras do seu sexo, a cuidar da prole e a desempenhar um papel de zeladora e mediadora, pelo que a nossa atitude actual provem provém dessas pautas de comportamento. Os homens, dotados de maior força muscular e habilidade manual e cuja principal tarefa era a caça, desenvolveram zonas encefálicas para potenciar o sentido da orientação e da visão à distância. É por isso que se orientam melhor no espaço e demonstram maior aptidão para a matemática e para ordenar, classificar e sistematizar as coisas. Em contrapartida, são avessos a pedir ajuda: quando se sentem desorientados, os homens preferem dar a volta ao mundo a admitir que se perderam. Um comportamento masculino clássico que deu origem a esta anedota (contada por mulheres): “por que são precisos milhões de espermatozóides para fecundar um único óvulo? Porque nenhum pára para perguntar o caminho”.

- A verdade é que os homens não desenvolveram a arte da conversação nem o olfacto como as mulheres, que são capazes de reconhecer um filho apenas pelo cheiro, além de terem o ouvido mais apurado, melhor visão periférica, maior capacidade para apreender os detalhes e mais sensibilidade na pele. O cérebro do homem está mais compartimentado: daí a incapacidade masculina para fazer duas coisas ao mesmo tempo. Se um homem estiver a cozinhar e o telefone toca, terá de se decidir entre ****** o lume ou abreviar a conversa se não quiser acaba a pedir socorro aos bombeiros, enquanto uma mulher consegue estrelar um ovo, resolver uma questão de trabalho, dar o lanche ao filho e falar ao telefone com uma amiga, tudo em simultâneo e sem se baralhar.

- Falar quase nunca constitui um problema para as mulheres, mas quase sempre é difícil para os homens. Nas sociedades ocidentais, a principal causa de separação do casal e uma das mais frequentes queixas femininas relativamente aos maridos é a ausência de comunicação. Mas a verdade é que as exigências mútuas, neste campo, revelam grande desequilíbrio.
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Segunda Jan 11, 2010 10:37 pm

- Um certo homem, costumava olhar o Natal como uma festa sem o menor sentido.
- Segundo ele, a noite de 24 de Dezembro era a mais triste do ano, porque várias pessoas se davam conta de quão solitárias eram, ou da pessoa querida que havia morrido naquele ano.
- Ele era um homem bom.
- Tinha uma família, procurava ajudar o próximo, e era honesto nos negócios. Entretanto, não podia admitir que as pessoas fossem tão ingénuas a ponto de acreditar que um Deus havia descido à Terra só para consolar os homens.
- Sendo uma pessoa de princípios, não tinha medo de dizer a todos que o Natal, além de ser mais triste que alegre, também estava baseado numa história irreal - um Deus se transformando em homem.
- Como sempre, na véspera da celebração do nascimento de Cristo, sua esposa e seus filhos se prepararam para ir à igreja.
- E, como de costume, ele resolveu deixá-los ir sozinhos, dizendo: - Seria hipócrita da minha parte acompanhá-los. Estarei aqui esperando a volta de vocês.
- Quando a família saiu, ele sentou-se em sua cadeira preferida, acendeu a lareira, e começou a ler os jornais daquele dia. Entretanto, logo foi distraído por um barulho na sua janela, seguido de outro e mais outro. Achando que era alguém jogando bolas de neve, pegou o casaco e saiu,
na esperança de dar um susto no intruso. Assim que abriu a porta, notou um bando de pássaros que haviam perdido seu rumo por causa de uma tempestade, e agora tremiam na neve. Como tinham notado a casa aquecida, tentaram entrar, mas, ao se chocarem contra o vidro, machucaram suas asas, e só poderiam voar de novo quando elas estivessem curadas.
- "Não posso deixar essas criaturas aí fora", pensou: "Como ajudá-las?"
- Foi até a porta de sua garagem, abriu-a e acendeu a luz. Os pássaros, porém, não se moveram.
"Elas estão com medo", pensou ele.
- Então, tornou a entrar em casa, pegou alguns miolos de pão, e fez uma trilha até à garagem aquecida. Mas a estratégia não deu resultado. O homem abriu os braços, tentou conduzi-los com gritos carinhosos, empurrou delicadamente um e outro, mas os pássaros ficaram mais nervosos ainda, começaram a se debater, andando sem direcção, pela neve e gastando inutilmente o pouco de força que ainda possuíam.
- Ele já não sabia o que fazer.
- Vocês devem estar me achando uma criatura aterradora - disse, em voz alta: Será que não entendem que podem confiar em mim?
- Desesperado gritou:- Se eu tivesse, neste momento, uma chance de me transformar em pássaro só por alguns minutos, vocês veriam que eu estou realmente querendo salvá-los! Nesse preciso momento, o sino da igreja tocou, anunciando a meia-noite. Um dos pássaros transformou-se em anjo, e perguntou ao homem:
- Agora você entende por que Deus precisava transformar-se em homem?
- Com os olhos cheios de lágrimas, ajoelhando-se na neve, ele respondeu: - Perdoai-me anjo.
- Agora eu entendo que só podemos confiar naqueles que se parecem connosco e passam pelas mesmas coisas pelas quais nós passamos.
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Quarta Jan 13, 2010 9:37 pm

NOVOS OLHOS NA NOITE – Um visor infravermelho facilita a condução

- Não há quem não cobice os novos automóveis equipados com visores infravermelhos para facilitar a condução nocturna. Estes olhos de lince, que custam 35oo euros e só podem adquiridos em combinação com os faróis bixénon, iluminam 200 metros de estrada. A câmara é instalada numa das ópticas e capta uma imagem que apareça no ecrã do painel.

- Com este sistema, obtêm-se uma visibilidade semelhante à que é proporcionada pelos máximos, com a vantagem de não encadear os outros condutores, já que o ***primento de onda dos infravermelhos não é visível a olho nu. Apercebendo-se mais cedo dos obstáculos na estrada, o automobilista pode reagir a tempo, travando ou desviando-se.

- A Mercedes Benz foi a primeira marca a instalar o aparelho nos seus veículos, mais concretamente nas berlinas de luxo e nos automóveis de classe S, mas outros fabricantes não quiseram ficar para trás e já estão a equipar os seus modelos estrelas com este último invento que pode evitar acidentes
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Quarta Jan 13, 2010 9:39 pm

TRÂNSITO

- SINAIS MAIS CORRECTOS

- Por que é que os peões são sempre homens? Por que é que só as mulheres carregam bebés? Porque os sinais de trânsito são politicamente incorrectos. Por isso, em Viena, uma campanha pela igualdade entre os géneros propõe que cada sinal masculino tenha o seu alter-ego feminino, e vice-versa, se existir (não vai haver homens grávidos…).
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Quarta Jan 13, 2010 9:41 pm

O CAMINHO PARA ARMAZENAR TUDO O QUE INTERESSA

- Os neurocientistas descobriram que a memória não reside num lugar concreto do cérebro, mas sim que os dados se distribuem por toda a matéria cinzenta. No entanto, existe uma torre de controlo, o hipocampo, que decide o que deve guardar e o que se deve esquecer quanto antes. Somos selectivos e gravamos sobretudo o que pode servir os nossos interesses. O resto passa ao lado.
- Córtex pré-frontal – Recolhe informação, interpreta-a e conserva-a algum tempo como memória de trabalho.
Tálamo – Centro sensorial
- Neocórtex – As recordações armazenadas no córtex cerebral como memoria de longo prazo.
Amígdala – Cria memória emocional.
- Hipocampo – Armazena temporariamente a memória de curto prazo e actua na memória espacial.
Cerebelo e corpo estriado – Estão implicados na memória procedural, que permite lembrar processos como nadar.
1) – As informações sensoriais (por exemplo, um estímulo visual) atravessam o tálamo e são armazenadas na área correspondente.
2) – Depois de processada, a informação volta ao córtex pré-frontal e é depositada na memória de curto prazo.
3) – Se a informação é para armazenar a longo prazo, dirige-se para o hipocampo, onde estará algum tempo, e a seguir depositar-se-á no córtex, perto do sítio onde foi processada inicialmente.
4) – Quando precisamos de dados guardados na memória de longo prazo, estes regressam ao córtex pré-frontal como memória de curto prazo.
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Quarta Jan 13, 2010 9:43 pm

MEMÓRIA HUMANA
Memória declarativa (funciona a nível consciente) Situações da vida quotidiana – Palavras e seus significados – História
Memória procedural (não funciona a nível consciente) Capacidades motora e mecânicas – Associações – Sinais de informação – Resolução de problemas complexos

CADA UM TEM OS SEUS INTERESSES! – Existem dois tipos de memória. Uma é consciente e fixa os acontecimentos, as imagens e os sons que podemos recordar. A outra chama-se “memória procedural” e podemos usá-la automaticamente, sem nos esforçarmos demasiado: é a das capacidades motoras e cognitivas.

SOMOS SELECTIVOS E …ESQUECIDOS – Segundo o tempo que as recordações permanecem na mente (dias, anos, ou toda a vida), a memória divide-se em categorias. No fim, só recordamos o que julgamos significativo. Esquecer é a chave para reter o que nos interessa, como um idoso, que conserva até à velhice a recordação em pormenor do decote da mulher. Contudo, esqueceu completamente os traços do seu rosto.

A REVOLUÇÃO DO CÉREBRO
A máquina mais complexa do Universo está na nossa cabeça. Agora que a Ciência começa a entender como ela funciona, descobrimos capacidades insuspeitadas. Conheça esses superpoderes e o que deve fazer para os adquirir e não os perder.
O nosso cérebro é capaz de quase tudo: consegue deter o tempo, pode ficar vários dias sem dormir, lê os pensamentos dos outros, move objectos à distância, reconstrói-se conforme as necessidades…
Parecem superpoderes de personagens de banda desenhada, mas são apenas algumas das descobertas que os neurocientistas fizeram ao longo da última década. Algumas dessas façanhas sempre estiveram ao alcance do cérebro, embora só agora consigamos compreendê-las. Outras são fruto da ciência: ao decifrar alguns mecanismos da nossa mente, os investigadores estão a encontrar formas de realizar coisas que antes pareciam impossíveis.
O resultado é uma revolução como nenhuma outra, capaz de mudar não só a maneira como entendemos o cérebro, mas também a imagem que fazemos do mundo, da realidade e de nós mesmos. Aproveite: segundo uma das descobertas mais recentes, nenhum exercício para o cérebro é tão bom como a leitura!
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Quarta Jan 13, 2010 9:45 pm

DEPRESSÃO OU TRISTEZA?

- A teoria tradicional diz que a depressão é uma deficiência de serotonina (um neurotransmissor relacionado com funções como o humor, o sono e o apetite) e que, para combatê-la, o que os antidepressivos fazem é aumentar a sua quantidade no cérebro. Contudo, há duas questões nesta teoria que intrigam os cientistas. A primeira é que, pouco depois de se tomar o medicamento, o cérebro já está cheio de serotonina e, no entanto, nada acontece. A segunda é que os efeitos esperados só aparecem um mês depois.
- Um mês é exactamente o tempo que o cérebro leva a produzir novos neurónios e fazê-los funcionar. Por isso, suspeitou-se da existência de uma relação entre a depressão e a quebra na produção entre a depressão e a quebra na produção de novas células no cérebro. Outros indícios reforçaram a hipótese: o stress (um dos principais factores que desencadeiam a depressão) também inibe a neurogénese, como se o cérebro estivesse mais preocupado em sobreviver ao factor ansiogénico do que em produzir neurónios para o futuro.
- A primeira evidência concreta surgiu em 2000, quando cientistas norte-americanos mostraram que os principais antidepressivos aumentavam a neurogénese em ratos adultos. No ano seguinte, percebeu-se também que bloquear o nascimento de neurónios nos ratos tornava ineficazes os antidepressivos.
- Actualmente, a esperança dos investigadores nesta área é encontrar uma forma de estimular a neurogénese e, assim, aliviar a depressão. Ao que indicam os estudos, a doença pode não ser só um estado de tristeza, mas sim o efeito da falta de novos neurónios e da consequente perda da capacidade para nos adaptarmos às mudanças que vão surgindo.
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Quarta Jan 13, 2010 9:47 pm

COMO FUNCIONA O NOSSO CÉREBRO?

- Paixão – Quando nos apaixonamos, muitas coisas mudam no cérebro, mas poucas estão relacionadas com desejo sexual. Os sistemas mais activos são os de motivação e recompensa, também usados quando um toxicodependente consome drogas ou quando um jogador ganha. Para os investigadores, trata-se de uma resposta semelhante à que os outros mamíferos apresentam ao encontrar um parceiro adequado.
- Perigo – O sentimento de uma possível ameaça segue dois caminhos no cérebro. Uma leva directa mente à amígdala, uma estrutura responsável por lidar com fortes estímulos emocionais e capaz de dar respostas rápidas, como aumentar os batimentos cardíacos. O segundo caminho passa pelo córtex e é mais lento, mas é nessa altura que percebemos que se trata mesmo de algo perigoso ou apenas de um susto.
- Humor – Ver caricaturas acciona sistemas relacionados com a linguagem e o processamento de imagens, para podermos entender a mensagem. No entanto, depois de percebermos a graça, tudo muda. Nessa altura, activam-se os sistemas de recompensa, que estão ligados a vários tipos de prazer. Curiosamente, este processo acontece mais nas mulheres do que nos homens, embora ninguém saiba explicar porquê.
- Concentração – Segundo estudos realizados por cientistas israelitas, em tarefas que exigem muita atenção (como identificar uma imagem numa série rápida de figuras), o cérebro concentra todos os esforços nas áreas sensoriais e silencia uma região associada à autoconsciência e à introspecção. O que significa que, face a uma tarefa difícil, nos esquecemos literalmente de que a vida existe.

MÁQUINAS CAPAZES DE LER A NOSSA MENTE

- Cuidado com o que está a pensar! Alguns laboratórios já criaram técnicas para ler a mente. Em 2005, cientistas Japoneses mostraram a voluntários padrões de linhas orientadas em várias direcções enquanto lhes analisavam o cérebro com aparelhos de ressonância magnética funcional (RMF). Em seguida, estudaram as áreas activadas durante a experiência e conseguiram deduzir o padrão que os voluntários viam.
- Esta área de investigação deve dar que falar muito em breve. Duas empresas norte-americanas (a Cephos e a No Lie MRI) estão prestes a lançar ao mercado os primeiros detectores de mentiras baseados em RMF. A diferença em relação aos detectores tradicionais é a precisão: não é possível enganar a máquina que está a “ler” a nossa mente.
- A técnica parte do principio de que, para o cérebro, dizer uma mentira é difícil (envolve as mesmas áreas de dizer a verdade e algumas outras), como se a mente precisasse de, primeiro, ocultar o impulso de dizer a verdade, só depois inventando a mentira. Ou seja, quando alguém nos pergunta o nome, ele aparece automaticamente na nossa cabeça. Se quisermos mentir, teremos de, em primeiro lugar, esquecê-lo, e depois de inventar um outro.
- Ainda é muito complicado usar estas máquinas (a pessoa precisa de estar completamente imóvel dentro de um enorme tubo), pelo que se pensa que, inicialmente, serão usadas apenas por voluntários dispostos a confirmar a sua versão da história. Mas, com o tempo, é possível que eles comecem a aparecer em todos os tipos de julgamentos, e até nas salas de embarque dos aeroportos ou em entrevistas de selecção profissional. Fascinante ou assustador?
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Quarta Jan 13, 2010 9:49 pm

RITOS ANCESTRAIS PRATICADOS EM TODAS AS CULTURAS

- Para os povos que o praticavam, o sacrifício humano garantia o auxílio sobrenatural a troco de uma ou mais vidas. Segundo Mike Parker Pearson, professor de arqueologia da Universidade de Sheffield (Inglaterra), “o caso mais antigo conhecido é provavelmente, o das mulheres encontradas em Sigersdal, perto de Copenhaga, que foram estranguladas de forma ritual há 5500 anos”.
- De facto, as lendas nórdicas referem que os reis antigos faziam oferendas de vítimas humanas pelo bem do país ou por interesses pessoais. Assim, um mito sueco diz que os monarcas sacrificavam a Odin os próprios filhos: por cada um, viveriam mais nove anos do que estava estabelecido.
- Estrabão também refere a função mágica do sacrifício e assinala que os celtas conseguiam ver o futuro nos espasmos das vítimas, um rito que horrorizava Júlio César e que, paradoxalmente, também se realizara em Roma séculos antes. De facto, os combates de gladiadores tiveram, seguramente, a mesma origem.
- Vários relatos gregos fazem também referência aos cerimoniais. O antropólogo James G. Frazer conjecturava que o tribo, em forma de jovens, que os atenienses enviavam a Minos podia constituir uma alusão, precisamente, ao sacrifício humano, o qual, segundo o estudioso, seria feito ao imolar as vítimas numa efígie que representava o Minotauro.
- Numerosos povos atribuíram ao sangue todo o género de virtudes. No início do século XIX, os índios norte-americanos ainda faziam regas rituais com sangue para beneficiar as colheitas. Na mesma época, algumas comunidades nigerianas ofereciam vítimas expiatórias para purgar os pecados, enquanto a mitologia chinesa assegurava que, para fortalecer de forma natural a Grande Muralha, foram emparedadas nela centenas de pessoas.
- Por outro lado, segundo Frazer, “também não se devem desvalorizar o9s contos em que uma princesa é entregue a um dragão como meras invenções; talvez sejam o reflexo do antigo costume de sacrificar mulheres a certos espíritos, que são frequentemente imaginados como répteis voadores”.
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm

Re: TEMAS DIVERSOS

Mensagempor almeida51 em Quarta Jan 13, 2010 9:51 pm

DIETA DE CARNE SAGRADA

- Muitos especialistas assinalam que o canibalismo ritual, tal como os sacrifícios, era uma parte importante da tradição dos povos meso-americanos. O antropólogo Marvin Harris, que descreveu o domínio asteca como “império canibal, assinala que, num meio em que havia escassez de proteínas de origem animal, a carne da vítima podia fazer parte do regime alimentar da aristocracia. Os braços e as coxas seriam consumidos em banquetes rituais, um costume que a arqueologia parece, agora, confirmar.
- Assim, as escavações levadas a cabo pelo Instituto Nacional de Antropologia e História por baixo da Catedral Metropolitana da Cidade do México revelaram que os corpos das vítimas sacrificadas também tinham sido descarnados. De igual modo, em Agosto de 2006, o arqueólogo mexicano Enrique Martinez anunciava que os restos dos membros de uma caravana indígena e colonos espanhóis capturada pelos mexicas em 1520 exibiam marcas de dentes e sinais de terem sido cozinhados.
- A verdade é que, ao que parece, entre estes povos, o canibalismo era uma prática mais vulgar do que se pensa.
almeida51
Moderador de sala
 
Mensagens: 1043
Registado: Terça Jan 05, 2010 5:50 pm
---------

Próximo

Voltar para SALA DO WACO KUNGO - KUANZA SUL

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

cron